Clique no banner abaixo para comprar os livros de Hugo Goes

Questão Nº 478

478. (CONSULPAN – 2012 – MP-MG) Sobre a previdência e a assistência social, assinale a alternativa CORRETA:
(A) Para efeito de aposentadoria, é vedada a contagem recíproca do tempo de contribuição na administração pública e na atividade privada, rural ou urbana.
(B) A gratificação natalina dos aposentados e pensionistas terá por base o valor dos proventos do mês de novembro de cada ano.
(C) Os ganhos habituais do empregado, a qualquer título, serão incorporados ao salário para efeito de contribuição previdenciária e conseqüente repercussão em benefícios, nos casos e na forma da lei.
(D) A assistência social será prestada a quem dela necessitar, observando‐se o tempo mínimo de doze meses de contribuição à seguridade social.



Gabarito: C

MAIS QUESTÕES

350 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Letra C


    Os ganhos habituais do empregado, a qualquer título, serão incorporados ao salário para efeito de contribuição previdenciária e conseqüente repercussão em benefícios, nos casos e na forma da lei.


    Bons Estudos.

    ResponderExcluir
  3. Questão - Joice, trabalhando na condição de estagiária em desacordo com a legislação especifica, sofre acidente de trabalho, incapacitando-se para qualquer atividade laboral, passando a receber aposentoria por invalidez. Caso a perícia médica do INSS constate sua recuperação total para o trabalho após 3 anos do início do recebimento do benefício, terá sua aposentadoria extinta de imediato.

    C ou E

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. C -

      O porquê: Ela será enquadrada como segurada empregada e não facultativo. Como a recuperação foi total e ocorreu dentro de 5 anos, não terá direito a mensalidade de recuperação.

      Vlw

      Excluir
    2. Depende...Faltou um detalhe crucial para responder a questão : o segurado tem direito a retornar ao trabalho antes exercido na empresa ou foi declarado apto para o trabalho em função diversa da que exercia?? Conforme a resposta desta questão (o que não foi informado no comando da questão ) a resolução da questão muda.
      Desta maneira, deixo a questão sem resposta.

      Excluir


    3. (Re)cuperação total = ou seja voltou a desempenhar sua função. Não se trata de nova função, pois não caberia o termo recuperação, mas sim reabilitação.


      Correto. : .



      Foco Força e Fé.

      Excluir
    4. Não concordo amigo.
      A legislação é clara em dizer que para
      a extinção IMEDIATA é em

      1- Voltar voluntariamente a atividade.

      2 - (!) Recuperado em 5 anos + recuperação total (até aqui a nossa amiga Joice se enquadra) + Tiver direito a voltar a função que desempenhava.
      Observe aí na lei que são dois requisitos distintos.
      Recuperação total não é sinônimo de retornar a função
      que antes ocupava na empresa.

      Excluir
    5. Não é porque o segurado teve recuperação total que ele tem direito de voltar a desempenhar sua função anterior na empresa, uma coisa não implica na outra.
      Isso consta no art.47, inciso I, alínea "a" da lei 8213.
      Bons estudos!

      Excluir
    6. Concordo com o Robson. Cessará de imediato caso possa voltar a exercer a mesma função na empresa.

      Excluir
    7. Lei 8213
      Art. 47. Verificada a recuperação da capacidade de trabalho do aposentado por invalidez, será observado o seguinte procedimento:

      I - quando a recuperação ocorrer dentro de 5 (cinco) anos, contados da data do início da aposentadoria por invalidez ou do auxílio-doença que a antecedeu sem interrupção, o benefício cessará:

      a) de imediato, para o segurado empregado que tiver direito a retornar à função que desempenhava na empresa quando se aposentou, na forma da legislação trabalhista, valendo como documento, para tal fim, o certificado de capacidade fornecido pela Previdência Social;

      Excluir
    8. Tratando-se de CESPE, faltou falar - "Desde que tenha direito a retornar ao trabalho que anteriormente exercia"....
      Questão poderá ser anulada. Como há exceção para CESPE, marcaria como ERRADA.

      Excluir
    9. Fiquei procurando na questão a parte de retorno a mesma função anterior.
      Art. 47. Verificada a recuperação da capacidade de trabalho do aposentado por invalidez, será observado o seguinte procedimento:

      I - quando a recuperação ocorrer dentro de 5 (cinco) anos, contados da data do início da aposentadoria por invalidez ou do auxílio-doença que a antecedeu sem interrupção, o benefício cessará:

      a) de imediato, para o segurado empregado que tiver direito a retornar à função que desempenhava na empresa quando se aposentou, na forma da legislação trabalhista, valendo como documento, para tal fim, o certificado de capacidade fornecido pela Previdência Social; ou

      Excluir
    10. Errado.
      Concordo com Robson e Renan

      Mesmo que haja recuperação total,
      E cessação de imediato do benefício está condicionada à possibilidade do segurado empregado retornar à mesma que exercia anteriormente.

      Excluir
    11. A questão está errada mesmo, conforme a lei 8.213, Art.47, I, a)

      A questão omitiu um requisito e não uma excessão, então acredito que para o Cespe estaria errado.

      Excluir
    12. ERRADO PESSOAL- Conforme explicação de Robson e Renan. Outro detalhe é que nível trabalhista (eu disse trabalhista) creio que o Joice ainda será estagiária e não deverá ter sua vaga de estagiária "preservada" como se fosse realmente empregada, pois, a meu ver, esse enquadramento é apenas na esfera previdenciária. O que impossibilitaria seu retorno à atividade.

      Excluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. C/E – Cuidado com seu gabarito, uma errada anula uma certa!!
    Sobre os períodos de graça. Seguem três:

    1 - Os segurados individual, Avulso, Empregado, doméstico e especial caso tenham mais de 120 contribuições ou tempo de atividade rural equivalente, no caso do segurado especial, e comprovem situação de desemprego gozarão de 36 meses de período de graça.

    2 – O segurado especial, caso comprove mais de 120 meses de atividade rural, não fará jus aos 24 meses de período de graça.

    3 – O segurado Facultativo, ainda que conte com 121 contribuições, terá seu período de graça limitado a 6 meses, salvo no caso de receber benefícios por incapacidade ou salário-maternidade quando, então, ao término do benefício e sem verter novas contribuições ele manterá sua qualidade de segurado por 12 meses.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 1- E - Especial precisa de 120 contribuições. Não basta somente a atividade.
      2- C Especial precisa de 120 contribuições. Não basta somente a atividade.
      3 - C

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    3. 1 Correto - Cessação do Beneficio/Contribuições : 12meses+12(mais de
      120 contribuição+12comprova desenprego)

      2-Errado - Não existe tal vedação ao nosso amigo seg. especial.

      3- ERRADO -Não existe este "salvo". O coitado do facultativo mesmo após cessação de beneficio por incapacidade fica limitado seu período de graça por apenas 6 meses. Diz nossa companheira IN 77 de 2015

      Logo C - E - E

      Excluir
    4. Discordo, Nilton Cezario. Veja:

      IN 77, Art 137,
      § 7º O segurado facultativo, após a cessação de benefícios por incapacidade e salário-maternidade, manterá a qualidade de segurado pelo prazo de doze meses.

      Excluir
    5. 1- Correto = Todos são segurados obrigatórios, portanto poderão gozar até 36 meses de período de graça.
      2- Errado = Fará jus.
      3- Errado = Não concordo com a IN, pois já que, a Lei e o Decreto que são fontes acima da IN não dá esses 12 meses para o segurado facultativo, nem traz ressalvas quanto a isso. Ainda não vi nenhuma prova cobrando isso, sem contar que provavelmente o Edital não pedirá a Instrução Normativa 77/2015 do INSS.

      Excluir
    6. Verdade Lorayne ! Obrigado pela correção.
      Sempre aprendendo mais.

      Excluir
    7. C,E,C......alguem pode explicar quem vai predominar no dia da prova. a IN, LEI, DC....? aff, ou depende do que o edital cobrar?

      Excluir
    8. C E C

      Por que alguns de vocês acham que a 1 está errada?

      Excluir
    9. E.C.C- Compartilho da Ideia de Rafael rocha mendes

      Excluir
    10. Deve ser pelo fato do segurado especial; não poder atingir o valor de 36 meses; uma vez que para ganhar os 12 meses devido a desemprego involuntário, ele teria que ter uma relação de emprego; o que dependendo da situação o desqualificaria da situação de segurado especial.

      Excluir
    11. Gaba Oficial:

      1 – C

      2 – E

      3 – C

      Fecharam a prova: Maiula, Antônio, Lucas, Neto e Amanda

      Nilton e William vcs explicaram corretamente as questões 1 e 2, mas vacilaram na 3.

      Willian, cuidado com essa afirmação. A IN é extremamente importante para a intepretação e expansão da legislação previdenciária; outra coisa: ela já foi objeto sim de prova: vide INSS 2008. As leis se complementam ainda que sejam secundárias.

      A explicação da questão 3 é a de Lorayne.

      Excluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vamos lá !
      1- Joice é segurada empregada, pois seu estágio está em DESACORDO com a legislação.

      2- A pericia considerou que Joice está recuperada então
      a Ap. por Invalidez será extinta. Mas quando?

      3- Aí vem o pulo do gato ! kkkk
      Seria extinta de imediato se além da recuperação total ela tivesse direito a voltar a função que desempenhava na empresa. Como a questão não diz, é insuficiente para concluir que o beneficio será extinto de imediato.
      Logo Errado.

      No caso em tela ela receberia por mais três meses a
      aposentadoria com valores integrais e podendo acumular
      com remuneração. No fim dos três meses aí assim seria extinta a aposentadoria. Famosa regra "Tantos meses quanto forem os anos"

      Excluir
    2. Obrigado pelo esclarecimento amigo!

      Excluir
  7. Bom dia. Vamos lá !

    (A) Para efeito de aposentadoria é vedada (Vedada não ! É permitido) A banca trocou só para te enganar.Errada.

    (B)Gratificação Natalina/Abono Anual corresponde ao valor da renda mensal do beneficio no mês de DEZEMBRO. Errada

    (C) Correto

    (D) (...) aquem dela necessitar (...) até aqui tá certo.Mas quando afirma que necessita de 12 contribuições aí fica errado. Ass. social INDEPENDE de contribuição, assim como a Saúde. Errado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nilton, na primeira opção faltou completar a frase, para efeito de aposentadoria por tempo de contribuição, não é qualquer aposentadoria.

      Excluir
    2. Não é apenas para aposentadoria por
      tempo de contribuição não. =D.
      Ex: João trabalhou
      Empresa ALFA S.A = 10 ANOS
      INSS: 5 anos

      Completando 65 anos, ele já não teria direito adquirido
      para aposentadoria por IDADE ?

      Excluir
  8. CESPE - DP RO/DPE RO/2013 (adaptado)
    Assunto: Princípios Constitucionais (Seguridade Social)
    Com relação aos princípios e objetivos que norteiam a seguridade social no Brasil, julgue os itens que se seguem.
    01. Com relação à seletividade e distributividade na prestação dos benefícios e serviços, o legislador ordinário deve escolher os eventos que serão cobertos pela previdência social, levando em conta as possibilidades econômicas dos segurados.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E - possibilidades econômicas, diz respeito ao princípio da Equidade na forma de participação do custeio.

      Excluir
    2. quando o legislador o beneficio salario família e quando ele diz que é apenas para baixa renda, ele esta levando em conta tb as possibilidades econômicas de um certo grupo, .... , eu entendo que estaria errado se na questão estivesse escrito apenas "possibilidades econômicas dos segurados" ... mas ao fazer a seleção e a distribuição de alguns benefícios essa questão é levado em conta. Me corrijam !!!!

      Excluir
    3. Concordo com seu ponto de vista Via Desejo! ao conceder o salario Família é leva-se em conta a possibilidade econômica do segurado

      Excluir
  9. CESPE Procurador do trabalho 2014

    02-Na hipótese de as receitas provenientes do custeio da previdência social, a título de contribuição social, não serem suficientes para o pagamento dos benefícios de prestação continuada, o INSS poderá suspender temporariamente o pagamento desses benefícios, até que a arrecadação seja suficiente para cumprir tal déficit

    ResponderExcluir
  10. CESPE - TJ TRE RJ/TRE RJ/Apoio Especializado/ Programação de Sistemas/2012
    Assunto: Decreto nº 1.171/1994 (Código de Conduta do Servidor Público Civil do Poder Executivo Federal)
    Com relação à ética no serviço público, julgue os itens a seguir.
    03. É vedado ao servidor público abster-se de exercer sua função, mesmo que a finalidade da atividade seja estranha ao interesse público.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Errado

      DECRETO Nº 1.171, DE 22 DE JUNHO DE 1994

      Dos Principais Deveres do Servidor Público

      XIV - São deveres fundamentais do servidor público:

      t) exercer com estrita moderação as prerrogativas funcionais que lhe sejam atribuídas, abstendo-se de fazê-lo contrariamente aos legítimos interesses dos usuários do serviço público e dos jurisdicionados administrativos;

      Excluir
    3. errado, Obrigado futuro servidor pelo esclarecimento.

      Excluir
  11. CESPE - TJ TRE RJ/TRE RJ/Administrativa/2014
    Assunto: Disposições preliminares (Lei 8.112 - arts. 1º a 4º)
    04. Com base nas normas aplicáveis aos servidores públicos federais, julgue o item a seguir.
    Para os efeitos da Lei n.o 8.112/1990, servidor público é o ocupante de cargo público, conceituação que abrange os ocupantes de cargo em comissão e função de confiança.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Art. 1o Esta Lei institui o Regime Jurídico dos Servidores Públicos Civis da União, das autarquias, inclusive as em regime especial, e das fundações públicas federais.

      Art. 2o Para os efeitos desta Lei, servidor é a pessoa legalmente investida em cargo público.

      Art. 3o Cargo público é o conjunto de atribuições e responsabilidades previstas na estrutura organizacional que devem ser cometidas a um servidor.

      Parágrafo único. Os cargos públicos, acessíveis a todos os brasileiros, são criados por lei, com denominação própria e vencimento pago pelos cofres públicos, para provimento em caráter efetivo ou em comissão.

      Excluir
  12. CESPE Direito Constitucional 2015

    05-. Ao estrangeiro residente no exterior não é assegurado o direito de impetrar mandado de segurança.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Deduz-se da questão que este estrangeiro esteja de passagem pelo Brasil, logo questão Errada.

      Excluir
    3. Se o estrangeiro estiver no brasil como diz willian está errado, Mas se ele estiver nos esteitis a questao estar certa... Segundo o art. 5 da CF, o MS é direito do brasileiro e estrangeiro RESIDENTE(no sentido ,segundo a doutrina, de estar presente no brasil)

      Excluir
    4. Errado - Já conhecia essa.

      Excluir
  13. CESPE - Ag Adm (MDIC)/MDIC/2014
    Assunto: Mozilla Firefox
    Julgue o item a seguir, referente a programas de navegação, programas de correio eletrônico e sítios de busca e pesquisa na Internet.
    06. Apesar de o Mozilla Firefox apresentar alguns motores de busca disponíveis para o usuário, é possível incluir novos motores de busca disponibilizados por sítios na Web.

    ResponderExcluir
  14. CESPE - TA (IBAMA)/IBAMA/2013
    Assunto: Porcentagem (RLQ)
    07. Sabendo que o governo federal ofereceu aos servidores públicos uma proposta de reajuste salarial de 15,8% parcelado em três vezes, com a primeira parcela para 2013 e as demais para os anos seguintes, julgue o item a seguir.
    Um servidor federal com salário de R$ 10.000,00 em 2012, passará a receber, em 2015, após a concessão da última parcela de reajuste, salário inferior a R$ 11.500,00

    ResponderExcluir
  15. 08-CESPE Portugues 2015
    Assunto: Acentuação
    1. As palavras "catástrofe" e "climática" recebem acento gráfico com base em justificativas gramaticais diferentes

    ResponderExcluir
  16. O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) já definiu a data de divulgação do edital do concurso para 950 vagas: segundo uma fonte ligada à seleção, o documento será publicado no Diário Oficial da União (DOU) no dia 18 do próximo mês, na última sexta-feira antes do Natal. “Essa data é uma previsão que poderá ser alterada, caso seja de interesse do INSS. No entanto, todos os esforços estão sendo feitos para que o edital saia nesse dia”, observou a fonte da folha dirigida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Temos que continuar a estudar, desistir é para os fracos!

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    3. Se não vier Redação, será um presentão de natal.. Deus abençoe a nós Todos, e que vcs não façam Para a mesma agencia que eu HAHAHAHAHAHAHAHA PELO AMOR DE DEUS!

      Excluir
  17. Olá colegas! Gostaria de pedir encarecidamente que postassem os gabaritos das questões se possível no mesmo dia, pois acaba passando e ninguém mais entra em dias anteriores para postar. Diversas questões estão sem gabarito por quem postou e fica difícil principalmente em questões polêmicas...

    Por favor façam uma forcinha! Obrigada a todos e ao professor João pelas questões! Deus abençoe!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E não demorar muito..porque depois não da para postar mais e fica uma chatice tendo que carregar a pagina.

      Excluir
    2. Concordo com Jamila. Têm questão q está ficando em aberto e a gente não chega a uma conclusão nunca. Bom estudo a todos

      Excluir
    3. Concordo com Jamila. Têm questão q está ficando em aberto e a gente não chega a uma conclusão nunca. Bom estudo a todos

      Excluir
    4. As questões polemicas eu posto o gabarito no inicio da tarde,continuem assim vocês estão no caminho certo,Bons estudos a todos.

      Excluir
  18. Bom dia!

    Um colega postou ontem uma questão interessantíssima, no entanto deixou-nos sem gabarito. Vou replicá-la, porque nosso amigo Rafael Rocha deixou um comentário, no final do dia, conforme parecer do Frederico Amado.

    Pergunta:

    Maria Antonia, segurada empregada, deu entrada no processo de adoção dia 20/03/2014. Dois meses após dar entrada no processo, fica sabendo que está gestante. Em outubro do mesmo ano, Maria é beneficiada com a adoção, vindo a adotar Joaquina, 8 anos de idade e assim por conseguinte, começa a fazer jus ao Salário Maternidade. Em novembro do mesmo ano, nasce Lucas, seu filho homem. Diante do fato, Maria Antonia poderá fazer jus a dois Salários Maternidades. Certo ou Errado?

    Rafael Rocha:
    "C. São fatos geradores distintos, ocorridos em períodos distintos.
    Fonte: Frederico Amado"

    Não achei a especificidade deste caso nem na IN e olha que a instrução tende a esmiuçar a lei. Essa questão foi muito interessante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paola, complementando:

      Frederico Amado: São fatos geradores distintos, ocorridos em períodos distintos. Certo então.
      Ivan Kertzman: ''Vai encerrar o primeiro e abrir o segundo que será pago por mais 120 dias. Não dá para acumular os dois''. Errado então.

      Conclusão?
      Ferrou.

      Excluir
    2. Rafael, em relação ao Professor Frederico Amado, ele te respondeu por e-mail?
      Não encontrei algo a respeito no livro dele.
      Eu marcaria como Errado, conforme argumentei ontem.

      Excluir
    3. Hahahaha! Se os próprios doutrinadores não se entendem quem dirá nós, simples estudantes.

      Excluir
    4. Willian, no livro Curso de direito e processo previdenciário, 7ª edição, pág 737. Ele deixa claro ainda que essa é uma questão não tratada na legislação.

      Excluir
    5. Rafael, Frederico Amadou deixou explícito isso? Pq faço o curso dele no Cers e quando o mesmo dar um exemplo de adoção ele brinca assim: "Adote um, depois dos 4 meses de salario maternidade, adote outro, pois não poderás receber os dois antes de terminar o primeiro". Não acredito que a gestação ou a adoção são fatos geradores distintos. O meio é distinto, mas o fim é a responsabilidade por uma criança. Continuo na dúvida, mas fico com um salario maternidade apenas. Dois só se empregos diferentes.
      Bons estudos e valeu! Aprendo muito com vcs!!

      Excluir
    6. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  19. Questao 2015 - . João, idoso de 67 anos, vive com a sua esposa e
    os seus três filhos menores de 21 anos. A única
    renda da família é o salário-mínimo recebido por
    João como empregado. Nesta hipótese, com a
    renda familiar é inferior a 1/4 do salário-mínimo,
    João faz jus ao recebimento do BPC-LOAS. C-E

    ResponderExcluir
  20. Bom dia!

    Um colega postou ontem uma questão interessantíssima, no entanto deixou-nos sem gabarito. Vou replicá-la, porque nosso amigo Rafael Rocha deixou um comentário, no final do dia, conforme parecer do Frederico Amado.

    Pergunta:

    Maria Antonia, segurada empregada, deu entrada no processo de adoção dia 20/03/2014. Dois meses após dar entrada no processo, fica sabendo que está gestante. Em outubro do mesmo ano, Maria é beneficiada com a adoção, vindo a adotar Joaquina, 8 anos de idade e assim por conseguinte, começa a fazer jus ao Salário Maternidade. Em novembro do mesmo ano, nasce Lucas, seu filho homem. Diante do fato, Maria Antonia poderá fazer jus a dois Salários Maternidades. Certo ou Errado?

    Rafael Rocha:
    "C. São fatos geradores distintos, ocorridos em períodos distintos.
    Fonte: Frederico Amado"

    Não achei a especificidade deste caso nem na IN e olha que a instrução tende a esmiuçar a lei. Essa questão foi muito interessante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não pode receber 2 salários maternidades juntos ...

      Excluir
  21. CESPE - INSS 2016. Marque C ou E:

    João e Maria são casados há mais de 20 anos, ambos são segurados obrigatórios do RGPS, quando em um grave acidente de carro os dois vieram a óbito, deixando seu único filho, Mateus, menor de 12 anos de idade. Nessa situação, Mateus terá direito a receber duas pensões por morte.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Certo- ele era considerado como dependente dos dois segurados.

      Excluir
    2. Hum! Pensei que haveria de optar pela mais vantajosa.

      Dando uma olhadinha encontrei a redação: "Impossibilidade - pensão por morte com outra pensão por morte, quando o falecido era cônjuge ou companheiro (a)"

      No caso o menor terá direito ao acúmulo por ser dos pais e não proveniente de relacionamento matrimonial?

      Excluir
  22. Gabarito :C.

    Questão :Ana trabalhou durante 25 anos como dentista e comprovou,por meio de laudo pericial,que nesta atividade ficava exposta a agentes nocivos biológicos(germes infecciosos).Diante disto requereu aposentadora especial.É possível a concessão de aposentadoria especial a contribuinte individual nessas condições?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E. CI só tem direito a ap. Especial qdo cooperado filiado à cooperativa.

      Excluir
    2. ERRADO. Será devida apenas para empregado, trabalhador avulso, empregado doméstico e CI cooperado. Não consta no Regulamento este tipo de exposição.

      Excluir
    3. Errado. Já que a lei traz a obrigação do C.I. ser filiado a uma cooperativa.

      Excluir




  23. Julgue os itens de 86 a 90, relativos à seguridade social.

    Para fins de concessão dos benefícios previstos no RGPS ou no serviço público é assegurada a contagem recíproca do tempo de contribuição na atividade privada e do tempo de serviço na administração pública, hipótese em que os diferentes sistemas de previdência social se compensarão financeiramente.




    Alguém entende bem a cabeça da cespe e sabe me dizer se foi esse erro somente: trocou a palavra APOSENTADORIA por CONCESSÃO DOS BENEFÍCIOS PREVISTOS NO RGPS.


    Ou ela tornou a assertiva errada por trocar a palavra tempo de contribuição por tempo de serviço, ou ela considera tempo de serviço certo. Ou será que foi por faltar na na atividade privada, rural e urbana. (mas pensei pra cespe incompleto não é errado)




    Me ajudem a desvendar esse mistério da cespe rsrsrs prof. João???


















    Clique aqui para Responder

    ResponderExcluir
  24. (CESPE/Analista-SERPRO/2008) O conceito de Estado possui
    basicamente quatro elementos: nação, território, governo e
    soberania. Assim, não é possível que haja mais de uma nação
    em um determinado Estado, ou mais de um Estado para a
    mesma nação.
    C/E

    ResponderExcluir
  25. Questão Cespe
    Astrogildo, segurado do RGPS, ficou temporariamente incapacitado para o trabalho, por mais de 15 dias consecutivos. Nesse caso, Astrogildo terá direito a receber auxílio-doença, que será pago pela Previdência Social. O valor do salário-de-benefício de Astrogildo, calculado na data do requerimento do benefício, corresponde a R$ 1.000,00 e a média aritmética simples dos últimos 12 salários-de-contribuição corresponde a R$ 900,00. Nesse caso, a renda mensal inicial do auxílio-doença será de R$ 910,00.

    ResponderExcluir

Clique no banner abaixo para comprar os livros de Hugo Goes