Clique no banner abaixo para comprar os livros de Hugo Goes

Questões FCC - Nº 135

135. (FCC – TRF4 - Técnico Judiciário – 2010) A seguridade social compreende um conjunto integrado de ações de iniciativa dos Poderes Públicos e da sociedade, destinadas a assegurar os direitos relativos à
(A) saúde e à assistência social, apenas.
(B) previdência social, apenas.
(C) previdência social e à assistência social, apenas.
(D) saúde e à previdência social, apenas.
(E) saúde, à previdência social e à assistência social.


Gabarito: E

MAIS QUESTÕES

53 comentários:

  1. Letra "E". Será que tem alguma pegadinha???...rs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkk, se brincar é bem provável que tenha alguma pegadinha. Bons estudos

      Excluir
  2. Letra E, não é pegadinha Soraia, Decreto 3048 no artigo 1° ta falando bem claro sobre este assunto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rafael, não sei sua opinião, mas acho que uma questão dessas não pode mais cair em concurso do inss, está muito "manjada", é de 99 a 100% de acertos. Bons estudos

      Excluir
    2. tive a mesma visão sob essa questão ,!

      Excluir
    3. A prova não será feita apenas com questões difíceis. Sempre teremos uma ou duas questões muito fáceis, galera =)

      Excluir
  3. E - o Hugo Goes tem curso online? Como me escrevo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paulo Rodrigues, ele tem sim cursos online, lá no EU VOU PASSAR E NA CASA DO CONCURSEIRO.

      Excluir
  4. Letra E - Uma questão dessas não pode cair mais em prova, é quase impossível que alguem erre, só se o indivíduo não estudou NADA e não tem noção nenhuma.
    Bons estudos pessoal

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ou se errar na hora de passar para o gabarito.

      Excluir
  5. Para testar conhecimentos, pessoal. Questão da Cespe de 2010.

    Suponha que João, servidor público federal aposentado, tenha sido eleito síndico do condomínio em que reside e que a respectiva convenção condominial não preveja remuneração para o desempenho dessa função. Nesse caso, João pode filiar-se ao Regime Geral da Previdência Social (RGPS) na condição de segurado facultativo e formalizar sua inscrição com o pagamento da primeira contribuição.

    Certo ou errado?

    Atente-se ao conhecimento, pois, embora fácil, guarda uma pegadinha ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não pode, tendo em vista que, mesmo ele estando aposentado por RPPS, guarda vínculo com esse regime próprio, pois a regra constitucional é clara nesse sentido, sendo quem é participante de regime próprio, seja ativo ou inativo, não pode filiar-se facultativamente ao RGPS. portanto E

      Excluir
    2. Errado.

      Excelente explicacao, Alexandre.

      Excluir
    3. Estás corretíssimo Alexandre.

      A resposta era errado mesmo :)

      Excluir
    4. Errado! Um pouco atrasada, mas juro que não colei...rs.

      Excluir
  6. Será que dá tempo de uma saideira, vou tentar!

    João de Deus começou a trabalhar aos 20 anos de idade e trabalhou até os 35. Ganhou na megassena e foi embora para Passargada, lá era amigo do rei. Ficou durante 30 anos sem exercer qualquer atividade remunerada e agora com 65 anos resolveu se aposentar. Mesmo tendo perdido a qualidade de segurado, João de Deus tem direito ao benefício da aposentadoria por idade.
    ( ) Certo
    ( ) Errado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Isso mesmo, Patrícia, não existe perda da qualidade de segurado para aposentadoria por idade, aposentadoria por TC e aposentadoria especial. Cuidado isso é exceção, a regra vale para os outros benefícios. Se, por exemplo, o mesmo João de Deus
      trabalhou dos 20 aos 35 anos de idade. Ficou
      inválido aos 51 anos, ele não terá direito à aposentadoria por invalidez, pois perdeu a qualidade de segurado. No caso terá que esperar os 65 anos e se aposentar por idade. É isso, até mais e bons estudos!

      Excluir
  7. Ele trabalhou por 15 anos, mas ele contribui por 180 meses?

    ResponderExcluir
  8. Para a a aposentadoria por idade não são necessários 65 anos de idade e 180 contribuições? Se ele tiver cumprido a carência pode sim.

    ResponderExcluir