Clique no banner abaixo para comprar os livros de Hugo Goes

Questões VUNESP - Nº 375

375. (VUNESP - 2009 - CETESB) Considere os itens.
I. Entende-se por salário de contribuição do segurado facultativo o valor por ele declarado, observado o limite máximo a que se refere a legislação vigente.
II. O salário-maternidade não é considerado salário de contribuição.
III. O décimo-terceiro salário (gratificação natalina) integra o salário de contribuição, exceto para o cálculo de benefício, nos termos e limites fixados na legislação vigente.
IV. Integram o salário de contribuição pelo seu valor total, o total das diárias pagas, quando excedente a cinquenta por cento da remuneração mensal.
Está correto apenas o contido em
 a) I, II e IV.
 b) II e III.
 c) II, III e IV.
 d) I, III e IV.
 e) II e IV.



Gabarito: D

MAIS QUESTÕES

101 comentários:

  1. (PGE-RO/Procurador do Estado/2011) Quanto à seguridade social é correto afirmar

    a) É um conjunto integrado de ações que visa agregar os sistemas de saúde, previdência e assistência social através do sistema único de saúde.

    b) O regime geral da previdência social tem caráter contributivo e de filiação obrigatória, observados critérios que preservem o equilíbrio financeiro e atuarial, abrangendo os que participam de regime próprio de previdência.

    c) O sistema de saúde deve definir diretrizes com a participação da comunidade.

    d) O sistema de saúde deve ser organizado de forma centralizada, com direção única, e regionalizada, de modo a permitir que gestores locais admitam agentes comunitários de saúde e agentes de combate às endemias por meio de processo seletivo público.

    e) Assistência social é responsável pela cobertura do risco de acidente do trabalho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. a) A seguridade social é que agrega esses sistemas, Art. 194
      b) Os regimes funcionam paralelamente
      c) Correta, Inciso III, Art. 198, CF/88
      d) Sendo centralizada como os gestores locais poderiam ter alguma autonomia? Essa por si só se elimina. Descentralizada, Inciso I, Art. 198, CF/88
      e) Essa responsabilidade é da Previdência Social.

      Excluir
    2. gabarito C++

      Art. 198. As ações e serviços públicos de saúde integram uma rede regionalizada e hierarquizada e constituem um sistema único, organizado de acordo com as seguintes diretrizes:

      I - descentralização, com direção única em cada esfera de governo;

      II - atendimento integral, com prioridade para as atividades preventivas, sem prejuízo dos serviços assistenciais;

      III - participação da comunidade.

      Excluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Questão um pouco confusa.
    Ficaria em dúvida, porque acredito que a I e II estejam erradas.
    A I está errada porque o facultativo recolhe limitado pelo teto e pelo salário mínimo.
    A II está errada porque no salário maternidade incide contribuição previdenciaria.
    III e IV estão corretas.
    Mas na dúvida, marcaria C

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mesmo porque no cálculo do salário de benefício, não entra valores de período em salário maternidade, apesar de incidir a contribuição previdenciaria no salário maternidade.

      Ficaria com a C na dúvida.

      Excluir
    2. Concordo c vc, o segurado facultativo, ele observa o limite minino e maximo do salario de contribuicao que e o valor p ele declarado.

      Excluir
  4. Só mais uma coisa, pessoal!
    Não quero ser desagradável, mas ainda assim me acho no direito de fazer esse comentário: vamos deixar os comentários somente pra tirar dúvidas sobre a questão que o professor Hugo postar, ok?

    Porque se a gente ficar postando neles outras questões, vai acabar confundindo tudo.
    Se quiserem compartilhar questões, criem grupos no zap...
    Vamos deixar esses comentários só pra questão que o professor postar, ok??

    Bons estudos!
    Sucesso a todos!
    Paz!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jair, boa noite. Na minha humilde opinião , acho que uma questão postada a mais (alem da do professor) nas mensg, pelo contrário, só agrega e traz mais revisao pra galera que a responde. Quando não to a fim de responder alguma questão extra postada, não respondo, porém acho válida e positiva a postagem destas questões a mais que os colegas colocam.
      Por exemplo , tem dias que a questão postada pelo prof é "mais tranqüila" e não gera um debate maior, então quando alguém vem e posta uma questão de maior grau de dificuldade e que gera interação e diálogo acerca dela, eu acho positivo e de acordo com o propósito do Blog.
      Abraço e Bons Estudos a todos!

      Excluir
    2. Faço das palavra de Róbson as minhas.

      Excluir
    3. Concordo com os colegas, as questões extra enriquecem o aprendizado por meio do diálogo gerado. Muito bom.

      Excluir
  5. ddd (discagem direta a Deus)

    ResponderExcluir
  6. Letra D. Alguém sabe ao certo se será a cesp q realizará a prova do inss?

    ResponderExcluir
  7. Letra D. Alguém sabe ao certo se será a cesp q realizará a prova do inss?

    ResponderExcluir
  8. pelo jeito q as coisas estão caminhando....será a CESPE a banca organizadora...

    vai ser "osso" essa prova

    ResponderExcluir
  9. pelo jeito q as coisas estão caminhando....será a CESPE a banca organizadora...

    vai ser "osso" essa prova

    ResponderExcluir
  10. Pessoal Bom Dia, amigos, nao sei se vcs repararam, na antiga regra do inicio da contagem de carencia, o inicio dessa contagem para o empregado domestico era a partir da data da 1 contribuicao sem atraso, mas na nova regra diz q a contagem do empregado domestico passou a ser a data da filiacao, ate ai tudo ok, porem tanto no ultimo livro de hugo, como nas atualizacoes q ele disponibilizou no blog, diz q para os empregados, avulsos e contribuintes Individuais que presta servicos a empresa a carencia e presumida, certo, so q p esses ai a co tagem e a data da filiacao ao rgps e q eles p receber beneficios nao precisao comprar o recolhimento pq sao presumidas,, so q no livro de hugo diz q mesmo q a contagem da carencia do empregado domestico seja a DATA DS FILIACAO AO RGPS, ainda assim ele precisa comprovar os recolhimentos dessas contribuicoes, so q entendo que, se a contagem e a data da filiacao ao rgps, entende -se tbem q e presumida, ja q para o empregado, avulso e I dividual q presta servico a empresa e presumida, so q no livro e na atualizacoes diz q ainda assim eles os domesticos precisam comprovar os recolhimentos dessas contribuicoes...ALGUEM PARA TIRAR ESSA MINHA DUVIDA.?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia!
      Acho que sei tirar sua dúvida.
      No caso do empregado doméstico, o recolhimento é feito através de gps ( guia da previdência social), o carnezinho.
      O patrão do empregado doméstico paga o carne até a data de vencimento do recolhimento, e a data de pagamento do primeiro mês corresponderá à data de filiação deste empregado doméstico.
      No caso dos empregados, o recolhimento é feito através de gfip, documento onde a empresa informa diversos dados, inclusive o repasse do valor recolhido de seus empregados e a cota patronal.

      Espero ter ajudado a tirar sua dúvida.
      Abraço.
      Bons estudos.
      Fé!

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    3. Ah sim, e na primeira gfip vai informada a data de admissão do empregado.

      Já no caso do empregado doméstico, tudo vai depender da data que o patrão pagar a gps...

      Excluir

Clique no banner abaixo para comprar os livros de Hugo Goes