Clique no banner abaixo para comprar os livros de Hugo Goes

Questões ESAF - Nº 393

393. (ESAF - 2012 - Receita Federal) É segurado facultativo da Previdência Social:
 a) a pessoa física que explora atividade agropecuária, em área superior a quatro módulos fiscais.
 b) a pessoa física, proprietária ou não, que explora atividade de extração mineral - garimpo.
 c) o ministro de confissão religiosa.
 d) a dona-de-casa, o síndico de condomínio não remunerado, o estudante e outros aludidos em lei ou em regulamento.
 e) o bolsista e o estagiário que prestam serviços a empresa, em desacordo com a Lei n. 11.788, de 25 de setembro de 2008.



Gabarito: D

MAIS QUESTÕES

85 comentários:

  1. Essa foi feita por mim mesmo.

    É possível a inserção extemporânea de informações relativas a vínculos e remunerações no CNIS.

    CERTO
    ERRADO

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. CERTO

      Apenas dois detalhes:

      1° Essas informações extemporâneas precisam ser comprovadas via documentos;

      2° É preciso observar os prazos prescricionais e decadenciais.

      1 Abraço!!

      Excluir
    2. Certo! Ixe!, tem prazos prescricionais e decadenciais?

      Excluir
    3. Certo.Boa questão!Às vezes a gente se passa nesses detalhes e uma questão dessa nos deixam atentos.

      Excluir
  2. Letra D

    A dona-de-casa, o síndico de condomínio não remunerado, o estudante e outros aludidos em lei ou em regulamento.


    Bons Estudos.

    ResponderExcluir
  3. Pescadores artesanais em regime de parceria são segurados especiais?

    ResponderExcluir
  4. D - Segurado facultativo - Não exerce atividade econômica que o enquadre nas demais categorias de segurado. Ma se não possui, quem paga sua conta? Não é um paradoxo?

    ResponderExcluir
  5. Gente,ontem, lendo sobre segurados me ocorreu um questionamento:" d) aquele que presta serviço no Brasil a missão diplomática ou a repartição consular de carreira estrangeira e a órgãos a elas subordinados, ou a membros dessas missões e repartições, excluídos o não-brasileiro sem residência permanente no Brasil e o brasileiro amparado pela legislação previdenciária do país da respectiva missão diplomática ou repartição consular;"
    Minha pergunta é:aí fala que quem servir a um "MEMBRO" missão será EMPREGADO,então eu pensei assim:se um membro contrata uma pessoa para dirigir para ele nas horas que ele não está em trabalho para a missão(o cara fica a disposição dele o dia todo,na casa dele)esse cara "motorista" será EMPREDADO?(porque motorista particular é doméstico),mas levando em conta o que a lei tá falando seria EMPREGADO.Não sei se me fiz entender,mas gostaria da ajuda de vocês.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito bom seu questionamento. O que vou falar é apenas achismo, já que a lei não é clara sobre este caso em particular.
      ACREDITO que a condição de segurado empregado somente se encaixa quando ele está exercendo sua função como MEMBRO de missão. Até por que se formos generalizar, um encanador que ele contrata pra consertar a encanação da casa dele, também seria empregado.

      Excluir
    2. se o motorista exerce a função no ambito de trabalho do patrão , será empregado segurado , se for em ambito residêncial , ou casa de campo etc , será empregado domestico

      Excluir
    3. Thiago,gpstei muito da comparação com o Ci.JÁ é uma luz.

      Excluir
  6. Letra D. Espero q as questões da fcc ou cesp sejam assim. Bem tranquila.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Akira,eu tembém queria,mas se as questões forem assim será preciso fechar a prova para poder passar.Fiz uma prova da FCC para um tribunal e acertei 89% da prova e 9.0 na redação ,mas mesmo assim fiquei em 38º lugar.Vamos estudar muito pra enfrentar uma prova que nivele a gente por cima.Todos aqui do blog têm esse nível.Todos se mostram muito competentes,espero em Deus que sejamos todos colegas.

      Excluir
  7. Letra D. Espero q as questões da fcc ou cesp sejam assim. Bem tranquila.

    ResponderExcluir
  8. De de Deus! Boa noite, e vamos passar!

    ResponderExcluir