Clique no banner abaixo para comprar os livros de Hugo Goes

Questões FCC - Nº 361

361. (FCC - 2007 - TRF-4) O salário maternidade
 a) será pago diretamente pela Previdência Social para a segurada empregada, que deverá requerer o benefício até 30 dias após o parto.
 b) deverá ser requerido pela segurada especial e pela empregada doméstica até 60 dias após o parto.
 c) é devido pelo período de 60 dias para a segurada da Previdência Social que adotar criança de até um ano de idade.
 d) é devido pelo período de 45 dias para a segurada da Previdência Social que adotar criança entre 1 e 4 anos de idade.
 e) da segurada trabalhadora avulsa, pago diretamente pela Previdência Social, consiste numa renda mensal igual à sua remuneração integral equivalente ao mês de trabalho.



Gabarito: E

MAIS QUESTÕES

94 comentários:

  1. Bom dia!! Iria de E, mas qual o erro da letra A?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Segurada empregada recebe da empresa ou a ela equiparada

      Excluir
    2. Valeu!!! Anderson Garcia de Menezes

      Excluir
  2. Letra E


    Da segurada trabalhadora avulsa, pago diretamente pela Previdência Social, consiste numa renda mensal igual à sua remuneração integral equivalente ao mês de trabalho.


    Bons Estudos.

    ResponderExcluir
  3. E . Ai pessoal tenho o pacote do estratégia completo, interessados ---> whats 67 9844 2365

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu gostaria, estratégia tem um bom material em pdf!

      Excluir
  4. E . Ai pessoal tenho o pacote do estratégia completo, interessados ---> whats 67 9844 2365

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Empregado e trabalhador avulso/ Remuneração Integral
    Empregado: Pago pela empresa em casos de parto ou aborto não criminoso *Pago pela previdência em caso de ser empregada de "MICRO E.I ou adoção.

    O resto dos segurados e pago pela previdência.

    Contribuinte individual e Facultativo/ 1/12 da soma dos 12 últimos salários em um período não superior a 15 meses

    Segurado Especial= 1 salário mínimo e quando contribuir facultativamente como contribuinte individual recebe conforme contribuinte individual e facultativo.

    Empregada Doméstica/ Último salário de contribuição

    ResponderExcluir
  7. Conforme expressa proibição do referido dispositivo, não poderão ser acumulados no âmbito do RGPS, EXCETO:
    a) aposentadoria e auxílio-doença
    b) salário-maternidade a auxílio-doença
    c) Aposentadoria com abono de permanência em serviço.
    d) Seguro-desemprego com auxílio-reclusão.
    e) Mais de um auxílio-acidente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. D. Seguro-desemprego não pode ser cumulado com qualquer benefício do RGPS, exceto pensão por morte, auxílio-reclusão e auxílio-acidente.

      Excluir
    2. Seguro-desemprego com auxílio-reclusão.

      Excluir
    3. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    4. mesmo vedado, há pessoas que tem aposentadoria com abono de permanência.

      o Mais CORRETO SERIA LETRA C

      Seguro desemprego só será devido junto ao aux. acidente e pensão por morte.

      Excluir
  8. E e esta : Em relação aos benefícios da Seguridade Social, é correto afirmar que
    a é cabível a conversão do auxílio-doença em aposentadoria especial, independentemente da subsistência dos demais vínculos laborais mantidos pelo beneficiário, caso apurada a incapacidade definitiva do segurado para uma das atividades titularizadas.
    b o auxílio-doença do segurado que exerce mais de uma atividade abrangida pela previdência não será devido, se a incapacidade ocorrer apenas para o exercício de uma delas, salvo se as atividades concomitantes forem da mesma natureza.
    c o auxílio-reclusão é devido aos dependentes do segurado recolhido à prisão que não receba remuneração, auxílio-doença, aposentadoria ou abono de permanência, durante todo o período de detenção ou reclusão, devendo ser suspenso em caso de fuga e convertido em pensão, se sobrevier a morte do segurado detido ou recluso.
    d o aposentado por invalidez que recuperar a capacidade laborativa e tiver cancelado o benefício previdenciário poderá pleitear o retorno ao emprego ocupado à data do evento e, caso tal não convier ao empregador, terá direito a ser indenizado pela Previdência Social na forma da lei.
    e a incapacidade decorrente de doença ou lesão de que o segurado já era portador ao filiar-se ao Regime Geral de Previdência Social não lhe conferirá o direito à aposentadoria por invalidez, assim como a incapacidade que sobrevier por motivo de agravamento ou progressão de tal doença ou lesão.

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  10. Considere a pessoa física,

    I. proprietária, que explora atividade de extração mineral - garimpo, em caráter permanente, diretamente, com o auxílio de empregados, utilizados a qualquer título, ainda que de forma não contínua.
    II. não proprietária, que explora atividade de extração mineral - garimpo, em caráter temporário, diretamente, sem o auxílio de empregados, utilizados a qualquer título, ainda que de forma não contínua.
    III. proprietária, que explora atividade de extração mineral - garimpo, em caráter temporário, por intermédio de prepostos, com o auxílio de empregados, utilizados a qualquer título, ainda que de forma não contínua.
    IV. não proprietária, que explora atividade de extração mineral - garimpo, em caráter permanente, por intermédio de prepostos, com o auxílio de empregados, utilizados a qualquer título, exceto de forma não contínua.

    De acordo com a Lei n° 8.212/1991, são segurados obrigatórios da Previdência Social, como contribuintes individuais os indicados em
    a II, III e IV, apenas.
    b II e IV, apenas.
    c I e III, apenas.
    d I, II, III e IV.
    e I, II e III, apenas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. D, todo e qualquer garimpeiro temporario ou não será C.I, salvo se for empregado.

      Excluir
  11. Considere a pessoa física,

    I. proprietária, que explora atividade de extração mineral - garimpo, em caráter permanente, diretamente, com o auxílio de empregados, utilizados a qualquer título, ainda que de forma não contínua.
    II. não proprietária, que explora atividade de extração mineral - garimpo, em caráter temporário, diretamente, sem o auxílio de empregados, utilizados a qualquer título, ainda que de forma não contínua.
    III. proprietária, que explora atividade de extração mineral - garimpo, em caráter temporário, por intermédio de prepostos, com o auxílio de empregados, utilizados a qualquer título, ainda que de forma não contínua.
    IV. não proprietária, que explora atividade de extração mineral - garimpo, em caráter permanente, por intermédio de prepostos, com o auxílio de empregados, utilizados a qualquer título, exceto de forma não contínua.

    De acordo com a Lei n° 8.212/1991, são segurados obrigatórios da Previdência Social, como contribuintes individuais os indicados em
    a II, III e IV, apenas.
    b II e IV, apenas.
    c I e III, apenas.
    d I, II, III e IV.
    e I, II e III, apenas.

    ResponderExcluir
  12. Gabarito c e d respectivamente.

    ResponderExcluir
  13. Gabarito c e d respectivamente.

    ResponderExcluir