Clique no banner abaixo para comprar os livros de Hugo Goes

Questões elaboradas pelo Prof. Hugo Goes - Nº 41

41. (Hugo Goes – 2014) Ambrósio trabalhou durante 10 anos, como empregado da empresa Eternit S.A, na fabricação de produtos de fibrocimento, com efetiva e comprovada exposição ao agente nocivo ASBESTO (também conhecido como amianto). Depois disso, ele trabalhou mais 17 anos e seis meses como empregado de uma loja comercial, exercendo a função de vendedor. Nessa situação, Ambrósio
(A) Já preenche os requisitos para aposentar-se por tempo de contribuição com renda mensal inicial igual a 100% do salário-de-benefício.
(B) Tem direito a aposentadoria especial com renda mensal inicial igual a 100% do salário-de-benefício.
(C) Tem direito a aposentadoria por tempo de contribuição com renda mensal proporcional a 27 anos de contribuição.
(D) Ainda não preenche os requisitos para nenhuma espécie de aposentadoria.
(E) Terá de contribuir por mais 7 anos e 6 meses para ter direito à aposentadoria por tempo de contribuição com renda mensal inicial igual a 100% do salário-de-benefício.


Gabarito: A

MAIS QUESTÕES

53 comentários:

  1. Letra E .Quando sai o gabarito ?

    ResponderExcluir
  2. A, tem que fazer a conversão de tempo especial pra tempo de contribuição já que a permanência maior foi em um emprego normal sem influência de agentes nocivos. Faz 35 (tempo de contribuição para homem) dividido por 20 (tempo de contribuição especial para quem se expõe ao asbesto), isso da 1,75 que é o fator multiplicado a quantidade de tempo trabalhada que se quer converter, no caso da questão : 10 anos. Convertendo o tempo especial pra o tempo normal de contribuição temos 17 anos e 5 meses que somados aos 17 anos e 6 meses trabalhados como vendedor da um total de 35 anos e 1 mês, tempo suficiente para um homem se aposentar por tempo de contribuição recebendo 100% do SB.

    ResponderExcluir
  3. A-Bom dia,professor!!!Deus te abençoe!!

    ResponderExcluir
  4. Agora entendi porque letra "A". Estava fazendo a conversão por 1,4, quando o correto era 1,75.

    ResponderExcluir
  5. Gente, onde encontro a lista de agentes nocivos e o tempo adequado para a aposentadoria de cada um? Estou começando a estudar agora e estou bem perdida ainda.

    ResponderExcluir
  6. OLHA AÍ ABAIXO, MANUAL DE DIREITO PREVIDENCIÁRIO...
    É SÓ ROLAR A PÁGINA KKKKKKKK

    ResponderExcluir
  7. Acho que é assim que faz: 35/20 = 1,75
    1,75 x 10 = 17,5 ou 17 anos e 6 meses + 17 anos e 6 meses que trabalhou na loja comercial= 35 anos, portanto, letra A.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito bom, jcsergipe!

      Excluir
    2. Vi que muita gente está se enrolando na conversão...

      Excluir
  8. Vou de A visto que fiz a conversão e os 10 anos em que o segurado trabalhou exposto a esse agente valem como 17 anos e 10 meses em tempo comum. Somado aos 17 anos e 6 meses em que ele trabalhou em tempo comum totalizam 35 anos 4 meses de contribuição. Dando-lhe direito a aposentadoria por tempo de contribuição com RMI de 100% do SB. Isso na minha opinião

    ResponderExcluir
  9. Letra A. Professor, vc não acha que está sendo malvado em elaborar esse tipo de questão? kkkkk. Decorar esse anexo é meio foda. Creio que somente em provas de Auditor-Fiscal do Trabalho e Perito Médico e semelhantes é que teria alguma chance de ser cobrado esse anexo. Mas de todo modo, qual a sua opinião: devo ou não estudá-lo? Grato.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você tem razão. É pouco provável que exijam tanto.

      Excluir
    2. Valeu professor Hugo. Muito obrigado.

      Excluir
  10. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  11. Letra "A"

    Fazendo a conversão do tempo especial em normal

    17 -------> 20
    17,5 ------ X

    = 35 anos de contribuição!

    LETRA "A"

    ResponderExcluir
  12. Retificação... não é 17, mas 10.

    10 ----> 20
    17,5 ---> X

    = 35 anos de contribuição. "A"

    ResponderExcluir
  13. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  14. apesar de ser a alternativa A, preciso ficar atento ao que tange as conversões.

    ResponderExcluir
  15. Tou perdido no assunto, iniciei meus estudos há pouco tempo, espero acompanhar o conteúdo.

    ResponderExcluir
  16. Mais uma questão sobre conversão de tempo de contribuição:

    Dessa vez conversão de tempo especial (20anos) em tempo comum (35anos) Para Homem.

    Ver art. 70 RPS

    TEMPO A CONVERTER MULTIPLICADORES
    ........................MULHER (PARA 30)...........HOMEM (PARA 35)
    DE 15 ANOS.............2,00......................................2,33
    DE 20 ANOS............ 1,50......................................1,75
    DE 25 ANOS.............1,20......................................1,40

    10 x 1,75 = 17,5

    17,5 + 17,6 = 35,1 Anos de tempo de contribuição

    Apos. Tempo de contribição requesitos são:

    Requesitos art. 56 RPS
    - 35 anos Tempo de contribuição Homem
    - Carência de 180 contribuições

    RMI = 100 x SB


    Gabarito A

    Bons Estudos!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grupo de Estudos..

      Concurso INSS 2014 - 2015 Gex. São João da Boa Vista

      https://www.facebook.com/groups/257344544466461/

      Excluir
  17. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  18. (35*10) /20 = 17,5 + 17,5 = 35
    letra A

    ResponderExcluir