LANÇAMENTO: 14ª EDIÇÃO DO MANUAL DE DIREITO PREVIDENCIÁRIO

LANÇAMENTO: 14ª EDIÇÃO DO MANUAL DE DIREITO PREVIDENCIÁRIO
Clique na imagem acima para comprar com 20% de desconto

Estes jovens foram assassinados pela ditadura venezuelana comandada por Nicolás Maduro

Jimmy Vargas, 34 anos, assassinado pela Guarda Nacional Bolivariana (GNB) dia 24/02/2014
Clique aqui e saiba mais sobre o assassinato de Jimmy Vargas.

José Alejandro Márquez, golpeado pela GNB, morreu no dia 23/02/2014
Clique aqui e saiba mais sobre o assassinato de José Alejandro Márquez.

Geraldine Moreno, de 23 anos,  atacada por funcionários da Guarda Nacional Bolivariana, morreu no dia 22/02/2014.

Clique aqui e saiba mais sobre o assassinato de Geraldine Moreno.


Génesis Carmona, 22 anos (Miss Turismo), baleada na cabeça na cidade de Valencia (na Venezuela) terça-feira, 18 de fevereiro, durante as manifestações contra a DITADURA "bolivariana", faleceu no dia 19/02/2014.

Clique aqui e saiba mais sobre o assassinato de Génesis Carmona.

Bazil Alejandro Dacosta Frías, de 24 anos, recebeu um tiro na cabeça no dia 12/02/2014.

Clique aqui e saiba mais sobre o assassinato de Bazil Alejandro Da Costa.

José Roberto Rodman Orozco, 31 anos, assassinado em Chacao, em 12/02/2014. 
Clique aqui e saiba mais sobre o assassinato de José Roberto Rodman Orozco.

Daniel Tinoco,  assassinado por milícias bolivarianas no dia 10/03/2014.

Clique aqui e saiba mais sobre o assassinato de Daniel Tinoco.

Giselle Rubilar, 47 anos, vítima de disparo na cabeça durante protestos. 
Clique aqui e saiba mais sobre o assassinato de Giselle Rubilar.

Os confrontos registrados desde o dia 12 de fevereiro na Venezuela já resultaram em pelo menos 22 mortes.

5 comentários:

  1. Professor, o senhor teria uma opinião sobre o que disse o Padre Paulo Ricardo sobre católicos que apoiam partidos de esquerda?

    ..."os chamados “decretos” contra o comunista ainda estão em pleno vigor e que não basta não votar em partidos que apoiam o comunismo, não se deve votar também em partidos que estejam aliados a eles. Saberá ainda, caso assista ao vídeo, que quem simpatiza ou propaga a doutrina comunista torna-se um apóstata da fé católica, não podendo, nesse caso, aproximar-se dos sacramentos".

    A explicação na íntegra: http://padrepauloricardo.org/episodios/ser-comunista-e-motivo-de-excomunhao

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando um partido comunista chega ao poder, sempre acontece a mesma coisa. A história se repete: no início, ainda há uma certa distribuição da riqueza, o que gera o apoio popular; mas depois o Pais quebra, a economia fica destroçada, e o povo começa a protestar; para garantir a permanência no poder, o partido usa de uma brutal repressão para sufocar os descontentes. A Venezuela já atingiu esse estágio.

      Excluir
    2. Depois de toda miséria e genocídios praticados pelos comunistas em várias partes do mundo, o sujeito tem que ser muito burro ou muito desonesto para continuar defendendo esse regime.

      O Padre Paulo Ricardo está certo.

      Excluir
    3. Grato pela resposta professor.

      Excluir
  2. Poxa vida, acho q a maior parte do mundo é burra e desonesta. já que a CHINA é comunista e quem manda por lá é um tal de Partido Comunista. E dizem que há outros países que também possuem representações próprias do Comunismo. É muito desrespeitoso ouvir isso de um professor, mas como disse Fidel Castro: É hora de conhecer um pouco mais a realidade. Entao meu conselho é que vá conhecer a realidade um pouco mais

    ResponderExcluir

Clique na imagem abaixo pra comprar livros de Hugo Goes