Clique no banner abaixo para comprar os livros de Hugo Goes

Conheça o curso de Simulados do INSS da Casa do Concurseiro

A Casa do Concurseiro lançou o curso perfeito pra quem está estudando para o concurso do INSS! O curso SimuladosINSS é composto de questões inéditas e revisão de conteúdos conforme o edital, sendo um excelente complemento para os seus estudos.
Ao total, serão 480 questões desenvolvidas pelo time de professores da Casa, das quais 280 são de Direito Previdenciário, elaboradas pelo Prof. Hugo Goes. Lembrando que esse conteúdo é responsável por 60% da prova do concurso!
Alunos do curso do INSS da Casa do Concurseiro ganham mais de 50% de desconto, pagando apenas R$ 240,00. O curso pode ser adquirido por R$ 690,00 para quem ainda não é aluno.
Além disso, pode ser parcelado em até 4 vezes sem juros no boleto bancário ou em até 12 vezes no cartão de crédito.
Você pode acessar neste link o primeiro lote de questões inéditas para testar seus conhecimentos!
Não deixe para depois! A prova é dia 15 de maio.

21 comentários:

  1. PROFESSOR, BOA NOITE!

    QUAL A MELHOR ESTRATÉGIA PARA RESPONDER UMA PROVA ESTILO CESPE/UNB???

    OBRIGADO

    ResponderExcluir
  2. eu não sou o professor mas, acho q a melhor estrategia é fazer questões anteriores da propria banca. ai a pessoa vai se acostumando

    ResponderExcluir
  3. Exatamente, fazer muitas questões.

    ResponderExcluir
  4. Jefferson, dê atenção tb às questões que vc errar: te dizem os conteúdos que vc precisa reforçar a teoria, dando a chance de vc consolidar conhecimento. Nunca resolva questões sem comentários ou gabarito. E sempre tente tirar todas as dúvidas, entender o que e
    pk vc errou e pk a assertiva teve aquele gabarito. :) Boa sorte para todos nós!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Perfeito seu comentário.
      Espero que vc não faça a prova no Ceará Rsrs brincando bons estudos para todos nós

      Excluir
    2. Perfeito seu comentário.
      Espero que vc não faça a prova no Ceará Rsrs brincando bons estudos para todos nós

      Excluir
  5. Achei o preço bastante salgado para o que é oferecido, já que o site Qconcursos oferece mais por bem, bem menos. Mas a iniciativa é válida.

    ResponderExcluir
  6. Eu particularmente, estudo pra esse concurso desde 2011. Agora que está "da boca pro nariz" pra sair, durante esses anos só investindo, vou ficar só com os sites que já estou inscrita SÓINSS e Qconcursos. Também achei o preço bem alto. Mas é mais um caminho bem direcionado para quem ainda está sem direção.

    ResponderExcluir
  7. Prof. Hugo estou com dúvida em relação aos requisitos para o direito a pensão por morte. Como ficam os filhos?Os requisitos são apenas para o cônjuge e o companheiro, então sendo os filhos menor de 21 anos ou inválido terão direito a pensão por morte.

    ResponderExcluir
  8. Questão adaptada: Alexandre, caminhoneiro, sempre trabalhou por conta própria e jamais se inscreveu no RGPS. Após sofrer um grave acidente, resolveu filiar-se à previdência. Seis meses depois, sofreu novo acidente e veio a falecer deixando sua esposa com quem tinha apenas um ano de casamento e um filho de 2 meses de vida. Nessa situação, o filho e a esposa de Alexandre receberão o benefício da pensão por morte por um período de 4 meses. ()certo ()errado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Errado! Sua esposa vai receber por um período a depender de sua idade, já que a morte foi por acidente. O filho vai receber até 21 anos, salvo se for invalido.

      Excluir
  9. fiquei em dúvida na questão 74 do simulado, achei que fosse errado.

    ResponderExcluir
  10. Em reunião realizada na tarde da última quarta-feira (27), junto a representantes da Fenasps (Federação Nacional dos Sindicatos dos Trabalhadores em Saúde, Trabalho e Previdência Social), a presidente do Instituto Nacional do Seguro Social, Elisete Belchior, afirmou que o concurso do INSS registrou, até o momento, mais de 1 milhão de inscrições. A expectativa é que este número ainda aumente consideravelmente, já que faltam mais de 20 dias para o término do período para se candidatar. 


    Se o prazo terminasse hoje, por exemplo, a concorrência seria de aproximadamente 1.052 candidatos por vaga, já que o objetivo do INSS é preencher 950 postos imediatos, embora tradicionalmente o instituto costume convocar um número de aprovados excedente ao quantitativo de vagas oferecido em suas seleções. Os cargos envolvidos no atual concurso são os de técnico e analista do seguro social, que exigem níveis médio e superior, respectivamente. 


    O processo seletivo está sendo organizado e promovido pelo Cespe/UnBe a ficha de inscrição para o concurso deve ser preenchida até o dia 23 de fevereiro no site da organizadora (www.cespe.unb.br. São cobradas taxas de R$ 65 para técnico do seguro social e R$ 80 para analista do seguro social.

    ResponderExcluir
  11. Maria estava contribuindo para a seguridade social como segurada facultativa, no valor de 11% do salário mínimo a 3 meses, quando foi informada por uma amiga que poderia contribuir de uma forma menos onerosa e que teria os mesmos direitos. Maria não possuia renda própria, a renda total do seu grupo familiar é 3 salários mínimos ela está inscrita no CadUnico e mantém seu cadastro atualizado. Um mes apos começar a contribuir para a seguridade social da nova forma Maria descobriu que estava grávida de 2 meses. Após a feliz notícia Maria continuou contribuindo para o INSS da nova forma que sua amiga orientara. Quando o bebe nasceu Maria deu entrada no pedido do salário maternidade.
    O INSS negará o benefício protocolado por Maria em virtude de falta de carencia do benefício
    ( ) certo ( ) errado

    ResponderExcluir
  12. Maria estava contribuindo para a seguridade social como segurada facultativa, no valor de 11% do salário mínimo a 3 meses, quando foi informada por uma amiga que poderia contribuir de uma forma menos onerosa e que teria os mesmos direitos. Maria não possuia renda própria, a renda total do seu grupo familiar é 3 salários mínimos ela está inscrita no CadUnico e mantém seu cadastro atualizado. Um mes apos começar a contribuir para a seguridade social da nova forma Maria descobriu que estava grávida de 2 meses. Após a feliz notícia Maria continuou contribuindo para o INSS da nova forma que sua amiga orientara. Quando o bebe nasceu Maria deu entrada no pedido do salário maternidade.
    O INSS negará o benefício protocolado por Maria em virtude de falta de carencia do benefício
    ( ) certo ( ) errado

    ResponderExcluir
  13. Falta de carência não será não! Pq 3 meses contribuição em 11% + 7 meses contribuição em 5%=10 meses carência para facultativo estará ok. O problema será a questão das contribuições em 5% pq a renda dela eh zero ok te aí, mas a renda da família eh 3 salários mínimos e isso não pode tem que ser até 2 salários mínimos. O benefício até poderá ser concedido caso seja complementado as contribuições de 5% para 11% ou20% ok.

    ResponderExcluir
  14. É impressão minha ou esse simulado nº 1 tá mais difícil do que as questões do cespe. Foi o pior desempenho que eu tive de todos os simulados que eu já fiz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tb. Achei a prova quase impossível de ser feita

      Excluir
  15. Alguém me diz porque a questão 86 do simulado 4 está errada?

    ResponderExcluir
  16. Alguém me diz porque a questão 86 do simulado 4 está errada?

    ResponderExcluir

Clique no banner abaixo para comprar os livros de Hugo Goes