Clique no banner abaixo para comprar os livros de Hugo Goes

Deputado cobra nomeação dos excedentes do INSS


14 comentários:

  1. obrigado professor pelo espaço, semana que vem nós da comissão dos excedentes , estaremos lá com o Deputado em Brasilia !!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. André Magalhães e esse protocolo do Ministério da Previdência de 08/01/2014 tem alguma relação com os outros dois protocolos referentes a concursos do INSS? Ele está no mesmo lugar que os outros dois. http://cprodweb.planejamento.gov.br/consulta_externa.asp?cmdCommand=Buscar&ProcCodProcedencia=89556&ProtNumProtocolo=3000000049201464

      Excluir
    2. Andre, como faco para fortalecer este movimento dos excedentes ?

      Excluir
    3. Entra no nosso grupo no facebook

      Excluir
    4. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    5. "DENDES 37" qual é o grupo do face pq eu entrei em um aqui mas não sei se é o certo pois existem dois. me mada o link, por favor. Deixa uma mensagem no meu face com o link: https://www.facebook.com/efraim.santosferreira

      Excluir
    6. Qualquer um dos dois.Ambos são para excedentes...

      Excluir
  2. Respostas
    1. Professor, o termo de desistência de nomeação pode ser levado antes desta??
      Pois na minha APS os dois candidatos que estão na minha frente não vão assumir, pois passaram em outros concursos. Caso haja nomeação tenho medo de não dar tempo de me chamarem antes do fim da validade do concurso.

      Excluir
    2. Que tuas palavras professor tenha poder. O futuro de muitas famílias depende das nomeações finais desse concurso.

      Excluir
  3. Deus abençoe a todos nós excedentes...!!!!

    ResponderExcluir
  4. Jurisprudência sobre concursos públicos

    Os aprovados em concurso público fora do número de vagas têm mera expectativa de direito à nomeação (STJ, AgRg no AREsp 145567/SP, DJe 02/08/2012).



    Eventuais vagas criadas/surgidas no decorrer da vigência do concurso público, por si só, geram apenas mera expectativa de direito ao candidato aprovado em concurso público, pois o preenchimento das referidas vagas está submetido à
    discricionariedade da Administração Pública (STJ, RMS 31847/RS, DJe 30/11/2011).

    ResponderExcluir
  5. Deus é maravilhoso. E tudo é possível ao que crê!!!

    ResponderExcluir
  6. Que Deus acompanhe nas decisões dos representantes do nosso país, que participam desse processo dos excedentes do INSS. Que os Deputados Amauri Teixeira e Roberto Santiago nas suas tentativas consigam a nomeação de todos desse concurso em vigência.

    ResponderExcluir