Clique no banner abaixo para comprar os livros de Hugo Goes

Questão Nº 464

464. (MPT 17ª – 2012- TRT MPT 17ª) Assinale a alternativa CORRETA:
(a) O acidente de percurso ocorre quando o empregado ou segurado especial está no exercício da atividade laboral no local de trabalho, na forma de um evento imprevisto e de consequências imediatas.
(b) Doença profissional é a doença ocupacional adquirida ou desencadeada em função de condições especiais em que o trabalho é realizado e que com ele se relaciona diretamente. Seu aparecimento decorre da forma como o trabalho é prestado, ou de condições específicas do meio ambiente do trabalho da empresa.
(c) No caso de doença profissional ou do trabalho, considera-se como dia do acidente, a data do início da incapacidade laborativa para o exercício da atividade habitual, ou o dia da segregação compulsória, ou o dia em que for realizado o diagnóstico, valendo para este efeito o que ocorrer primeiro.
(d) O empregado doméstico que sofrer acidente do trabalho terá assegurados os mesmos benefícios previdenciários que os demais empregados urbanos e rurais, como o auxílio doença acidentário, o auxílio acidente e a aposentadoria por invalidez, desde que preenchidos os respectivos requisitos.
(e) Não respondida.



Gabarito: A

MAIS QUESTÕES

342 comentários:

  1. Hoje a letra d também está correta.

    ResponderExcluir
  2. Cespe técnico seguro social 2016

    É filiado como segurado contribuinte individual o condutor autônomo de veículo rodoviário, assim considerado aquele que exerce atividade profissional sem vínculo empregatício, quando proprietário, co-proprietário ou promitente comprador de um só veículo.

    ResponderExcluir
  3. CESPE técnico seguguro social 2016

    2-Acidente do trabalho é o que ocorre pelo exercício do trabalho a serviço de empresa ou de empregador doméstico ou pelo exercício do trabalho dos segurados especiais, provocando lesão corporal ou perturbação funcional que cause a morte ou a perda ou redução, permanente ou temporária, da capacidade para o trabalho.

    ResponderExcluir
  4. 3-CESPE 2015
    João estava descendo as escadarias do prédio onde funciona a empresa que trabalha quando escorregou e caiu. Mesmo com o susto, João não se feriu. Mesmo que não cause a incapacidade laborativa, tal situação caracteriza acidente de trabalho, gerando estabilidade no trabalho.

    ResponderExcluir
  5. 4-CESPE 2015
    Josenilton começou a trabalhar na empresa AZ em janeiro 2014 e em fevereiro do mesmo ano sofreu um acidente de carro que o deixou incapacitado para suas atividades por dez meses. Josenilton não tem direito ao benefício do auxílio-doença pois não havia cumprido a carência de 12 contribuições.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Errado. 'Poderá' ter direito.

      Excluir
    2. O tipo de questão em q não sabemos como a CESPE vai considerar. Acredito q esteja ERRADO devido a questão não mencionar se é o primeiro vinculo ao RGPS e porque o acidente pode ser e trabalho.

      Excluir
    3. E. Ele terá direito ainda q seja acidente de qualquer natureza

      Excluir
    4. E - Em acidente de qualquer natureza ou causa não se exige carência.

      Excluir
  6. Letra C - Na época da questão. Hoje a D também estaria correta.

    ResponderExcluir
  7. 5- CESPE técnico seguro social 2016

    A previdência social deve processar de ofício o benefício, quando tiver ciência da incapacidade do segurado sem que este tenha requerido auxílio-doença.

    ResponderExcluir
  8. 6-CESPE 2016

    Rodolfo empregado da empresa AZ ficou indignado com as mudanças nas noras regras da aposentaria, pois ele agora só poderá se aposentar com 95 anos de idade e sua mulher Ana Lucia com 85 anos que também e empregada da empresa AZ.De acordo com as novas regras 85/95 marque C ou E

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rs..Alguem vai ter que entregar a aposentadoria a ele dentro do caixão..
      Errado

      Excluir
    2. Errado. Soma-se idade + tempo de contribuição (35 ou 30).

      Excluir
    3. Pra que essa indignação toda Sr. Rodolfo, não é assim que funciona kkkkk

      Excluir
    4. Errado. Se bobear, muito gente pensa dessa forma.

      Excluir
    5. ERRADO - seu Rodolfo vai dá certo. Kkkk

      Excluir
    6. pessoalm, o pior é que muita gente, mas muitaaaaa memso pensa dessa forma hahahahaha ... sempre me dou o trabalho de tentar explicar, mas é em vão ;(

      Excluir
  9. 7-técnico seguro social 2016
    O salário-família será devido, mensalmente, ao segurado empregado, inclusive o doméstico, e ao segurado trabalhador avulso, na proporção do respectivo número de filhos ou equiparados de até 14 anos, salvo se inválidos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Certo. Até 14 anos ou inválidos de qualquer idade. Doméstico agora também tem direito.

      Excluir
    2. ERRADO. Só os de baixa renda.

      Excluir
    3. Errado, como explicado pela Jamila

      Excluir
    4. outro detalhe da questao: esse SALVO esta excluindo o filho inválido né?

      Excluir
    5. Não Maiula Penha.
      Veja só: "... respectivo número de filhos ou equiparados de até 14 anos, salvo se inválidos.'' Ou seja, se for inválido, a idade de até 14 anos será indiferente. Sendo assim, o 'salvo' refere-se apenas a parte 'equiparados até 14 anos, e se for inválido, independerá de idade'.

      Excluir
    6. E - Explicação de Jamila

      Excluir
    7. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    8. deixou de mencionar que tem q ser de baixa renda. Ai fica aquela duvida questao esta incompleta mas pode se dizer q esta errada?

      Excluir
  10. 8-CESPE 2015
    É previsto como princípio da Previdência Social, dentre outros, previdência complementar facultativa, custeada por contribuição adicional.

    ResponderExcluir
  11. Letra C


    No caso de doença profissional ou do trabalho, considera-se como dia do acidente, a data do início da incapacidade laborativa para o exercício da atividade habitual, ou o dia da segregação compulsória, ou o dia em que for realizado o diagnóstico, valendo para este efeito o que ocorrer primeiro.


    Bons Estudos.

    ResponderExcluir
  12. Letra C. Hoje a D estaria correta tbm...
    Bom dia!

    ResponderExcluir
  13. De acordo com a fonte da Folha dirigida

    O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) está próximo de definir a distribuição das 950 vagas do concurso de técnico e analista. Quem garantiu isso foi o diretor de Gestão de Pessoas da autarquia, José Nunes Filho, em entrevista à Associação Nacional dos Servidores da Previdência e da Seguridade Social (Anasps). Ainda segundo o dirigente, o INSS finaliza a contratação do Cespe/UnB, escolhido como organizador por dispensa de licitação, e pretende divulgar o edital em dezembro, com a possibilidade de convocações no primeiro semestre de 2016, independentemente do ajuste fiscal,pois a carência de técnicos ja ate a beira de um colapso

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Todos aqui do Blog que irão fazer a prova do INSS, vamos passar e organizar essa budega :)

      Excluir
    2. É isso mesmo ricardo, só vejo futuros gerentes das APS por aqui...

      Excluir
    3. Meu Deus!! tenha misericórdia de mim pai, por favor! e estenda essa bênção para todos aqueles q estão nessa batalha há anos. Amém

      Excluir
  14. De acordo com a fonte da Folha dirigida

    O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) está próximo de definir a distribuição das 950 vagas do concurso de técnico e analista. Quem garantiu isso foi o diretor de Gestão de Pessoas da autarquia, José Nunes Filho, em entrevista à Associação Nacional dos Servidores da Previdência e da Seguridade Social (Anasps). Ainda segundo o dirigente, o INSS finaliza a contratação do Cespe/UnB, escolhido como organizador por dispensa de licitação, e pretende divulgar o edital em dezembro, com a possibilidade de convocações no primeiro semestre de 2016, independentemente do ajuste fiscal,pois a carência de técnicos ja ate a beira de um colapso

    ResponderExcluir
  15. INSS 2016 - É vedado o recebimento conjunto do seguro desemprego com qualquer benefício de prestação continuada da previdência social, exceto pensão por morte, auxílio reclusão ou auxílio acidente. C/E

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Correto. Só lembrando que pode ser recebido concomitantemente com o abono de permanência em serviço, apesar deste não se tratar de um BPC.

      Excluir
    2. Correto. Só lembrando que pode ser recebido concomitantemente com o abono de permanência em serviço, apesar deste não se tratar de um BPC.

      Excluir
    3. Correto. Só lembrando que pode ser recebido concomitantemente com o abono de permanência em serviço, apesar deste não se tratar de um BPC.

      Excluir
    4. E,
      Pensão por Morte ou Auxílio Acidente

      Excluir
    5. Lei 8213, Art. 124.
      Parágrafo único. É vedado o recebimento conjunto do seguro-desemprego com qualquer benefício de prestação continuada da Previdência Social, exceto pensão por morte ou auxílio-acidente. (Incluído dada pela Lei nº 9.032, de 1995)

      Excluir
    6. C. RPS Art.167
      § 2º É vedado o recebimento conjunto do seguro-desemprego com qualquer benefício de prestação continuada da previdência social, exceto pensão por morte, auxílio-reclusão, auxílio-acidente, auxílio-suplementar ou abono de permanência em serviço.

      Excluir
    7. CORRETA CONF. O.JuniorINSS
      C. RPS Art.167
      § 2º É vedado o recebimento conjunto do seguro-desemprego com qualquer benefício de prestação continuada da previdência social, exceto pensão por morte, auxílio-reclusão, auxílio-acidente, auxílio-suplementar ou abono de permanência em serviço.

      Excluir
  16. "C", mas Hoje a "D" está correta também !

    ResponderExcluir
  17. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  18. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  19. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  20. Uai, me parece que a C e D estão corretas.

    ResponderExcluir
  21. No ano da prova C mais hoje devido a expansão de alguns direitos dos empregados aos empregados domésticos a letra D tbm está correta.

    ResponderExcluir
  22. Acerca da legislação previdenciária, especialmente no que se refere às suas fontes, autonomia, vigência e interpretação, julgue o item que se segue.

    Ao se utilizar do método de interpretação teleológico o intérprete busca compatibilizar o texto legal a ser interpretado com as demais normas que compõem o ordenamento jurídico, visualizando a lei objeto de interpretação como parte de um todo.

    C/E

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rubens poderia explicar por favor apos da o gabarito?

      Excluir
    2. E - Teleológica = O Objetivo é alcançar a finalidade para a qual a legislação foi proposta.

      Blz

      Excluir
  23. Conforme for se aproximando a data da prova eu utilizarei o Blog do professor Hugo Goes com questões atualizadas da CESPE UNB e elaboradas por mim incorporando a CESP UNB, com intuito de prepara-los para prova, pois vejo aqui realmente alunos que com certeza serão novos servidores do INSS,pois quem esta aqui se preparando já esta saindo na frente da multidão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pela ajuda. E pode pegar pesado..rs..

      Excluir
    2. Suas questões farão toda a diferença. Obrigado!

      Excluir
    3. Professor Mourão, agradecemos a sua ajuda. Mudar o cenário político no Brasil será muito difícil, mas, como servidores públicos, faremos nossa parte para a melhoria do nosso país.

      Excluir
    4. Só temos a te agradecer joão e obrigado pelas questões.

      Excluir
    5. Obrigado. Toda ajuda é bem-vinda!
      Aliás as questões que você já postou estão muito bem elaboradas.

      Excluir
    6. Obrigado, Profesor!
      Toda ajuda é bem vinda.

      Excluir
  24. Bom dia pessoal, acho que essa questão pode gerar dúvida.

    O segurado em gozo de aposentadoria especial que retornar à atividade ou operações que o sujeite agentes nocivos, ou nela permanecer, na mesma ou em outra empresa, terá sua aposentadoria automaticamente cessada a partir da data do retorno.
    C/E

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Atualmente está errado. Antes da publicação do decreto 8123/2013 estava correto.
      Ao retornar será imediatamente notificado da cessação, no prazo de 60 dias contado da data da EMISSÃO da notificação.

      Excluir
    2. Errado - Ele será notificado e o cancelamento será em 60 dias após a notificação, salvo se comprovado o encerramento da atividade no qual gerou a notificação.

      Excluir
    3. Dessa alteração eu não sabia, obrigado.

      Excluir
    4. Só achei estranho o fato do profº Hugo Goes não ter mencionado essa alteração no manual de direito previdenciário 10ºedição.
      Na verdade ele afirma que cessa automaticamente a partir da data do retorno.

      Excluir
  25. A aposentadoria especial é concedida em observância à saúde do segurado, assim, caso ele torna a atividade nociva, de fato, cessará automaticamente seu benefício.
    Questão. Correta
    Amigos,
    Podem me ajudar quanto a participação patronal das empresas de TI, TIC? Se a redução da alíquota de 20%, prevista na lei 11.774 / 2008, foi renovada?
    Desde já agradeço....

    ResponderExcluir
  26. C ou É
    A pensão por morte será devida da data do óbito se requerida até 90 dias depois deste, ou da data do requerimento se requerida após tal prazo.

    ResponderExcluir
  27. À época letra C.
    Hoje as assertivas C e D estão corretas.

    ResponderExcluir
  28. Marcos trabalhou como empregado de uma empresa por 9 anos, posteriormente ficou desempregado por 6 anos.Atualmente marcos consegui novo emprego a 2 meses, em um sábado à tarde marcos fazendo compras teve um mal súbito, após ir ao hospital foi detectado que marcos teve um derrame e que perdera os movimentos dos braços ficando inválido. Nessa situação o pedido de aposentadoria por invalidez de Marcos junto ao INSS será indeferido.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Certo. Precisaria de pelo menos mais 2 meses de carência. Regra do 1/3.

      Excluir
    2. C - As contribuições anteriores a perda da qualidade de segurado só serão contadas para a concessão de benefício que exige carência se ele verter 1/3 das contribuições exigidas para o benefício. Como não foi acidente de qualquer natureza ou causa exige-se 12 contribuições mensais.

      Vlw

      Excluir
    3. Tb não foi doença listada em lista específica q independe de carência

      Excluir
  29. Situação hipotética: Pedro se aposentou pelo Regime Próprio de Previdência dos Servidores Públicos da União (RPPS), no cargo de Advogado da União em dezembro de 2013. Em janeiro de 2015, ele foi nomeado pela Presidenta, de acordo com a regra expressa no art. 119, II da CF, a Juiz temporário do Tribunal Superior Eleitoral. Com base na legislação previdenciária em vigor, é correto afirmar que durante o período que Pedro exercer o cargo de Juiz temporário no TSE ele será segurado obrigatório do RGPS na qualidade de contribuinte individual.
    C ou E?

    ResponderExcluir
  30. C e D

    O blog tá bombando. Ultrapassando os 200 posts

    ResponderExcluir
  31. O período em q o segurado esteve recebendo benefício por incapacidade decorrente de acidente do trabalho, intercalado com períodos de atividade, ou não, conta como período de contribuição.
    C ou E

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. C.
      Vale ressaltar que a jurisprudência e doutrina também conta como tempo de carência, se em virtude de acidente de trabalho mesmo não sendo intercalado com fundamento no RPS.

      Excluir
  32. Marcos paraplégico, chega em uma agência do INSS requerendo aposentadoria por TC, trabalha como emregado á 34anos. O pedido será indeferido se o mesmo não apresentar provas do início da sua deficiência.

    ResponderExcluir
  33. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

Clique no banner abaixo para comprar os livros de Hugo Goes