Clique no banner abaixo para comprar os livros de Hugo Goes

Questão nº 577

577. (CESPE - 2010 - TCE-BA) Julgue os próximos itens, a respeito da seguridade social.
O princípio constitucional que estabelece a uniformidade e a equivalência dos benefícios e serviços às populações urbanas e rurais representou um avanço na proteção social do trabalhador rural, que, até a CF, era mais restrita quando comparada à do trabalhador urbano.

(  ) Certo (  ) Errado



Gabarito: C

316 comentários:

  1. CERTA - Meus amores, a partir de hoje, faltam 60 dias para a grande batalha final. Água com açúcar e muita revisão, fazem bem. Good luck for all.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eita frio na barriga!! Muito chá de camomila hahahahaha!
      Bons estudos, meus futuros colegas de trabalho!

      Excluir
    2. Eu já to com meus sistema muito nervoso! rsrsr

      Excluir
  2. Minhas duas safadinhas para hoje!!

    C/E

    1° - O benefício não pode circular entre as classes.

    2° - A dependência econômica de todos os dependentes da primeira classe não precisa ser comprovada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 1C -Em regra não, tem exceção?
      2E -Menor tutelado precisa.

      Excluir
    2. 1-C
      2-E Enteado e menor sob tutela, cônjuge ausente.

      Excluir
    3. 1 - E
      Caso os pais recebam uma pensão e posteriormente apareça um filho desconhecido, esse filho terá direito, msmo os pais estando em classe diferente. Posso ter entendido a pergunta errado...heheh

      2 - E

      Excluir
    4. 1. C - O benefício após concedido, não!
      2. E - Vide Renan.

      Marlon, o que você achou daquela questão que não havendo dependente que confirme a dependência econômica passará para a próxima classe?!

      Excluir
    5. A n° 1 a banca vai julgar pela exceção ou pela regra?rs

      Excluir
    6. 1) C
      2) E conforme colegas

      Excluir
    7. Que benefício? (É essa a pegadinha?)

      Excluir
    8. Vc é vivo Willian! andou vendo as aulas de ítalo né?? rsrs. Mas vou julgar pela regra. Aliás, vou julgar exatamente como ele disse a partir do exemplo do dependente que apareça depois ok?

      Excluir
    9. Jamila, tenho certeza que essa 2 vc sabe o que aconteceu é que eu embaracei a coisa, mas pensa um pouquinho mais e vc vai matar ok? é um detalhezinho bobo! errei uma questão no simulado Leon por causa disso aí...

      Excluir
    10. 1-E, vide ronilson
      2-E

      Excluir
  3. Acerca do sistema operacional Windows 10, julgue os itens subsequentes.

    1 No Windows 10, o prompt de comando pode ser obtido através da barra de pesquisa, digitando somente cmd, em seguida selecionando-o.

    2 No Windows 10, a funcionalidade Windows Hello possibilita acessar qualquer dispositivo ,que contenha este sistema operacional, através do olhar ou digital.

    3 A Central de Ações do Windows 10 disponibiliza, dentre outros, a configuração de rede virtual privada e o modo Tablet.

    4 No Windows 10, o Windows Defender é um programa nativo que realiza proteção contra vírus e spyware, sendo desativado automaticamente quando instalado outro aplicativo de antivírus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 1 - CERTO
      Uso muito isso... hehehe

      2 - ERRADO
      NÃO conheço :(

      3 - CERTO
      No modo tablet os botões ficam maiores, para o sistema ser usado como um tablet.
      A VPN a gente consegue conectar em uma rede externa a que você está utilizando.

      4 - CERTO
      Protege contra qualquer malwere

      Excluir
    2. Sem certeza, mas vamos lá! Obrigada Willian!
      1) C
      2) C
      3) C
      4) E acredito que não desativa

      Excluir
    3. 1-C
      2-B
      3-C
      4-C Dúvida se é desativado.

      Valeu, jovem! Informática é uma matéria que causa náuseas!

      Excluir
    4. 1.C (chute)
      2.E (chute)
      3.C (chute)
      4.E (chute)

      Excluir
    5. 1 - C

      2 - E

      3 - C

      4 - E

      Valeu Jovem Willian! bom dia

      Excluir
    6. 1-C
      2-Não sei
      3-C
      4-E -> acredito que não desativada automaticamente.

      Excluir
    7. 1-) C
      2-) Branco
      3-) C palpite
      4-) E pelo fato de desativar automaticamente.

      Excluir
    8. 1-C
      2-E --> Windows Hello: maneira de autenticação para que você possa entrar em sua conta do windows, por biometria.
      3-C
      4-E --> Acredito que o final esteja errado.

      Excluir
    9. Misericórdia, não sei nada de informática.
      estou igual ao garganta fui só no CHUTE.

      Excluir
    10. Gabarito Oficial:

      1. Certo. - Isso mesmo, questões que só com a prática saberemos respondê-las. Questão readaptada CESPE – ANATEL – 2012 – Técnico.

      2. Errado - Somente os dispositivos que sejam compartíveis com esse recurso. Fonte >>> http://windows.microsoft.com/pt-br/windows-10/getstarted-what-is-hello

      3. Certo - Tem tudo isso lá na Central de Ações, por padrão, localizada no canto inferior direito. Vide Ronilson.

      4. Certo Em videoaulas, os professores sempre comentam essa situação!
      http://windows.microsoft.com/pt-br/windows-10/getstarted-protect-your-pc


      Ronilson, essa matéria está sempre tranquila e favorável para você,meu nobre! Cadê suas questões acerca de informática?!

      Excluir
    11. 1-C
      2-B
      3-C
      4-E
      Ferrei-me aqui!

      Excluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  5. BOM DIA A TODOS.

    QUESTÃO CORRETA.
    CF/88 ART.194II - uniformidade e equivalência dos benefícios e serviços às populações urbanas e rurais;
    ART.201 § 2º Nenhum benefício que substitua o salário de contribuição ou o rendimento do trabalho do segurado terá valor mensal inferior ao salário mínimo.

    ESSE PRINCIPIO VEM CORRIGIR DEFEITOS DA LEGISLAÇÃO PREVIDENCIÁRIA RURAL QUE SEMPRE DISCRIMINAVA O TRABALHADOR RURAL.FONTE MANUAL DE DIREITO PREV. HUGO GOES 10ª EDIÇÃO

    ResponderExcluir
  6. Diaaa !!! Acordei com essa na cabeça

    1- Nomeação de Ministro, para dar foro privilegiado ao réu, é ato administrativo nulo, com vicio de finalidade ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. infelizmente não é ato administrativo.

      Excluir
    2. infelizmente não é ato administrativo.

      Excluir
    3. C - Quanta falta de dignidade hen rsrs

      Excluir
    4. Sim, nulo. Mas duvido que o STF anule. Se os caras perdoaram mensaleiros imagine o que se não irão passar a mão na cabeça do "chefe"

      Excluir
    5. O que fico mais puta é que estudamos tanto as leis e no caso concreto simplesmente não acontece nada! Que inferno isso. Por que não há execução das leis para esse tipo de gente? Só para os menos influentes que elas funcionam?

      Excluir
  7. Correto.

    Exatos 60 dias para nossa tão sonhada prova!

    Bons estudos companheiros.

    ResponderExcluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  9. (DIREITO PREVIDENCIÁRIO) João, casado com Sônia, é beneficiário da previdência social na condição de segurado empregado. João tem um filho, José, com vinte anos de idade, de união anterior; um irmão inválido, chamado Mário, com 23 anos de idade; e um menor sob sua tutela, Luís, com seis anos de idade. Sônia tem um filho, Pedro, com 20 anos de idade, de pai falecido que era servidor de cargo efetivo federal. Em comum, João e Sônia têm dois filhos: Josué, com cinco anos de idade, e Paulo, com dezenove anos de idade, que é inválido. Mário, Luís e Pedro não possuem bens suficientes para seu sustento e educação.

    Com base nessa situação hipotética e considerando o plano de benefícios da previdência social, julgue os itens de 1 a 5.

    1 ) Caso João na data de seu óbito obtivesse junto à Previdência Social menos de 18 contribuições mensais, então Sônia sua esposa teria direito ao benefício da Pensão por Morte pelo período de quatro meses, e passado esse período a cota de Sônia seria rateada de forma igual para José, Luís, Josué e Paulo.

    2 ) Caso Paulo esteja cursando faculdade na data do óbito de João e devido à colação de grau venha a se emancipar, então Paulo perderá sua condição de dependente, e consequentemente sua cota reverterá para os demais dependentes.

    3 ) Pelo fato de não possuir meios suficientes para seu sustento e educação a condição de dependente de Pedro em relação a João se faz presumida.

    4 ) Caso Sônia já esteja recebendo pensão por morte de união estável anterior e João venha a falecer, então Sônia não poderá acumular as duas pensões devendo assim, caso preferir, optar pela mais vantajosa.

    5 ) Se José, com vinte anos de idade, vier a contrair matrimônio dois meses após a morte de João, então o dependente perderá a cota da Pensão por Morte a qual faz jus pela emancipação matrimonial.



    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 1) E Não posso afirmar que o menor sob tutela terá direito ao benefício; precisa comprovar a dependência econômica, não possuir meios para sua subsistência e ainda declaração escrita do segurado.
      2) E
      3) E
      4) C
      5) C

      Excluir
    2. 1.E (Depende da causa da morte)
      2.E (Colação de grau não cessa a cota individual do deficiente)
      3.E (Pedro é enteado. Deve comprovar a dependência econômica)
      4.E (São de regimes distintos: o pai era servidor público)
      5.C

      Excluir
    3. 1- E
      2- E ( colação não perde direito a pensão)
      3- E
      4- E ( O ex marido era servidor publico , regimes diferentes pode acumular.)
      5- E ( a emancipação ocorreu depois de ele ter direito a pensão e antes dos 21 anos, logo está não cessa por isso.)

      Excluir
    4. A 5 está errada mesmo conforme Marcus, acho que li antes da morte do pai. Se já estava recebendo pensão por morte a emancipação não é causa da perda da sua cota parte.

      Excluir
    5. 1E - Vide Tati, tb esqueceu de Pedro q pode concorrer junto, comprovada dependência econômica.
      2E
      3C
      4C
      5C

      Ótimas questões Mateus!

      Excluir
    6. Acho q emancipação por casamento perde a cota da pensão na 5. Caso Marcus esteja certo vou esperar fundamentação do gabarito pra entender.

      Excluir
    7. Não perde mais, Gracielle. Perdia com a Lei 13.146. Com a 13.183 não perde mais. Também me confundi.

      Excluir
    8. 1- C (em regra, é necessário o recolhimento de 18 contribuições; já que Luís é menor sob tutela de João, presume-se que foi cumprido os três requisitos necessários);
      2- E;
      3- E;
      4- E;
      5- E.

      Excluir
    9. 1 - E (A questão se torna errada com apenas um pergunta: Qual foi a causa da morte?)

      2 - E (Paulo é inválido, pode estudar tranquilamente)

      3 - E (São três os requisitos. Declaração por escrito, Comprovação de dependência, Comprovação de não possuir meios de subsistência. Vide o Louco do Leon Goes)

      4 - E (Vide Marcus - Para evitar comentários desnecessários)

      5 - E (A emancipação não é causa para a perda da cota-parte)

      Excluir
    10. 1-E FALTOU ENTEADO
      2-E
      3-E
      4-E RPPS E RGPS
      5-E

      Poxa vida! Dá um nó na cabeça esses nomes! Duas horas pra responder!

      Excluir
    11. 1-E
      2-E
      3-E
      4-E
      5-E
      VIDE, COLEGAS.

      Excluir
    12. Obrigada pela informação Garganta!

      Excluir
  10. Bom galera! Alguém poderia me enviar o material de estudos!

    ResponderExcluir
  11. Tendo por base a CF/88 e a jurisprudência do STF acerca da administração pública, julgue os itens seguintes.

    1. Não cabe ao Judiciário aumentar vencimentos de servidores públicos, exceto para fins de isonomia.

    2. Não constitui requisito para a percepção simultânea de provento de aposentadoria no cargo de professor com remuneração pelo exercício efetivo de outro cargo de magistério a compatibilidade de horários.

    3. Depende de autorização legislativa a criação de subsidiária de sociedade de economia mista, dispensando-se a autorização quando houver, na própria lei que instituiu a sociedade de economia mista matriz, previsão para esse fim.

    4. Servidor público investido no mandato de vice-prefeito deve afastar-se obrigatoriamente do cargo público.

    5. Situação hipotética: Danilo, servidor público, trabalha de segunda a sexta, apenas no período da manhã, como professor de escola estadual, sendo essa sua única atividade remunerada. Assertiva: É correto afirmar que a remuneração de Danilo não poderá ser inferior a um salário-mínimo.

    6. É constitucional a situação do servidor que perceba vencimento inferior ao salário-mínimo quando a este vencimento forem acrescidos abonos e dessa soma totalize remuneração igual ou superior ao salário-mínimo.

    7. Servidor titular de cargo efetivo cedido a órgão de outro ente federado passará a vincular-se ao regime previdenciário do órgão cessionário.

    8. Somente as parcelas incorporáveis ao salário do servidor sofrem a incidência da contribuição previdenciária.

    9. Servidor vitalício não se sujeita à aposentadoria compulsória.

    10. O servidor público pode aposentar-se caso tenha cumprido dez anos de efetivo exercício no serviço público e cinco anos ininterruptos no cargo efetivo em que se dará a aposentadoria.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ótimas questões!!

      1) E SV 37; não fala exceção
      2) E pode acumular os cargos
      3) C
      4) C
      5) C SV 6 fala apenas os praças prestadores de serviço militar incial.
      6) C vencimento pode ser menor que 1 sm, a remuneração é que não pode.
      7) C dúvida
      8) E salário maternidade não incorpora ao salário e incide contribuição prev.
      9) C
      10) C

      Excluir
    2. 1- E ( STF não pode aumentar vencimento nem para fins de isonomia)
      2- C
      3- E
      4- E
      5- C ( remuneração n pode ser inferior ao salário minimo).
      6- C
      7- E ( órgão cedente )
      8- E
      9- E
      10- C

      Excluir
    3. 1-E
      2-E Compatibilidade de horário é requisito sim;
      3-C
      4-C
      5-C
      6-C
      7-E Fica vinculado no anterior;
      8-E
      9-B
      10-C

      Ótimas questões, Garganta!

      Excluir
    4. 1E
      2E
      3C
      4E
      5C
      6C
      7C
      8E
      9C
      10C

      Obrigada Garganta!

      Excluir
    5. 1. E
      2. C
      3. C
      4. C
      5. C
      6. C
      7. E
      8. E
      9. E
      10.C

      Aparentemente "tranquilas como um grilo"...

      Excluir
    6. 1 - E

      2 - E

      3 - C

      4 - C

      5 - E

      6 - C

      7 - C

      8 - C

      9 - E

      10 - E (faltou a idade)

      Excluir
    7. Na questão 10, não tem q cumprir o requisito idade tbm?

      Excluir
    8. Em regra, questão incompleta para a CESPE é certa! São poucos casos de invalidar uma assertiva por está incompleta. Lógico que na 10 tem que "observar" os critérios de idade...

      Excluir
    9. Gabarito:

      1. ERRADO. “Não cabe ao poder Judiciário, que não tem função legislativa, aumentar vencimentos de servidores públicos sob o fundamento de isonomia.” (Súmula Vinculante 37)

      2. CERTO. Se o servidor está aposentado em um cargo, não há que se falar em compatibilidade de horários (RE 701.999-AgR, rel. min. Ricardo Lewandowski, julgamento em 2-10-2012, Segunda Turma, DJE de 22-10-2012). Reescrevendo de outra forma: “A compatibilidade de horários não constitui requisito para a percepção simultânea...”

      3. CERTO. (Art. 37, XX e ADI 1.649, rel. min. Maurício Corrêa, julgamento em 24-3-2004, Plenário, DJ de 28-5-2004)

      4. CERTO. “Servidor público investido no mandato de vice-prefeito. Aplicam-se-lhe, por analogia, as disposições contidas no inciso II do art. 38 da CF.” (ADI 199, rel. min. Maurício Corrêa, julgamento em 22-4-1998, Plenário, DJ de 7-8-1998)

      5. CERTO. “A Suprema Corte vem se pronunciando no sentido de que a remuneração do servidor público não pode ser inferior a um salário-mínimo. Esse entendimento se aplica ao servidor que trabalha em regime de jornada reduzida.” (AI 815.869-AgR, rel. min. Dias Toffoli, julgamento em 4-11-2014, Primeira Turma, DJE de 24-11-2014.) Para empregado público, no entanto, admite-se o pagamento proporcional ao tempo trabalhando, podendo ser inferior ao salário-mínimo.

      6. CERTO. “É da jurisprudência do STF que a remuneração total do servidor é que não pode ser inferior ao salário-mínimo (CF, art. 7º, IV). Ainda que os vencimentos sejam inferiores ao mínimo, se tal montante é acrescido de abono para atingir tal limite, não há falar em violação dos arts. 7º, IV, e 39, § 3º, da Constituição.” (RE 439.360-AgR, rel. min. Sepúlveda Pertence, julgamento em 9-8-2005, Primeira Turma, DJ de 2-9-2005.)

      7. ERRADO. “O servidor titular de cargo efetivo vincula-se ao regime de previdência do órgão de origem quando cedido a órgão ou entidade de outro ente da federação.” (MS 27.215-AgR, rel. min. Luiz Fux, julgamento em 10-4-2014, Plenário, DJE de 5-5-2014.)

      8. CERTO. Cobrado pela CESPE em duas provas de 2009 (RE 589.441-AgR, rel. min. Eros Grau, julgamento em 9-12-2008, Segunda Turma, DJE de 6-2-2009).

      9. ERRADO. (Súmula 36 do STF)

      10. CERTO. (CF, Art. 40, §1º, III) Não vou considerar o requisito da idade como necessário para tornar certa a questão. Seria estranho afirmar a negação dela: “O servidor público não pode aposentar-se caso tenha cumprido...”. No mesmo sentido, também estaria certa a seguinte: “O segurado do RGPS que conte com 15 anos de contribuição poderá aposentar-se por idade”.

      Excluir
    10. Questão massa essa 8 heim!

      “Contribuição social incidente sobre o abono de incentivo à participação em reuniões pedagógicas. Impossibilidade. Somente as parcelas incorporáveis ao salário do servidor sofrem a incidência da contribuição previdenciária.” (RE 589.441-AgR, rel. min. Eros Grau, julgamento em 9-12-2008, Segunda Turma, DJE de 6-2-2009.)

      Não são todas as gratificações e adicionais que incidem salário de contribuição, todavia sobre as indenizações nunca incidirá.

      Valeu, Garganta! Consegui 8 pontos líquidos... rsrsrs

      Excluir
  12. Lei 8112/90

    O provimento dos cargos públicos ocorrerá com a posse.

    c ou e

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E (A investidura ocorrerá com a posse).

      Excluir
    2. E
      A investidura em cargo público ocorre com a posse.

      Excluir
    3. E Vide Garganta e Tatiana.

      Excluir
    4. GABARITO ERRADO

      Art. 6: O provimento dos cargos públicos far-se-á mediante ato da autoridade competente de cada Poder.

      Excluir
  13. INSS 2016

    1) A empresa BLOG HUGO GOES possui vários empregados e dirigentes; um dos seus empregados está em gozo de auxílio doença. A empresa completa o valor do auxílio doença pago aos empregados e dirigentes licenciados. Neste caso, apenas não incide contribuição previdenciária sobre este valor de complementação, pois é um benefício extensivo à totalidade dos empregados e dirigentes da empresa.

    EXTRA: Poderia ser reescrito sem prejuízo da correção gramatical do texto "um dos seus empregados estão".

    2) O plano educacional ou bolsa de estudos não precisam ser extensíveis à totalidade de empregados e dirigentes da empresa para que os valores sejam considerados parcelas não integrantes do salário de contribuição.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 1. C/E (Estranhei esse "apenas". Tirando ele, vou de C)
      EXTRA: E (Acho que como já individualizou, não se pode mais usar o plural)
      2. C

      Excluir
    2. 1- E (incide sim )
      EXTRA- C ( pode usar plural ou singular)
      2- C

      Excluir
    3. 1-C
      Extra:E
      2-C É outra regra.

      Excluir
    4. 1-) C o "apenas" deixou a questão um pouco estranha.
      2-) E acredito que se fosse dois empregados estaria certo.
      3-) C

      Excluir
    5. 1-C Aqui tá difícil de entender também!
      EXTRA: Não entendi a questão, mal formulada.
      2-C

      Excluir
    6. 1. E - Apenas? quais são as outras que o enunciado não trouxe para ser apenas na complementação do AD. AD também não incide.
      2. E - "um" obriga o verbo ficar no singular, é o que diz alguns gramáticos.
      3. C

      Boas questões, Tatiana!

      Excluir
    7. 1 - C

      2 - C (A expressão "Um dos que" preferencialmente fica no plural, mas pode ficar no singular também)

      3 - C/E (Que tipo de bolsa de estudos é essa? educação básica? então a questão está certa. Educação Superior? então a questão está errada

      Excluir
  14. Amigos, bom dia!

    SITUAÇÃO HIPOTÉTICA: Pedro reside no
    município de Tefé/AM e trabalha, individualmente,
    como extrativista vegetal, na mesma
    cidade. Além dessa atividade, uma vez
    ao ano, no mês de março, Pedro faz um dinheiro
    extra como ajudante de pedreiro.
    ASSERTIVA: Nessas condições, independentemente
    do tamanho da área onde Pedro
    exerça a função de extrativista, o trabalhador
    será considerado segurado especial do
    RGPS.

    ResponderExcluir
  15. Mais uma, galera!

    SITUAÇÃO HIPOTÉTICA: Mário é muito bem
    casado com Kerolaine e, juntos, o casal tem
    doze filhos, sendo quatro deles maiores de
    idade e os outros oito menores. Mário trabalha
    como agricultor na cidade de Taquaritinga
    do Norte/PE, enquadrando-se como
    segurado especial. O filho mais velho do
    casal, Johny First Born, trabalha de carteira
    assinada como dançarino de boate. Nem
    Kerolaine nem seus demais filhos possui
    renda, mas participam de forma ativa nas
    atividades rurais do grupo familiar, salvo os menores de dezesseis anos, que só estudam.
    ASSERTIVA: De todos os membros da família,
    apenas Johny First Born não é considerado
    segurado especial.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E. Os menores de 16 anos também não são segurados especiais. É de 16 anos a idade mínima para a filiação no RGPS dessa categoria.

      Excluir
    2. Errado vide Garganta

      Excluir
    3. E vide gargantão !! rs

      Excluir
    4. Senhor Garganta fez uma excelente explicação.
      Gabarito: ERRADO

      Excluir
    5. Me matei de rir com essa questão gente! kkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Excluir
  16. Direito previdenciário c/e.
    1- José, segurado especial que trabalha em regime de economia familiar, regularmente faz shows em bares por mais de 120 dias/ano e recebe pouco menos de um SM/mês relativo a este trabalho.Nesta situação, a atividade artística de José não o descaracteriza como Segurado Especial.
    2- Maria foi recolhida á prisão e, mesmo estando desempregada, ainda mantem a qualidade de segurada do RGPS. Seu último salário de contribuição foi de R$ 3000,00. Neste caso os dependentes de Maria terão direito ao auxílio reclusão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 1.C (Atividade artística apenas descaracteriza o enquadramento do SE se resultar em remuneração mensal igual ou superior a 1 salário-mínimo, independentemente do número de dias exercida)
      2.C (pela jurisprudência)

      Excluir
    2. 1. C
      2. C/E - Pela lei e segundo os professores é ERRADO, já pela Jurisprudência é CERTO. Dependerá do enunciado...

      Excluir
    3. 1-C vide garganta
      2-E vou pela Lei.

      Excluir
    4. 1-C
      2-E

      pessoal, acho eu, complicado responder questões aki no blog sem o gabarito em tempo hábil. quem posta questões poderia postar o gabarito em tempo determinado. As vezes o gabarito não sai nem no mesmo dia!! essa é minha humilde opinião.

      Excluir
    5. 1 - C

      2 - C (Se ela ainda mantém a qualidade de segurada. Os dependentes terão direito)

      Excluir
    6. 1- C
      2- E ( administrativamente o INSS considera o ultimo salário , já o STF não pois considera que o desempregado já é um requisito para baixa renda.)

      Excluir
    7. 1-C
      2-E --> Fui pela lei. Nem sabia do entendimento do STF, bom saber!

      Excluir
  17. Boraaaaa mais uma!!! A galera ta sinistra!!

    SITUAÇÃO HIPOTÉTICA: Nerson Araújo é um
    agricultor, proprietário de um sítio cuja área
    é igual a três módulos fiscais. Nerson exerce
    sua atividade de forma individual, sem ajuda
    de terceiros e toda a sua renda era proveniente
    da atividade rural que desenvolve.
    No mês de janeiro de 2016, o trabalhador
    rural cedeu, em regime de comodato, 60%
    de seu imóvel rural para Pedro de La Mancha.
    ASSERTIVA: Nerson deixará de se enquadrar
    como segurado especial a contar do primeiro
    dia de janeiro de 2016.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Certo , (macete da Grá tudo que não tem 120 é no 1 dia do mês do acontecimento , o que tem 120 é no 1 dia do mês posterior) rs

      Excluir
  18. Galera, Bom Dia! Faz dias que quero postar essa questão aqui, mas sempre esqueço. É uma questão de Português do 1º Simulado da CASA DO CONCURSEIRO.


    "Em relação às ideias e às estruturas linguísticas do texto SUS democratiza o acesso do cidadão aos serviços de saúde, julgue o item seguinte.



    Mantém-se a correção gramatical do texto se o trecho “A implantação do SUS unificou o sistema, já que antes de 1988 a saúde era responsabilidade de vários ministérios, e descentralizou sua gestão” (l. 7 e 8) for reescrito da seguinte forma: “Como a saúde era responsabilidade de vários ministérios, a implantação do SUS unificou o sistema e descentralizou sua gestão antes de 1988”.





    Gabarito ERRADO




    Acredito que houve uma mudança no sentido do texto. Isso ficou claro. Porém, o comando da questão fala apenas sobre a correção gramatical. Em uma leitura rápida não o encontrei. Onde está o erro de correção gramatical?



    -Comentários do SIMULADO 1: Só fui ter tempo pra imprimir e resolvê-lo agora. rsrs'

    Foi só eu que achei que o professor de Constitucional "saiu da tangente"? Questões do Hugo muito boas e as questões de ética pura decoreba do Decreto e.e


    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que o correto da reescrita seria assim: "Como a saúde era responsabilidade de vários ministérios ANTES DE 1988, a implantação do SUS unificou o sistema e descentralizou sua gestão após essa data."

      Excluir
    2. Olá, Mateus. Bom Dia.

      Eu entendi que há mudança no sentido. Isso é fato. Porém, o comando da questão fala "Mantém-se a correção gramatical do texto".

      Inclusive, eu perguntei à professora Janaina do Estratégia. Ela respondeu assim:

      "O erro dessa questão é somente a alteração de sentido, pois, apesar de estar fora de seu lugar original, "antes de 1988" está no lugar correto em que deveria estar, segundo a ordem direta da oração. A conjunção "já que" pode ser substituída por "como", que é outra adverbial causal, sem nenhum prejuízo.

      O sentido mudou devido à alteração de posição na frase da expressão "antes de 1988" mesmo. Ok?".


      Ela não falou nada a respeito da correção gramatical...

      Excluir
    3. Dr.D, nem me lembro mais da justificação dessa questão. Você não tem os comentários da casa?

      Excluir
    4. O Gabarito Definitivo dessa questão é Certo!!! e não errado.

      Excluir
    5. Tenho não Willian. Só tenho os pdf's que o professor Hugo postou aqui no blog. Como faço pra conseguir?


      Vixi, queria saber o gabarito definitivo de todas as questões, então. Pensei que o gabarito no PDF junto com as questões era o definitivo. Será que você poderia me mandar o gaba definitivo por email Willian? Por favor.

      Obrigado

      (email: darley_000@hotmail.com)

      Excluir
    6. Verdade, o gabarito está como certo.

      Excluir
  19. Português

    Na frase: "Vem pra Caixa você também...", há o bom uso da língua padrão?

    c ou e

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E. O certo seria "venha", para concordar com "você".

      Excluir
    2. errado ( "Venha" no imperativo , como garganta!)

      Excluir
    3. Errado!
      Seria "VENHA PARA CAIXA VOCÊ TAMBÉM, VENHA"

      Excluir
    4. GABARITO ERRADO

      "Venha pra Caixa você também" ou

      "Vem pra Caixa tu também"

      Excluir
  20. (DIREITO PREVIDENCIÁRIO) Marcio, segurado especial, recebe o benefício de Auxílio-acidente desde 2010 decorrente de um acidente que reduziu sua capacidade para o trabalho. Em janeiro de 2016 Marcio completou 60 anos de idade e fez o requerimento de sua aposentadoria por idade perante ao INSS. Considerando que o segurado somente exerceu a atividade rurícula, que sua esposa Paula também seja segurada especial aposentada por idade e que o casal por fruto de união conjugal possua um filho menor de 14 anos, julgue os itens subsequentes:

    1 - A aposentadoria por idade de Marcio, mesmo não contribuindo facultativamente para a previdência social, terá valor superior a um salário mínimo. C/E

    2 - Caso Marcio receba a titulo de aposentadoria por idade valor superior a um salário mínimo e Paula receba exatamente um salário mínimo, ambos terão direito ao salário-família em decorrência do filho menor de 14 anos. C/E

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 1. Ele exerceu atividade rural por quanto tempo? não dá pra responder essa questão.
      2. Precisa informar "o quanto" superior ao salário mínimo será.

      Excluir
    2. 1.C (O auxílio-doença será incorporado à aposentadoria)
      2.E (Segurado especial não tem direito ao salário-família)

      Excluir
    3. 1-) E não fala que ele cumpriu o tempo de carência.
      2-) E não recebe salário-família.

      Excluir
    4. 1 C ( pois o auxilio acidente vai se incorporar na aposentadoria)
      2- E ( segurado especial não recebe salário família).

      Excluir
    5. Eu sei que o segurado especial não tem direito ao salário-família, mas vejam esse artigo do regulamento da previdência social: Art. 82. O salário-família será pago mensalmente: III - ao trabalhador rural aposentado por idade aos sessenta anos, se do sexo masculino, ou cinqüenta e cinco anos, se do sexo feminino, pelo Instituto Nacional do Seguro Social, juntamente com a aposentadoria;

      Excluir
    6. 1 - Certo - O Auxílio-acidente irá compor o cálculo da aposentadoria. Como ele tem direito a uma apos. de 1 salário, certamente o valor do Auxílio-acidente majorará seu benefício.
      2 - Errado - Segurado especial não tem direito ao Salário-família.

      O salário-família é um valor pago ao empregado (inclusive o doméstico) e ao trabalhador avulso, de acordo com o número de filhos ou equiparados que possua. Filhos maiores de quatorze anos não tem direito, exceto no caso dos inválidos (para quem não há limite de idade).

      Excluir
    7. A minha dúvida é a seguinte: Caso a aposentadoria por idade de Marcio seja superior a um salário mínimo e mesmo assim ele seja considerado de baixa renda ele terá direito ao salário-família?

      Excluir
    8. 1-C
      2-C --> Fui de certo aqui devido ao artigo do RPS citado logo acima pelo Matheus Silva!

      Excluir
  21. Lei 8112/90
    Pequena contribuição.

    1-) Ao entrar em exercício, o servidor nomeado para cargo de provimento efetivo ficará sujeito a estágio probatório, que será objeto de avaliação, dentre outros, a assiduidade e eficiência.

    2-) Dentre as formas de provimento de cargo público, encontram-se: nomeação, recondução e reversão

    ResponderExcluir

Clique no banner abaixo para comprar os livros de Hugo Goes