Clique no banner abaixo para comprar os livros de Hugo Goes

Oficializar maconha é abrir fábrica de esquizofrênicos, diz psiquiatra

Se o Brasil seguir a tendência de outros países e oficializar a indústria da maconha, nós teremos "uma fábrica de esquizofrênicos". A opinião é do psiquiatra Valentim Gentil Filho, professor titular da Faculdade de Medicina da USP (Universidade de São Paulo).

Para o psiquiatra, considerado um dos mais influentes do país, a sociedade tem sido conivente e omissa em relação à droga, e os riscos provocados por ela não têm sido bem divulgados.

Gentil Filho contou no programa RODA VIVA que, segundo estudos bem fundamentados, a maconha aumenta em 310% o risco de esquizofrenia quando consumida uma vez por semana na adolescência. E trata-se de uma doença incurável: "O esquizofrênico pode ter uma vida praticamente normal, mas sempre há uma sequela".

Segundo o psiquiatra, a informação distorcida de que maconha não faz mal fará com que os pais deixem os jovens usarem a droga. E o problema é que, nos adolescentes, que estão em uma fase de "poda" natural do cérebro para a entrada na idade adulta, a droga é especialmente prejudicial. 

Entrevista completa no vídeo abaixo:

Um comentário:

  1. Prof. Hugo, obrigada por compartilhar esse vídeo aqui!!! muito importante!!!

    ResponderExcluir