Clique no banner abaixo para comprar os livros de Hugo Goes

Questões FCC - Nº 256

256 (FCC - 2012 - INSS) Apenas em relação aos segurados, NÃO fazem parte das prestações previdenciárias compreendidas pelo Regime Geral de Previdência Social:
a) auxílio-acidente e aposentadoria por idade.
b) aposentadoria por invalidez e salário família.
c) auxílio-reclusão e reabilitação profissional.
d) auxílio-doença e aposentadoria especial.
e) salário-maternidade e aposentadoria por tempo de contribuição.



Gabarito: C

MAIS QUESTÕES

86 comentários:

  1. C
    Auxílio Reclusão é um Benefício concedido aos dependentes do segurado.

    ResponderExcluir
  2. Letra C - Auxílio-reclusão, somente aos dependentes e reabilitação profissional, tanto para o dependente quanto para o segurado.

    ResponderExcluir
  3. Bom dia, Vamos lá !
    Prestações são benefícios(R$) e serviços(não R$).
    Os dependentes tem direito a todos os serviços, mas
    apenas 2 benefícios (Aux. Reclusão e Pensão por morte)
    Logo a LETRA C deve ser marcada, pois aux. reclusão
    não é uma prestação para SEGURADOS.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A reabilitação também não é prestação do RGPS, pois não é pago em dinheiro.

      Excluir
    2. Olá amigo !
      A habilitação e reabilitação profissional e social
      são prestações. O fato de não ser paga em dinheiro
      não desqualifica como prestação.
      Lei 8.213/91 Art. 89

      Excluir
    3. Concordo com você Nilton, uma prestação. Que tipo de prestação? Um serviço.

      Excluir
  4. Menos errada: C, Pois a reabilitação profissional é um benefício concedido tanto para o dependente quanto para o segurado.

    Bom dia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente, só que a reabilitação não é uma prestação pecuneária, ou seja não é uma prestação paga em dinheiro.

      Excluir
    2. Também demorei entender um pouco a questão.
      A questão diz uma prestação concedida APENAS aos segurados e reabilitação profissional é concedida tanto para os segurados quanto para os dependentes.

      Excluir
  5. C,mas achei mal formulada a questão

    ResponderExcluir
  6. Letra C, questão mal formulada

    ResponderExcluir
  7. Mais uma...

    FCC 2015 MANAUSPREV

    Nos termos da legislação que institui e regulamenta o Plano de Custeio da Seguridade Social no Brasil, sobre salário de contribuição, é INCORRETO afirmar:
    a) As importâncias recebidas a título de férias indenizadas com o respectivo adicional constitucional, inclusive o valor da dobra da remuneração de férias, prevista no art. 137, da CLT não integram o salário de contribuição do empregado urbano.
    b) O salário de contribuição do contribuinte individual é a remuneração auferida em uma ou mais empresas ou pelo exercício de sua atividade por conta própria, durante o mês, observados os limites mínimo e máximo previstos no decreto regu- lamentador.
    c) O valor de diárias para viagem não excedentes de 50% da remuneração mensal, a parcela recebida a título de vale- transporte na forma da lei própria e a participação nos lucros e resultados da empresa integram o salário de contribuição do empregado urbano.
    d) O salário de contribuição para o empregado doméstico é a remuneração registrada em Carteira de Trabalho e Previdência Social, observadas as normas a serem estabelecidas em regulamento para comprovação de vínculo empregatício e os limites mínimo e máximo da remuneração.
    e) O salário-maternidade é considerado salário de contribuição, assim como a gratificação natalina integra o salário de contribuição da empregada urbana, exceto para o cálculo do salário de benefício.

    ResponderExcluir