Clique no banner abaixo para comprar os livros de Hugo Goes

Evangelho do Dia 27 de abril de 2014 (João 20,19-31)

19 Na tarde do mesmo dia, que era o primeiro da semana, os discípulos tinham fechado as portas do lugar onde se achavam, por medo dos judeus. Jesus veio e pôs-se no meio deles. Disse-lhes ele: "A paz esteja convosco"!
20 Dito isso, mostrou-lhes as mãos e o lado. Os discípulos alegraram-se ao ver o Senhor. 
21 Disse-lhes outra vez: "A paz esteja convosco! Como o Pai me enviou, assim também eu vos envio a vós". 
22 Depois dessas palavras, soprou sobre eles dizendo-lhes: "Recebei o Espírito Santo. 
23 Àqueles a quem perdoardes os pecados, ser-lhes-ão perdoados; àqueles a quem os retiverdes, ser-lhes-ão retidos".
24 Tomé, um dos Doze, chamado Dídimo, não estava com eles quando veio Jesus. 
25 Os outros discípulos disseram-lhe: "Vimos o Senhor". Mas ele replicou-lhes: "Se não vir nas suas mãos o sinal dos pregos, e não puser o meu dedo no lugar dos pregos, e não introduzir a minha mão no seu lado, não acreditarei"! 
26 Oito dias depois, estavam os seus discípulos outra vez no mesmo lugar e Tomé com eles. Estando trancadas as portas, veio Jesus, pôs-se no meio deles e disse: "A paz esteja convosco"! 
27 Depois disse a Tomé: "Introduz aqui o teu dedo, e vê as minhas mãos. Põe a tua mão no meu lado. Não sejas incrédulo, mas homem de fé". 
28 Respondeu-lhe Tomé: "Meu Senhor e meu Deus!"
29 Disse-lhe Jesus: "Creste, porque me viste. Felizes aqueles que crêem sem ter visto!" 
30 Fez Jesus, na presença dos seus discípulos, ainda muitos outros milagres que não estão escritos neste livro. 
31 Mas estes foram escritos, para que creiais que Jesus é o Cristo, o Filho de Deus, e para que, crendo, tenhais a vida em seu nome.
Palavra da Salvação.

Breves comentários do Prof. Hugo Goes:

O Evangelho de hoje (João 20, 19-31) nos mostra algumas Verdades da nossa Fé:

1. O Domingo, primeiro dia da semana, é o Dia do Senhor (João 20, 19 e 26).

2. Jesus delegou poderes aos apóstolos e a seus sucessores para perdoar pecados (João 20, 23). Esse é o sacramento da reconciliação, também chamado de penitência. É a confissão dos pecados a um sacerdote, que aplica a penitência para, uma vez cumprida, propiciar a reconciliação com Cristo.

3. A divindade de Jesus: Meu Senhor e meu Deus! (João 20, 28).

4. O que é a fé? Felizes aqueles que creem sem ter visto (João 20, 29). A fé é uma posse antecipada do que se espera, um meio de demonstrar as realidades que não se veem (HB 11,1).

5. Fez Jesus, na presença dos seus discípulos, ainda muitos outros milagres que não estão escritos neste livro (João 20, 30). Ou seja, nem tudo está escrito na Bíblia. A pregação dos Apóstolos foi transmitida na Igreja de Deus de duas formas: por via oral e por escrito. A Sagrada Tradição é o veículo oral da Revelação de Cristo. A Sagrada Escritura é o veículo escrito da Revelação de Cristo. A Sagrada Tradição e a Sagrada Escritura constituem um só Sagrado Depósito da Palavra de Deus confiado à Igreja.

Um comentário:

  1. "O Domingo, primeiro dia da semana, é o Dia do Senhor (João 20, 19 e 26)"?? Não vejo em tais versículos algum argumento que reforce esta Verdade que você fala. Pelo contrário, Jesus, no novo testamento, sempre se referiu ao dia do senhor como sendo Sábado.
    "A Sagrada Tradição é o veículo oral da Revelação de Cristo." Como se pode saber se a Tradição não foi influenciada pela vontade humana, e sem qualquer relação com a Revelação de Cristo. Afinal Jesus sempre afirmou que a palavra de Deus é a única verdade.

    ResponderExcluir