Clique no banner abaixo para comprar os livros de Hugo Goes

Questões elaboradas pelo Prof. Hugo Goes - Nº 24

24. (Hugo Goes – 2014) Daniel Alves é proprietário de um imóvel rural cuja área é de 3 módulos fiscais. Há 17 anos, comprovadamente, ele reside no referido imóvel e exerce a atividade de agricultor em regime de economia familiar. Daniel Alves nunca recolheu contribuição para a Previdência Social, mas em razão de um acidente de trabalho que reduziu sua capacidade laborativa, ele recebe o benefício de auxílio-acidente, cujo valor da prestação do mês de janeiro de 2014 corresponde a R$ 362,00. Daniel Alves completou 60 anos de idade no dia 04/02/2014. A partir dessa data
(A) Daniel Alves tem direito à aposentadoria por idade no valor de um salário mínimo.
(B) Daniel Alves tem direito à aposentadoria por idade, cuja renda mensal inicial corresponderá a 87% da média aritmética simples dos maiores salários-de-contribuição correspondentes a 80% de todo o período contributivo.
(C) Daniel Alves ainda não terá direito a aposentar-se, pois ainda não tem a idade mínima exigida pela lei.
(D) Daniel Alves ainda não terá direito a aposentar-se, pois ainda não cumpriu o período de carência.
(E) Daniel Alves terá direito à aposentadoria por idade, cuja renda mensal inicial corresponderá ao valor de R$1.086,00.


Gabarito: E

MAIS QUESTÕES

65 comentários:

  1. Respostas
    1. Domingo de sol e toda minha família foi para a praia mas eu fiquei, não pq assim estarei na frente dos meus concorrentes, eu fiquei, pq eu escolhi MUDAR DE VIDA, falei isso meus amigos para que vcs estudem por prazer, pq querem algo melhor, não se preocupem com "concorrentes", você é seu único concorrente, vamos continuar na luta, enfrentando nossos conflitos emocionais diariamente, pois já escolhemos nossa batalha e quando chegar a hora, sairemos vencedores!
      Bom domingo a todos.

      Excluir
    2. Isso ai, manter a motivação e estudar pra valer, valer a aprovação!!!

      Excluir
    3. Muita sorte para nós,El Barto!Bons estudos!...

      Excluir
    4. Obrigada por lembrar...muito bom ouvir isso hj(ops ler, rs)

      Excluir
  2. O valor do auxilio acidente integra a base de calculo da aposentadoria

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. LETRA "E" FUNDAMENTAÇÃO DECRETO 3048/99ART. 36, § 6º Para o segurado especial que não contribui facultativamente, o disposto no inciso II será aplicado somando-se ao valor da aposentadoria a renda mensal do auxílio-acidente vigente na data de início da referida aposentadoria, não sendo, neste caso, aplicada a limitação contida no inciso I do § 2º do art. 39 e do art. 183.

    ResponderExcluir
  5. Gente, me corrijam se eu estiver enganado (esta questão me deixou com dúvida)mas, o segurado especial , para ter direito a um Benefício (Aposentadoria por idade) maior do que um salário mínimo, não teria que ter contribuido de modo facultativo não pra isso (o que seria 20% do SC por ele declarado)? Nem a questão fez menção a isto e muito menos informa a partir de quando ele começou a receber o auxílio-acidente (pra poder considera-lo como parte integrante so SC). Enfim, vou de letra A, porém com dúvidas ^^ Se alguém puder clarear meu raciocínio, agradeço desde já =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. Letra a, o auxílio acidente não eh mais acumulado a aposentadoria, mas integra o salário de contribuição.

    ResponderExcluir
  8. Letra e, porque o decreto 3048 de 1999, instituiu essa exceção ao segurado especial q não contribui facultativamente

    ResponderExcluir
  9. Tinha pensado que era letra a...mas houve atualização por meio de decreto.

    ResponderExcluir
  10. No primeiro momento pensei em Letra A, contudo como é uma questão do mestre e muito bem formulada (mais uma), vou de E não sei qual é o artigo, mas tem essa exceção à regra para o segurado especial...

    ResponderExcluir
  11. Essa eu estou atento.
    letra E, pois o auxilio acidente integra o SC para fins de calculo do
    SB de qq Aposentadoria.

    ResponderExcluir
  12. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  13. Aux acidente de 362 + 724 da aposentadoria, resultando no benefício de R$ 1.086. Com base nas aulas de Hugo, o Aux acidente integrará a base de cálculo para fins da aposentadoria. LETRA E no gaba.

    ResponderExcluir
  14. Respostas
    1. Pelo que os colegas comentaram errei mais uma vez, vou começar um reciclagem. As vezes dá um desanimo, mas, vamo que vamo!!!

      Excluir
    2. Desanima não meu irmão, levanta ai faz três polichinelos, da tapa na cara, meta a cara nos livros, pra gente colocar o dedo na cara da banca que irar realizar o concurso do INSS, e como já diz o pestana olhar bem pra ela e dizer AQUI É CAVEIRA.

      Excluir
    3. e lembra sempre que sao mais de 4.500 para trabalhar 6 horas por dia , força meu velho !

      Excluir
    4. Quem nunca desanimou é que nunca tentou !!!

      Excluir
    5. desanimar é para fracos e tenho certeza que você não É FRACO.

      Excluir
    6. lembrei de duas coisas:
      Pestana: Tá estudando que nem um tarado?

      Você é um homem ou um saco de batatas!

      vamo lá, valeu pela força!!!

      Excluir
  15. letra A, o auxílio-acidente integra o SB para fins do cálculo da aposentadoria, mas no caso acima ele só recebeu por um mês, desta forma este valor não influenciará em nada

    ResponderExcluir
  16. Ele RECEBE o benefício de auxílio-acidente, cujo valor da prestação DO mês de janeiro de 2014 corresponde a R$ 362,00.
    O enunciado não fala que ele recebeu uma ÚNICA VEZ e sim que ele recebe.

    ResponderExcluir
  17. Letra E , porquanto Auxílio-acidente integra a base de cálculo para aposentadoria.
    Excelente questão professor!

    ResponderExcluir
  18. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  19. Pensando bem, acho que é letra B, pois a aposentadoria por idade é 70% do SB mais 1% por ano de contribuição. Se ele tem 17 anos de exercício na atividade rural, então 87% do SB, que deve incluir o valor do auxílio-acidente, porém não deve totalizar os 1086 reais. Curiosa pelo gabarito...

    ResponderExcluir
  20. Querida Aline, esse calculo(no caso de aposentadoria por idade) só se aplica para os demais segurados, não para o Segurado especial que não recolhe facultativamente, a aposentadoria dele é o salário mínimo,(Sem cálculos).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Fabiano! Tá na hora de eu revisar, kkkkkkkkkkk.

      Excluir
  21. EL BARTO ESTOU CONTIGO, EU ESTUDO PARA QUE QUANDO PASSAR SEREI UM DOS MELHORES ATENDENTES DO INSS, COM FÉ EM DEUS, E ISSO SÓ É POSSÍVEL QUANDO SE ESTUDA MUITO. VAMOS QUE VAMOS

    ResponderExcluir
  22. E.Bom dia professor!!!Ontem eu não entrei aqui,mas hoje já vi que foi uma questão das boas(como sempre_Letra E

    ResponderExcluir
  23. Professor Hugo, mas a data de cessação do beneficio é em dois casos:
    - quando o segurando se aposentar
    - ou a morte do segurado.

    então gabarito é letra A

    ResponderExcluir
  24. Não é por nada não, mas, pra mim é letra B:

    A - errada pois a aposentadoria será superior a um salário mínimo, já que o segurado recebia auxílio-acidente e esse benefício integrará o salário de contribuição para fim de concessão de qualquer aposentadoria.

    B- certa pois a RMI da aponsentadoria por idade é 70% do salário de benefício mais 1% para cada grupo de 12 contribuições (um ano) 17 anos de trabalho em atividade rural = 70% +17% =87% do salário de benefício.

    C-há redução de 5 anos para a aposentadoria por idade do segurado especial (homem =60/mulher=55)

    D - a carência já foi cumprida 17>15 obs: 17 todos após a vigência da lei 8.212

    E - o auxílio-acidente integra o salário de contribuição par fim de cálculo de qualquer aposentadoria, e não é somado ao valor da aposentadoria.

    obs. respondo de acordo com as leis vigentes em 2015(ano do edital do concurso do INSS 2015)

    ResponderExcluir