Clique no banner abaixo para comprar os livros de Hugo Goes

Imaginem um concurso público assim

Parece piada, mas não é. Eles querem esculhambar com os concursos públicos! Já existem projetos de leis tramitando nas casas legislativas propondo todas essas cotas. A dos negros já foi aprovada na Câmara dos Deputados.

105 comentários:

  1. Poise, daqui a pouco teremos cotas para aqueles que não são beneficiados com algumas cotas. E já falaram em cotas para obesos tbm... pois esses tbm são marginalizados.. verdadeira piada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  2. Eu incluí apenas aquelas cotas que já estão sendo discutidas no congresso nacional. Mas é possível que novos projetos apareçam, criando uma "boquinha" para outros setores.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Encontrei nos concursos finalmente um caminho justo, pois somente passa quem estuda bastante isso independe de classe social, pois aquele que tem condições de pagar por cursinhos e comprar bons livros se não estudar o suficiente perde a vaga para outro de poucas condições financeiras. As cotas só segregam, e por isso eu sou contra a qualquer tipo de cota.

      Excluir
    2. No concurso para Analista de Politicas Publicas de SP a nota de corte dos brancos foi 145,5 e a dos negros 123....nao acho isso justo..a diferença é enorme para um concurso em que todos têm faculdade. E falta de razoabilidade isso...dois tres pontos na frente ja daria uma vantagem imensa pra eles. mais de 20 acho uma total falta de respeito aos que estao se matando de estudar enao têm vantagem nenhuma...tirou muita gente com nota alta do jogo. Acho lamentável, nada jsutifica uma pessoa com mais de 20 pontos a menos ter uma chance e os demais nao...

      Excluir
    3. No concurso para Analista de Politicas Publicas de SP a nota de corte dos brancos foi 145,5 e a dos negros 123....nao acho isso justo..a diferença é enorme para um concurso em que todos têm faculdade. E falta de razoabilidade isso...dois tres pontos na frente ja daria uma vantagem imensa pra eles. mais de 20 acho uma total falta de respeito aos que estao se matando de estudar enao têm vantagem nenhuma...tirou muita gente com nota alta do jogo. Acho lamentável, nada jsutifica uma pessoa com mais de 20 pontos a menos ter uma chance e os demais nao...

      Excluir
  3. Para portadores de deficiência eu até entendo: é constitucional e os caras são realmente discriminados na iniciativa privada. Mas pra negros?? aff.. se fosse pra os comprovadamente pobres, que estudaram em escola pública, etc.

    ResponderExcluir
  4. COTAS PARA OS "SEM COTA"..rsrs, só falta essa... cotas pra loiras (sou loira)..aiaia.. preciso passar em algo bom logo

    ResponderExcluir
  5. já estava difícil entrar em uma universidade pública...agora parece que ficará complicado obter a aprovação em um concurso público.Me pergunto: o que restará para a maioria ? universidades particulares e trabalho na iniciativa privada??erros históricos sendo corrigidos em cima de novos erros? não dá pra entender e muito menos concordar...

    ResponderExcluir
  6. Eu sou calvo, vulgo CARECA...Também quero uma beirada!!

    ResponderExcluir
  7. o senhor acredita que realmente possa ocorrer essa ampliação da cota de 5% para 20% para deficientes? E se tem alguma de previsão de quando isso possa ocorrer?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lei 8.112/90, art. 5º, § 2º - Às pessoas portadoras de deficiência é assegurado o direito de se inscrever em concurso público para provimento de cargo cujas atribuições sejam compatíveis com a deficiência de que são portadoras; para tais pessoas serão reservadas até 20% (vinte por cento) das vagas oferecidas no concurso.

      Excluir
    2. concordo com o senhor, e estou ciente da Lei, porém na maioria dos concursos são reservados somente a 5% das vagas!!

      Excluir
    3. É verdade. Mas pode chegar a 20%, conforme a Lei 8.112/90.

      Excluir
    4. É só uma margem de 5 a 20% das vagas. Até hj o máximo que vi foi de 10%.

      Excluir
    5. É só uma margem de 5 a 20% das vagas. Até hj o máximo que vi foi de 10%.

      Excluir
  8. VAGA PROS FEIOS.

    MATÉRIA DA VEJA CONFIRMA, OS BONITOS TÊM MAIS FACILIDADES DURANTE A VIDA DO QUE OS FEIOS.

    não que eu seja feio, mas no dia do exame de feiura eu apareço meio bagunçado, ai vai que aceitam.

    agora falando sério.. acho que nós brancos é que estamos sendo discriminados agora.

    ResponderExcluir
  9. pessoal esta tendo um abaixo assinado contra essas cotas, quem for contra assinaem e divulguem http://www.peticaopublica.com.br/PeticaoAssinar.aspx?pi=P2012N30389, poxa vida e o esforço de varias pessoas não conta? então p que fazer prova e a cor da pele ja beneficia varias outras pessoas

    ResponderExcluir
  10. É mesmo um abuso isso tudo!! Acho q o nível dos Servidores públicos só tende a cair com todos esses favorecimentos.

    ResponderExcluir
  11. FALTOU A COTA PARA ENSINO PÚBLICO.
    FALTOU A COTA PARA SEXO FEMININO.
    FALTOU A COTA PARA HOMOSEXUAIS.
    ...O PROBLEMA É SABER QUAL DAS ENI COTAS SE ENQUADRAR, ME LEMBRO DO SISTEMA NAZISTA DE INSIGNIAS, CADA TIPO COM SUA INSIGNIA IDENTIFICADORA...

    ResponderExcluir
  12. muita discriminação.. p brancos, todos se quizer passar no concurso publico basta ter dedicação e não ter cotas ..estou me sentindo em um país que logo voltara na ditadura ..ficamos impotente com tanta palhaçada e não podemos fazer nada! gente vamos assinar o abaixo- assinado na petição publica e ver no q da..

    ResponderExcluir
  13. Cidadãos, vocês tem apreço pela constituição? Nunca mais votem no PT!!! "quem puder repita essa msg"

    ResponderExcluir
  14. Desse jeito vão reduzir as vagas para os orientais...culturalmente tidos como "inteligentes".... aí que eu me lasco de vez!!!!

    ResponderExcluir
  15. imagine um Negro idoso, que possue alguma deficiência. Esse ja tera derrubado mais da metade dos candidatos.
    o concurso de ATFRB teve uma abstenção de 42%, um candidato nas condições acima teria sido aprovado por WO.
    que sacanagem esse País nosso.

    ResponderExcluir
  16. A lei está sendo cumprida, só isso!

    Fico pasmamdo com tanta desiformação e ignorância... Precisam urgentemente de aulas de constitucional no EVP!

    "igualdade consiste em tratar igualmente os iguais e desigualmente os desiguais"... isso é um princípio constitucional... aposto que nem sabem o que é!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. MISTER QUEST
      A igualdade material deveria ser buscada através de programas governamentais que busquem investir na educação das pessoas desfavorecidas economicamente, para que essas possam concorrer em IGUALDADE DE CONDIÇÕES,com aquelas que possuem melhores condições, isso sim seria tratar igualmente os iguais e desigualmente os desiguais e não o que o governo quer fazer, instituindo um ESTADO RACIAL, ademais o principio da igualdade veda o tratamento discriminatório entre os individuos quando não há RAZOABILIDADE. Ao meu ver destiguir um individuo de outro pela cor da pele não é igualdade e sim RACISMO.

      Excluir
    2. adorei sua resposta, to contigo e não abro.

      isso é um absurdo, meu marido é negro e isso não quer dizer que ele seja menos inteligente que eu e nem que deva ser tratado de forma diferente nem em concurso e nem em coisa alguma pois nossa unica diferença e que eu sou mulher e ele é homem a cor da pele só muda o filtro solar que nos compramos.

      Excluir
    3. Concordo, Paulo Roberto!

      Excluir
    4. O problema não são as cotas para conseguir cargos públicos, e sim cotas para estudar, para ser gente! Poder competir igualmente! Com relação aos deficientes não há o que se discutir, pois muitas vezes não têm como competir em condições de igualdade com um pessoa normal fisicamente. Agora cotas para negros...qual a deificiência? Não podem competir em igualdade de condições por quê? Certamente porque não tiveram oportunidade de frequentar boas escolas...Mas isso não são só os negros que têm que enfrentar, brancos, amarelos, cinzas, enfim, pessoas pobres que não tiveram oportunidade de ter uma boa educação estão nessa mesma condição. Outra coisa, a discrimição com relação à mulher, até onde sei, é muito maior e mais anterior que a discrimição com os negros. Ou ninguém nunca ouviu falar em escrava branca? Nossa história está repleta de injustiça, e se formos tentar saná-las da forma como estão fazendo, só incentivarão ainda mais a marginalização. VAMOS ACORDAR E EXIGIR DE UMA VEZ POR TODAS AOS NOSSOS REPRESENTANTES QUE NOS DEVOLVAM COM JUROS E CORREÇÃO A TÃO ESPERADA EDUCAÇÃO DE QUALIDADE! CHEGA DE COTAS, CHEGA DE ESMOLAS!!

      Excluir
  17. Governo Hipócrita, A Dilma e seus seguidores estão lá, enchendo os bolsos, Deputados ganhando mais de 30 mil reais, fora viagens e diárias, isso eles não baixam, isso eles não analisam, capaz que vão se prejudicar, agora o povo que se lasque.

    FORA DILMA!!! FORA PT!!!

    ResponderExcluir
  18. Quest, acabou de falar a maior bobagem da sua vida. Ainda bem que vc ta usando apelido.

    ResponderExcluir
  19. Governo DEMOGOGO,também, Andrei!!!
    - 20% de vagas para deficientes;e
    - 10% para a cora SOCIAL!
    Isso sim. Ponto.

    Vergonha deste país.

    Eu mesmo sou servidor federal, mas sei como vou reagir diante de um desses "oportunistas". Sei que não têm culpa, mas "as pessoas" me julgam negro e eu quero mais é que essas cotas se @*&¨!!

    ResponderExcluir
  20. Mas, querem um conselho: SIGAM AS 2 REGRAS DO HUGO NO CANTO SUPERIOR DIREITO E PRONTO!

    ResponderExcluir
  21. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. MAS SERÁ PAULO, QUE NINGUÉM DENTRO DE BRASÍLIA PENSA DESSA FORMA??? POR QUE É TÃO DIFÍCIL DE FACILITAR AS COISAS??? O PT SÓ SABE INVENTAR ESSAS BOLSAS MISÉRIAS E PRONTO, COISAS GRANDES QUE FAZEM O PAÍS ANDAR... ISSO NÃO.

      "QUE PAÍS É ESSE?" (RENATO RUSSO)

      Excluir
    2. Andrei, alguns até pensam, eu acho. Mas não é a consciência que vale na política, infelizmente. Mas, sim, a ideia dominante, aquela que seja demagógica o suficiente para agradar a maioria. Esperemos a pesquisa para ver só quantos vão se declarar negros após esta lei...

      Excluir
  22. ME DEIXEM EU SER PRESIDENTE POR UM MÊS, NÃO QUERO SALÁRIO, NÃO QUERO REGALIAS, APENAS UM MÊS E PRONTO!!!

    ResponderExcluir
  23. E para apimentar as coisas, vejam isto que acabei de postar no meu blog: http://profdanielaraujo.blogspot.com.br/2012/10/cota-racial-opiniao-de-um-negro-que.html

    ResponderExcluir
  24. Se compreendermos uma ação afirmativa como ação de correção de discriminação, iremos perceber que elas são permitidas e, podem inclusive, estar ordenadas por nosso ordenamento jurídico. Toda pessoa, independentemente do gênero, etnia ou religião, tem o direito de não ser discriminada. Mas e se uma pessoa for discriminada (se você for discriminado)? como o Estado poderia proteger essa pessoa das discriminações que ela sofre? Uma forma de corrigir a discriminação é a ação afirmativa. Cotas não são a única forma de ação afirmativa. Se, por exemplo, um empregador tem dois candidatos com a mesma qualificação para um cargo (um que se insere em um grupo discriminado e outro, não) e admite o primeiro candidato, esse empregador realiza uma ação afirmativa. Defendo, por exemplo, que a qualificação de um candidato a um trabaho (seja público, seja privado) é um requisito que nunca deveria ser relegado na realização de qualquer ação afirmativa. Acho que todas as opiniões acima são importantes, mas, na minha humilde opinião, a questão central que deve ser discutida (e infelizmente no Brasil não é) é se são permitidos, se são válidos tipos específicos de ação afirmativa, como, por exemplo, os que o prof. tem citado. Apenas ressalto que podem ser consultadas na internet diversas pesquisas (do DIEESE, do IBGE, da OIT) que evidenciam a discriminação de negros no mercado de trabalho. No caso da mulher negra, a situação é ainda pior, elas não apenas recebem os salários mais baixos e como também ocupam as profissões mais precárias me mercado de trabalho de todo o país. Também acho q nunca uma ação afirmativa deve ser fundamenta em especulações ou impressões, mas, sim, na comprovação, por métodos científicos e válidos, de que a discriminação é experimentada por determinado grupo em determinado mercado de trabalho por determinada forma. Tb sou concurseira como muitos por aqui e, portanto, seria “desfavorecida” com a implantação de cotas para negros, indígenas ou idosos, por exemplo. Por outro lado, sempre tento me colocar na situação das pessoas pertencentes a grupos q são discriminados, seja pela sua cor, seja por qualquer outro motivo, e sempre prevalece em mim o dever de respeitar o próximo e garantir ao outro a dignidade a que todos tem direito. Portanto, se as ações afirmativas forem a única forma de corrigir uma prática social que é comprovada e que é injustificável, sou favorável a elas. Agradeço a oportunidade de compartilhar minhas ideias, especialmente ao Prof. Um fraterno abraço a todos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Apoiada Vanessa!! Parabéns pela opinião, fiquei muito feliz de ler seu texto e perceber que tem pessoas que entenderam bem o X da questão, e entendem a obrigação que um governo democrático tem de interferir em prol da correção de deformações históricas de nosso país.

      Excluir
    2. Só me digam algo, que não compreendo... Quem é negro no Brasil? Quais são os critérios de classificação? Acho que é bem subjetivo...Trabalhei no IBGE e vi muitos negros, se auto declarando pardos e brancos....e vai ter muita gente branca e parda se auto declarando negra... E quem vai provar que não é? Isso é muito subjetivo. Enfim, francamente o governo devia investir na educação pública, oferecer cursos para concursos, oferecendo a eles condições de concorrer com igualdade, porque imagino que sofrerão discriminação no local de trabalho, mas não pela cor, mas pela "facilidade" em relação aos demais...Francamente, é tentar corrigir um erro com outro erro. Eu estudei em escola pública, filha de mãe negra e pobre,mesma oportunidade que qualquer pessoa e posso perder a vaga para alguém desse sistema de cotas, porque não nasci negra... agora estou me sentindo discriminada..

      Excluir
  25. Uma vez tentei divagar sobre o assunto, logo quando surgiu as cotas para negros nas Universidades... Defendendo que as cotas deveriam existir sim, mas para os comprovadamente pobres/de baixa renda, etc. Eis que um professor muito respeitado, com Doutorado no exterior, sempre estudou nas melhores Universidades, não era de família pobre, negro, da faculdade onde estudo disse somente o seguinte a todos que estavam discutindo: "vocês nunca estiveram na pele de um negro para opinar a respeito".

    Depois deste episódio nunca mais me posicionei sobre este assunto que é muito delicado, e digo, sinceramente, que hoje não possuo opinião formada sobre o tema. É bem complexo...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. realmente, esse professor falou tudo... acho que o ponto inicial dessa discussão é colocarmos nosso egoísmo de lado, parar de se preocupar se você vai ficar com menos vagas pra concorrer, por causa de cotas, pois quem é bom e se dedica vai passar de uma forma ou de outra. Retiremos a cortina negra do egoísmo que nos cega, e enxerguemos por trás dela todas as questões sociais, discriminatórias e históricas que esse assunto envolve. E o negro? Na hora de fazer uma entrevista de emprego? Que tem medo de não ser contratado por puro preconceito. Não há que se negar, francamente, deixemos o falsos moralismo de lado, e assumamos que o preconceito com os negros ainda é forte nos dias atuais, a única diferença é que hoje em dia ninguém assume mais isso...disfarçam coletivamente.

      Excluir
  26. é melhor dá as vagas logo! virou esculhambação. Cotas para negros, índios, pobres, brancos, não importa a designação é uma verdadeira palhaçada.

    ResponderExcluir
  27. Quero a cota para canhoto, também! A vida toda passei por dificuldades e discriminação por ser canhota. A maioria das coisas são feitas para destros e ensinadas para destros. Inclusive, já fiz diversos concursos em carteiras para destros e fui prejudicada... Sou dentista e na universidade pública em que estudei, todas as cadeiras da clínica eram para destros...portanto, COTA PARA CANHOTO JÁ!!!

    ResponderExcluir
  28. Meu cargo dos sonhos é na Carreira de Diplomática. Os caras estão oferecendo R$25 mil por um ano para eu me preparar. Olhe minha foto ao lado. Mas, querem saber? Que se lasquem os R$25 mil: VOU SEGUIR AS 2 REGRAS DO HUGO!

    ResponderExcluir
  29. Todo mundo é contra a pena de morte (inclusive eu), até que um "animal" estripe sua filhinha de 5 anos com requintes de crueldade (desculpem a imagem, mas precisava ser algo forte).

    ResponderExcluir
  30. Professor, veja isso aqui:http://www.youtube.com/watch?v=b7SWnHOIs50

    ResponderExcluir
  31. Quando dizem "professor", estão se referindo a mim ou ao Hugo? (Desculpem se fui presunçoso... eheh)

    ResponderExcluir
  32. O problema é que essas contas não "saldam" a divida de uma raça com o Brasil, até porque o governo não vê que existe sim, índio rico, negro rico e branco pobre. Se o concurso fosse por condição econômica ai sim... mas hoje em dia a miscigenação é tanta que uma pessoa branca vai entrar na justiça dizendo que é negro se tiver um antepassado negro.

    Obs.: O racismo começa em nós, sou negro e acho cotas um atestado de incapacidade.

    ResponderExcluir
  33. E só pra revoltar ainda mais(o que não é nenhuma novidade):

    http://www.youtube.com/watch?v=vQfeT3tSZx4&feature=related

    É pra cabar!!!!!

    ResponderExcluir
  34. Sinceramente, eu até que estava gostando do governo de dilma, mas depois dessa proposta começo a ter o pressentimento de que coisa boa não vem por aí. O problema é que ela acha que com os 90% de aprovação que tem, ela pode fazer o que quiser como bem entender. Estamos caminhado para um futuro nebuloso com a instituição oficial de raças no Brasil. O que vai acontecer no futuro? Só deus sabe. Quem viver verá. Espero que o brasil não vire em um futuro próximo um pais de lutas etnicas, como foi a Africa do Sul. Mas com os paleocomunistas do PT no comando, tudo pode acontecer.

    O pessoal do PT se esqueceu de estudar sobre o maior defensor da igualdade racial na história: Martin Luther King. Ele queria apenas que brancos e negros fossem tratados de maneira igual pelo Estado e não diferentes. Ele queria que simplesmente fossem abolidas as leis racistas que diferenciavam negros e brancos nos EUA. Ele era totalmente contra "cotas" e instrumentos racistas.

    "...Eu tenho um sonho que minhas quatro pequenas crianças vão um dia viver em uma nação, onde elas não serão julgadas pela cor da pele, mas pelo conteúdo de seu caráter..." Martin luther King

    ResponderExcluir
  35. Sou negro e vou ter orgulho de contar para os meus netos que nunca precisei de politica racista e demagogica do governo para vencer na vida. Tudo que eu conquistar será advindo do suor da minha testa!!!

    ResponderExcluir
  36. achei estranho não ter cota pra filho de deputado... senador.... ahhhhh esse não precisão... são encaixados nas vagas no escuro mesmo...

    ResponderExcluir
  37. http://www.peticaopublica.com.br/PeticaoVer.aspx?pi=P2012N30389

    ResponderExcluir
  38. Brancos, negros e raças são INVENÇÕES POLÍTICAS.

    Veja esse vídeo em que Demétrio Magnoli comenta o assunto:

    http://www.youtube.com/watch?v=rwqv8FT8_r4&feature=watch_response

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. concordo contigo, somos todos iguais, somos todos irmãos, mas esse governo ridículo quer diferenciar!!!

      Excluir
    2. Na última eleição votei na Dilma pensando que o PT seria bom para o funcionalismo público, mero engano. Essa governo populista vai acabar com o Brasil, espero que a oposição faça seu papel de oposição e não fique escondida, que na hora que grupos forem formados contra essa cota em Brasília, a oposição faça seu papel e nos ajude com uma voz no Congresso.

      Excluir
  39. Professor, existe alguma coisa que nós, "meros mortais", que não nos encaixamos em cota nenhuma, possamos fazer contra essa injustiça???
    Pois agora, esforço, suor, não valem de nada... o que conta é a raça, a cor da pele. Está surgindo a nova era do racismo... a discriminação contra os brancos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pressionar por meio das redes sociais.

      Compartilhar nas redes sociais artigos de quem é contra essa aberração.

      Creio que isso possa dar resultado.

      Excluir
    2. O pacote será apresentado no Dia 20. Uma petição demorará meses até ser tramitada e existem várias diferentes sobre o mesmo tema (sem contar que precisam de mais de um milhão de assinaturas).

      O único jeito é ir para as ruas! Vamos nos organizar para que o Governo nos ouça! Vejam o vídeo "A Grande Farsa das Cotas": é uma convocação a um protesto.

      Excluir
  40. não sei o que dizer, mas estou muito revoltado!!!

    ResponderExcluir
  41. Presidenta, corrigir erro histórico dessa forma? é o mesmo que pegar hoje descendentes de alemães nazistas e prender eles ou condená-los pelos crimes de seus antepassados!!!!
    ACORDA PRESIDENTA!!!!!

    ResponderExcluir
  42. Presidenta para inventar "moda" e criar cotas SERVE, porque não FALA NADA sobre "MENSALÃO" , por que não cria mecanismos contra corrupção?, reforma tributaria, fiscal.
    Depois vai dizer que não sabia de nada, não está acontecendo nada etc...
    ...SEM PALAVRAS ....!@p#$ ESTOU INDIGNADO nem estou conseguindo escrever direito.deu PT geral.

    ResponderExcluir
  43. Falta cota para:
    - a população rural;
    - para nordestinos;
    - para Haitianos;
    - para Os bolivianos;
    - para as Prostitutas(Sim pq são discriminadas, são minorias);
    - para corinthianos;
    - para Flamenguistas;
    - para Motoboys
    ETc.

    ResponderExcluir
  44. Daqui a pouco não precisará mais estudar para concurso.Basta fazer parte de algum programa de assistência social do governo federal.

    ResponderExcluir
  45. quantos de vcs ja viram algum ALBINO no serviço publico?. Certamente poucos. Pq nao criar cotas para eles entao? ai te respondo, pq sao minoria e nao gera a qtde de votos suficiente para politico corrupto se eleger. Abaixo cota RACIAL, viva a cota SOCIAL.

    ResponderExcluir
  46. E o princípio da isonomia indo pro espaço!

    ResponderExcluir
  47. Quero ver criar cotas nos cargo eletivos.
    - 30% dos senadores, deputados federais, deputados estaduais, vereadores. E porque não termos o presidente ou vice, um dos dois têm que ser da cota.
    É muito fácil ficar criando cotas quando não atinge seus interesses.

    ResponderExcluir
  48. Daqui a alguns anos teremos de criar cotas para os brancos, que estarão sofrendo uma injustiça histórica!

    ResponderExcluir
  49. O que acontece se eu for um indígena me considerando negro com mais de 65 anos e deficiente?

    ResponderExcluir
  50. Imaginemos um concurso para, por exemplo, Analista Judiciário do TRT, cujo salário inicial é 7 mil e o nível de dificuldade do concurso é alto. Pois bem. Vêm as cotas para negro, com a Dilma achando que, com isso, ela vai dar chances ao negro marginalizado de entrar no serviço público e ganhar, inicialmente, 7 mil reais, saindo da marginalização e inserindo-se na classe média alta.

    HAHAHAHAHA.

    Não vai. Gente, QUE DIA que uma pessoa que precise pegar 4 conduções, passar 8 horas por dia trabalhando e mais 4 no trânsito, no busão casa-trabalho-casa, vai conseguir passar num concurso que pague, sei lá, 7 mil reais? NUNCA!!!

    Concurso desse tipo é difícil PRA CARACA. Não adianta, pq 99% dos que passam são os que podem ficar só por conta de estudar! Só fazendo cursinho e estudando! E, aí, se a pessoa tem essa condição de ficar só por conta de estudar, DE QUE IMPORTA QUAL A COR DA PELE DELA?! Nada, poxa!!!

    Sabe pra que vão servir essas cotas, nos concursos de nível superior que pagam bem? Só pra colocar no serviço público gente HIPÓCRITA e sem vergonha!! Que tem todas as condições de ficar só por conta de estudar, que concorre em pé de IGUALDADE com os demais candidatos, mas que não tem brio na fuça e se auto-declaram pardos ou aproveitam por serem negros.

    ResponderExcluir
  51. Se essas cotas todas forem aprovadas, o prof. Hugo vai ter que mudar seu lema para: "Regra nº 1 para ser aprovado em concurso: se encaixe, a qualquer custo, em uma das cotas! Regra nº2: se não conseguir se encaixar nas cotas, desista...'

    =/

    ResponderExcluir
  52. JOAQUIM BARBOSA VEIO DE FAMÍLIA POBRE TRABALHA DESDE CRIANCA ERA FAXINEIRO E HOJE É MINISTRO DO STF.PRECISOU DE COTAS?EU NUNCA ENTREI EM UMA ESCOLA PARTICULAR NEM A PASSEIO,E NÃO ACHO QUE MEREÇO COTAS POR ISSO,NUNCA PRECISEI, E JÁ PASSEI EM ALGUNS CONCURSOS.MAS COMPARANDO COM COTAS PRA NEGROS OS QUE VIERAM DE ESCOLA PUBLICAS MERECEM MUITO MAIS,QUEM SEPARA O CANDIDATO DA VAGA É A FALTA DE PREPARO E NAO A COR!OU SERA QUE INTELIGENCIA E PERSISTENCIA TEM A VER COM O NIVEL DE MELANINA???

    ResponderExcluir
  53. Pessoal, há um grupo que está organizando um protesto contra a inclusão de cotas raciais no serviço público. Procurem no youtube "a grande farsa das cotas raciais" e leiam o blog "tavernadomundo.blogspot.com.br". Lá eles falam de um protesto que estão organizando e há também uma petição para assinarmos. Vamos nos movimentar pessoal! Não basta apenas reclamar!


    ResponderExcluir
  54. Amigos, será que algum político não quer pensar nas cotas para "divorciadas?". Afinal, sofro muito preconceito das mulheres casadas por isso.

    ResponderExcluir
  55. COTAS, COM EXCEÇÃO ÀQUELAS PARA PORTADORES DE DEFICIÊNCIA (QUE EFETIVAMENTE TÊM DIFICULDADES) É COISA DE VAGABUNDO. PESSOAS NORMAIS TRABALHAM, ESFORÇAM-SE PARA ESTUDAR. O RESTO É BALELA.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E se eu for negro, deficiente, evangélico, idoso e usuário de drogas?! Não vou precisar fazer concurso já entro direto no serviço. kkkkkkk

      Excluir
  56. vou colocar uma camisa do pt e dizer que sou indio

    ResponderExcluir
  57. O Brasil esta cada dia pior. Desse jeito não dá. O orgão público não não anda lá essas coisas. Imagine o que vai virar!

    ResponderExcluir
  58. Vou pedir para aprovarem uma cota para feios, pois sou feio pra cacete.

    ResponderExcluir
  59. Pra negros, idosos e indígenas sou totalmente a favor, o restante não.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fernando, mas pq pra negro homem de Deus? tu ainda consegue ainda enxergar raça?

      Excluir
  60. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  61. não é uma questão de se colocar no lugar do outro, não é uma questão de egoísmo.

    é uma questão bem simples: passar em um concurso exige apenas estudo, estudo e estudo. não importa se você é pobre, rico, etnia oriental ou afrodescendente, se você trabalha ou não.
    o que importa é o quanto você se dedicou, e que também não pode ser medido em horas de estudo.
    esse tipo de ação afirmativa, então, dá vantagem a grupos determinados. quebra a isonomia. porque, como eu disse, não importa a cor da pele pra ser aprovado em um concurso. o que importa é o que você estudou.

    concordo com ações afirmativas.

    mas essa aí não é uma ação afirmativa, é uma ação ELEITOREIRA.

    ResponderExcluir
  62. e qual será o critério pra dizer quem é negro e quem não é?
    o que mais se discute é que o termo correto é etnia afrodescendente. mas quem nesse país não é afrodescendente?

    existe preconceito com pele negra? existe.
    essa é a forma de se reduzir o preconceito? claro que não. talvez até aumente.

    ResponderExcluir
  63. felizmente, por enquanto, essas cotas só se aplicam ao executivo federal.

    ResponderExcluir
  64. A desculpa é afirmar que o país tem uma dívida com os negros.
    Em primeiro quem tem dívida com os negros é Portugal, assim como com os índios, etc, etc.
    Esquecem a dívida que efetivamente o país tem com o povo pobre que não tem grana e precisa se utilizar das escolas públicas de último mundo que eles oferecem.
    Foi dessa escola de merda que eu saí e ralo todos os dias da minha vida pra me igualar em termos de conhecimentos aos demais candidatos.
    Se é pra pagar dívidas... tem que estabelecer cotas para pobres (vítimas da distribuição errada de renda) e principalmente para estudantes de escolas públicas (vítimas da porcaria de ensino que é oferecida).

    ResponderExcluir
  65. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  66. E eu, que sofro de pé de atleta? Não tem cota pra mim?

    ResponderExcluir
  67. Tem de se criar uma cota para pessoas acima de 70 anos. Aí eles entram no serviço público já com a aposentadoria compulsória. Nem precisam trabalhar.

    ResponderExcluir
  68. E quem tem pinto pequeno? Acho que devem sofrer grande preconceito. É uma minoria marginalizada.

    ResponderExcluir
  69. nao precisa ter cota mas sim num pais em que tenhas tantos ladroes inpossibilitar ex presidiario de ter uma nova oportunidade onde esta a falta de descrimiçao ja pagaram pelas suas penas e justo que possam concorrer e ser aprovado for assumir o cargo

    ResponderExcluir
  70. nao precisa ter cota mas sim num pais em que tenhas tantos ladroes inpossibilitar ex presidiario de ter uma nova oportunidade onde esta a falta de descrimiçao ja pagaram pelas suas penas e justo que possam concorrer e ser aprovado for assumir o cargo

    ResponderExcluir
  71. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  72. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir