Clique no banner abaixo para comprar os livros de Hugo Goes

Questão nº 619

619. (CESPE – 2015 - AGU) Desde que tenha sido intercalado com o exercício de atividade laborativa, o período em que o segurado se beneficiar de auxílio-doença deverá ser considerado para fins de cômputo de carência e para o cálculo do tempo de contribuição na concessão de aposentadoria por invalidez, conforme entendimento do STF.

(  ) Certo (  ) Errado



Gabarito: C

175 comentários:

  1. Certa! Faltam apenas 16 dias!!!

    ResponderExcluir
  2. Respostas
    1. Pra mim essa questão está errada, mesmo intercalada só conta tempo de contribuição, e se não for intercalada mas de natureza acidentária contará tempo de contribuição.

      Excluir
    2. Moisés & Jo:
      Numa primeira lida, também pensei como você.
      Mas atente-se quanto ao fato de no final da assertiva cobrar o entendimento do STF.
      Segundo decisão nos autos do RE 583.834/PR-RG, é exatamente o que consta na questão.
      Se na assertiva fosse pedido segundo a legislação previdenciária ou nada fosse mencionado, estaria ERRADO.
      Espero ter sido claro.
      Bons estudos.

      Excluir
    3. Moisés & Jo:
      Numa primeira lida, também pensei como você.
      Mas atente-se quanto ao fato de no final da assertiva cobrar o entendimento do STF.
      Segundo decisão nos autos do RE 583.834/PR-RG, é exatamente o que consta na questão.
      Se na assertiva fosse pedido segundo a legislação previdenciária ou nada fosse mencionado, estaria ERRADO.
      Espero ter sido claro.
      Bons estudos.

      Excluir
    4. Patrick & Jo, esse é o problema, poispara a prova ao meu ver não cabe entendimento do STF, e só da lei e o decreto, então temos que se atentar a isso.

      Excluir
  3. A assistência à saúde deve ser exercida pelo poder público por
    intermédio do Sistema Único de Saúde (SUS), sendo admitida a participação da iniciativa privada de forma complementar,desde que esse serviço seja prestado por entidades filantrópicase sem fins lucrativos.

    ResponderExcluir
  4. O Sistema Único de Saúde é organizado de forma centralizada,com direção única em cada esfera de governo.

    ResponderExcluir
  5. Ideia: Se o colega Garganta fizer o concurso para a GEX de Juazeiro-BA, só restarão 13 vagas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só quero minha vaga de Chapecó. Podem se matar pelas outras.

      Excluir
    2. Vocês falando de 14 vagas e eu aqui na GEX com duas....choremos...kkkk

      Excluir
  6. Ideia: Se o colega Garganta fizer o concurso para a GEX de Juazeiro-BA, só restarão 13 vagas.

    ResponderExcluir
  7. Certo
    hoje 13:30 as 17:00 horas simulado no site PRO QUESTÕES
    120 itens para marcar C Ou E ou deixar em Branco ok.

    ResponderExcluir
  8. Questão: Para o trabalhador filiado ao RGPS, não incide contribuição previdenciária sobre o terço constitucional de férias. C/E

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Errado. (o stf diz outra coisa)

      Excluir
    2. Certo. Não cai jurisprudência. Não pode cair. A banca disse que não cobrará jurisprudência. FIQUEM ATENTOS. ✍️✍️✍️

      Excluir
    3. 🐍🐍🐍🐍

      As corais da CESPE me matam!

      Excluir
    4. Lei - Incide;
      STF - Não Incide.

      Inteiramente preocupado se vai cair ou Juris nessa prova, até hoje não vi nenhum posicionamento plausível acerca da possibilidade.

      Excluir
    5. Ricardo, o CESPE já se posicionou no sentido de que não cobrará jurisprudência. Onde eu vejo isso? No conteúdo programático de direito previdênciaro. Colegas não há porque ter dúvidas, pois se não está no edital não pode cobrar e não cobrará.

      Pergunto, vocês estão estudando a lei 8.666/1993 - Lei das licitações? Certamente não. Mas por que? Porque não está prevista no nosso edital.

      FIQUEM ATENTOS 📝📝📝📝

      Excluir
    6. Estou com o Antonio.

      Excluir
    7. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    8. Eliminação do item 2.4 (Orientação dos Tribunais Superiores) do edital de 2008 + nível médio + cargo do Poder Executivo + histórico da banca = Jurisprudência ZERO. E estendo isso às demais disciplinas.

      Excluir
    9. Obrigado Antônio e Garganta.

      Excluir
    10. "Eliminação do item 2.4 (Orientação dos Tribunais Superiores) do edital de 2008 + nível médio + cargo do Poder Executivo + histórico da banca = Jurisprudência ZERO. E estendo isso às demais disciplinas."²

      Excluir
    11. Dependerá do comando da questão, no caso de 1/3 gozado, já no caso de indenizado Integrará tanto pela legislação quanto pela Jurisprudência!

      Excluir
    12. Certo. Gabarito Cespe, mas errado pra nossa prova de TSS. Vcs estão afiados colegas!

      Excluir
    13. Certo. Gabarito Cespe, mas errado pra nossa prova de TSS. Vcs estão afiados colegas!

      Excluir
    14. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  10. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  11. Certo? Pelo que sei esse é um entendimento do TNU, súmula 73, e não do STF.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rafael, além da súmula da TNU há julgado do STF:

      1. O Supremo Tribunal Federal decidiu, nos autos do RE nº 583.834/PR-RG, com repercussão geral reconhecida, que devem ser computados, para fins de concessão de aposentadoria por invalidez, os períodos em que o segurado tenha usufruído do benefício de auxíliodoença, desde que intercalados com atividade laborativa.

      2. A Suprema Corte vem-se pronunciando no sentido de que o referido entendimento se aplica, inclusive, para fins de cômputo da carência, e não apenas para cálculo do tempo de contribuição.

      (RE 771577 Agr/SC)

      Excluir
    2. Agora fechou Garganta!!! valeu!!

      Excluir
  12. Em um simulado que fiz, o gabarito dessas duas questões era CERTO. Não entendi o porquê de as duas estarem certas. Alguém?

    Juliana exerceu exclusivamente a atividade de professora do ensino fundamental durante 25 anos. Diante deste fato, julgue as afirmativas abaixo:

    No cálculo do fator previdenciário de Juliana, deverão ser adicionados dez anos ao seu tempo de contribuição.

    Para verificar a possibilidade de Juliana optar pela não aplicação do fator previdenciário no cálculo da sua aposentadoria por tempo de contribuição, deve-se adicionar cinco pontos à soma da sua idade com o seu tempo de contribuição.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Thiago bom dia! É isso mesmo, veja RPS:

      § 14. Para efeito da aplicação do fator previdenciário ao tempo de contribuição do segurado serão adicionados:

      I - cinco anos, quando se tratar de mulher; ou

      II - cinco ou dez anos, quando se tratar, respectivamente, de professor ou professora, que comprovem exclusivamente tempo de efetivo exercício das funções de magistério na educação infantil e no ensino fundamental e médio.

      § 3º Para efeito de aplicação do disposto no caput e no § 2º, o tempo mínimo de contribuição do professor e da professora que comprovarem exclusivamente tempo de efetivo exercício de magistério na educação infantil e no ensino fundamental e médio será de, respectivamente, trinta e vinte e cinco anos, e serão acrescidos cinco pontos à soma da idade com o tempo de contribuição.

      ^^

      Excluir
    2. Oxe, confundi as bolas. Obrigadão Maiula!

      Excluir
    3. Confundiu o nome também né amigo? rsrsrsrs ;)

      Excluir
    4. Oxe, é que eu acabei de enviar um e-mail pra ela. Foi mal Jamila.kkkkkkkkkkkkkkk

      Excluir
    5. A justificativa mais simples é que na fórmula de cálculo do fp o valor 35 é fixo logo A professora trabalha 25 e acrescenta 10 para fechar a fórmula é o homem trabalha 30 e acrecenta 5..........

      Excluir
  13. Bom dia pessoal! Errei essas questões e ficaria muito grata se respondessem:

    01. Tendo por objetivo a universalidade da cobertura e do atendimento, a previdência social, de acordo com as diretivas constitucionais, é organizada mediante o regime geral de previdência social; regime próprio de previdência social dos servidores dos Poderes Públicos e regime privado de previdência complementar. >> Aqui pensei no texto da parte da Seguridade Social e errei!

    02. Adriana era segurada empregada do RGPS e foi despedida sem justa causa. Dois meses após ser despedida, ela engravidou e se manteve sem trabalhar e sem recolher contribuições para a Previdência Social até a data do parto. Nesta hipótese, é correto afirmar que a renda mensal inicial do salário-maternidade devido a Adriana corresponde a sua última remuneração integral.

    03. São corolários do princípio da impessoalidade os institutos do impedimento e da suspeição, nos processos administrativos, sendo certo que o primeiro deriva de critério subjetivo e o segundo de critério objetivo.

    04. Supondo que determinado servidor venha recebendo, de boa-fé, determinada gratificação ilegal por seis meses, caberá a anulação do referido benefício, garantindo-se o contraditório e a ampla defesa do servidor, sem necessidade de reposição de tais valores ao erário.

    05. A autonomia dos órgãos e entidades da Administração Pública poderá ser ampliada mediante contrato, sendo facultado ao Poder Público a fixação de metas de desempenho em tais contratos.

    06. A interceptação telefônica, considerada, na doutrina pátria, sinônimo de quebra do sigilo telefônico, configura matéria sujeita à reserva jurisdicional.

    😧

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso foi de qual simulado Jamila?

      Excluir
    2. Bom dia!

      1 - É aquilo que falamos ontem: se cair que previdência = RGPS + RPPS + RPC, marco certo.

      2 - A RMB do segurado em período de graça segue o mesmo cálculo usado para o contribuinte individual e facultativo: é a média dos 12 últimos SC apurados em período não superior a 15 meses.

      3 - Está invertido: os critérios objetivos são observados no impedimento (litígio, participação como testemunha etc.); os subjetivos, na suspeição (amizade, inimizade).

      4 - Há um julgado nesse sentido. Depois acho e posto aqui.

      5 - Parar mim está errada: é obrigatória a fixação de metas. São justamente essas metas que garantirão a ampliação da autonomia (CF, art. 37, §8º).

      6 - Não são sinônimos. A interceptação telefônica não pode ser determinada por CPI, apenas a quebra do sigilo telefônico.

      Excluir
    3. Achei:

      “(…) é imprescindível a comprovação da má-fé do administrado para a configuração do dever de ressarcimento de valores indevidamente recebidos por erro da administração.” (ARE 696.316, rel. min. Joaquim Barbosa)

      Não sei se há isso explícito em alguma lei.

      Excluir
    4. Esses simulados do SJV na parte de ADM e em alguns casos de CONST. são super difíceis, esses professores fazem questões pra prova de Juiz. 🐍🐍🐍

      Garganta, Deus te abençoe velho! Disponibilizou seu tempo para me ajudar! Muito obrigada!

      Excluir
  14. Questão
    Lei ordinária disciplinará a cobertura do risco de acidente do trabalho, a ser atendida concorrentemente pelo regime geral de previdência social e pelo setor privado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Errado , acho q e lei complementar

      Excluir
    2. Certo

      CF/88 Art. 201 § 10.
      "Lei disciplinará a cobertura do risco de acidente do trabalho, a ser atendida concorrentemente pelo regime geral de previdência social e pelo setor privado."

      Excluir
  15. Segundo o STF = o tempo de auxilio-doença conta como Tempo de Contribuição e de carência
    Segundo a LEI 8.213= conta como Tempo de Contribuição, mas não como carência

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode me informar alguma súmula do STF que diz isso? ou mesmo um julgado...

      Excluir
  16. 1 Não integra o Salário de Contribuição a importância recebida a título de bolsa de complementação educacional de estagiário quando paga nos termos da Lei n.º 6.494/77.

    2 Jéssica trabalha em uma empresa que paga vale transporte em dinheiro. Nessa situação, os valores recebidos na condição de vale transporte são considerados salário de contribuição.

    3 O contrato de locação de automóveis firmado entre empregador e seus empregados configura salário utilidade, não integrando, por conseguinte, para fins de incidência de contribuição tributária, o conceito de salário de contribuição, ainda que não caracterizada a gratuidade do benefício aos empregados.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 1 - C;

      2 - Lei - Correto;
      " - STF - Errado;

      3 - Esquisita, chutaria CERTO.

      Excluir
    2. 1-C
      2-C
      3-E não entendi a questão, mas contribuição tributária? Achei estranho, vou chUtar: errado

      Excluir
  17. Certo , mas acontece agora é torcer para o simulado do dia 07/05 não ter videos antes do horário previsto. O de hoje não dá pra trocar as questões pq já estão comentadas e os prof não tem mais tempos pra comentar outras questões .

    ResponderExcluir
  18. Simulado de hoje 30/04 site PRO QUESTÕES alguns vídeos já estão disponíveis com resolução de questões do simulado , aconteceu de serem publicados antes do horário combinado.

    ResponderExcluir
  19. Bom dia Turma!
    Ontem resolvendo questões...........!
    Dica:Prisão devida ao não pagamento de pensão alimentícia não gera ensejo a auxílio reclusão.
    Tá chegando!BOA SORTE PARA TODOS NÓS!

    ResponderExcluir
  20. BOM DIA A TODOS!!!!

    Gabarito: Certo


    D.3.048:

    Art. 60. Até que lei específica discipline a matéria, são contados como tempo de contribuição, entre outros:

    III - o período em que o segurado esteve recebendo auxílio-doença ou aposentadoria por invalidez, entre períodos de atividade;
    IX - o período em que o segurado esteve recebendo benefício por incapacidade por acidente do trabalho, intercalado ou não;
    Esses 2 períodos são contados apenas como TEMPO DE CONTRIBUIÇÃO.

    ResponderExcluir
  21. Pessoal quem puder explanar as respostar dessas questões do gabarito 4 da CC:

    SITUAÇÃO HIPOTÉTICA: João do Caminhão
    é um condutor autônomo de veículo rodoviário.
    No mês de fevereiro de 2016, ele
    prestou um serviço de transporte rodoviário
    de carga à empresa Beta S/A. A empresa
    pagou R$5.300 pelo frete.
    ASSERTIVA: A empresa Beta S/A é obrigada
    a recolher contribuição previdenciária no
    valor de vinte por cento incidente sobre o
    valor que foi pago a João do Caminhão



    SITUAÇÃO HIPOTÉTICA: Silas é pastor de
    uma Igreja Evangélica. Mensalmente, a Igreja
    paga a Silas uma prebenda pastoral no
    valor de vinte mil reais, em face do seu mister
    religioso. O valor recebido por Silas destina-
    se à sua subsistência, sendo fornecido
    www.acasadoconcurseiro.com.br 17
    em condições que independem da natureza
    e da quantidade do trabalho executado.
    ASSERTIVA: Mensalmente, a referida Igreja
    Evangélica é obrigada a recolher contribuição
    previdenciária no valor de vinte por
    cento incidente sobre o valor total da prebenda
    paga ao Pastor Silas.


    SITUAÇÃO HIPOTÉTICA: Manoel Maurício é
    um proprietário rural que reside no imóvel
    rural em que trabalha em regime de economia
    familiar, explorando atividade agropecuária.
    O referido imóvel rural fica localizado
    no município de Cruzeta/RN e tem
    uma área de 180 hectares.
    ASSERTIVA: Considerando que o tamanho
    unitário do módulo fiscal do município
    de Cruzeta corresponde a 40 hectares, é correto afirmar que Manoel Maurício é
    obrigado a recolher contribuições previdenciárias
    incidentes sobre a receita bruta
    proveniente da comercialização da produção
    rural e também é obrigado a recolher
    contribuições previdenciárias incidentes
    sobre o salário de contribuição.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 1ª) Condutor autônomo = sua base de cálculo é 20% s/ valor do serviço. Para entender porque desta redução da base de cálculo do condutor autônomo, o legislador considerou que os outros 80% sejam despesas por ele custeados, como por exemplo na manutenção de seu veículo. Logo não é considerando todo o valor do serviço como base.
      Correto seria
      BC 5.300 x 20% = 1.060
      SC 1.060 x 20% = 212 (contribuição patronal da empresa BETA)
      SC 1.060 x 11% = 116,6(contribuição do João do Caminhão recolhido pela empresa BETA
      *BC=Base de Cálculo
      *SC=Salário de Contribuição

      Excluir
    2. 2ª) Pastor está recebendo em condições que independem da natureza e da quantidade do trabalho executado. Isso quer dizer que não há relação de trabalho, apesar de o Pastor ser considerado Contribuinte Individual, a Igreja não será obrigado a recolher contribuição patronal sobre o valor da "prebenda".
      Lembrando que igreja é equiparada a empresa, estando obrigada a recolher contribuição patronal s/ serviços prestados por segurados a seu serviço no caso em que dependam da natureza e quantidade do trabalho executado, exemplo: eletricista realizar serviço de manutenção da rede elétrica da igreja.

      Excluir
    3. Não seria por este dispositivo no artigo 21 da lei 8212 a resposta da 1°?
      § 15. Na contratação de serviços de transporte rodoviário de carga ou de passageiro, de serviços prestados com a utilização de trator, máquina de terraplenagem, colheitadeira e assemelhados, a base de cálculo da contribuição da empresa corresponde a 20% (vinte por cento) do valor da nota fiscal, fatura ou recibo, quando esses serviços forem prestados por condutor autônomo de veículo rodoviário, auxiliar de condutor autônomo de veículo rodoviário, bem como por operador de máquinas.

      Excluir
  22. E se fulano quisesse requerer a aposentadoria por tempo de contribuição, esse auxílio doença poderia ser contado como tempo de contribuicao, intercalado ou não?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nathalia,

      Se o benefício por incapacidade for decorrido de acidente, o tempo de contribuição não precisa ser intercalado. Agora se o benefício não for decorrente de acidente, ai sim precisa intercalar.

      Excluir
  23. Somente a título de curiosidade. Vejam isso.

    LEI 8.213 Art. 11

    § 2º Todo aquele que exercer, concomitantemente, mais de uma atividade remunerada sujeita ao Regime Geral de Previdência Social é obrigatoriamente filiado em relação a cada uma delas.

    RPS art. 18

    § 3º Todo aquele que exercer, concomitantemente, mais de uma atividade remunerada sujeita ao Regime Geral de Previdência Social será obrigatoriamente inscrito em relação a cada uma delas.

    😱😱😱😱😱

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muito triste isso, não é Antonio? O que fazer com essa 🐍🐍🐍?

      Excluir
    2. Jamila, vamos cortar essa cobrinhas ai e fazer o frito na comemoração da aprovação.

      Excluir
  24. Pessoal, Boa tarde!
    Favor se ainda poder me add no grupo do wat
    79 99981-1780 - Adriana Sergipe

    ResponderExcluir
  25. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  26. Boa tarde a todos!
    Questão:

    O atributo da competência do ato administrativo é irrenunciável, porém, a mesma pode ser delegada. Entretanto, em alguns casos, a delegação é vedada, como por exemplo a competência exclusiva.

    ResponderExcluir
  27. Que dúvida, marco certo ou errado numa questão dessas?? Aff...

    Cespe 2015 - Os regimes próprios de previdência social dos servidores públicos dos estados federados podem conceder benefícios distintos dos previstos no regime geral de previdência social. Gaarito: Certo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O gabarito definitivo é ERRADO.

      Mas não se preocupe, a questão cobrou a Lei 9.717/1998, que trata dos regimes próprios.

      Excluir
  28. Oooo simulado cabra da peste...lapada pra todo lado...To até zonzo...

    ResponderExcluir
  29. Galera, estou com dúvidas em uma questão de Raciocínio Lógico do Simulado Extra da Casa do Concurseiro.

    Vejam:


    Q34. Considerando que a proposição P: "Se Zamba não contribui com o INSS, então a sua família está segurada" seja verdadeira, logo a sua negação pode ser expressa corretamente por "Não é verdade que Zamba contribui com o INSS nem que sua família esteja segurada".


    Como eu resolvi:

    Separei a proposição P em duas premissas:

    p - Zamba não contribui com o INSS
    q - Sua família está segurada

    Trata-se de uma proposição P -> Q

    Logo, a negação da proposição P é:

    P^~Q

    "Zamba não contribui com o INSS e sua família não está segurada".

    Isso, para mim, é equivalente ao que a questão propõe: "Não é verdade que Zamba contribui com o INSS nem que sua família esteja segurada".


    Alguém ajuda, por favor!

    =]

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também não entendi o resultado dessa questão. Pra mim está certa.

      Excluir
    2. Para mim está certa também.

      "Zamba não contribui" e "Não é verdade que Zamba contribui" são a mesma coisa.

      "Não é verdade que Zamba contribui" E "Não é verdade que sua família esteja segurada" = Zamba não contribui e sua família não está segurada.

      Excluir
    3. Questão clássica da Cespe Dr. D... a banca usa a expressão NEM QUE para induzir o candidato a uma ideia de soma de eventos. Porém, analisando a sentença temos uma proposição simples, com o mesmo sentido da frase "Não vou à festa NEM QUE me arrastem".
      Espero ter ajudado.. boa prova a todos!

      Excluir
    4. Questão clássica da Cespe Dr. D... a banca usa a expressão NEM QUE para induzir o candidato a uma ideia de soma de eventos. Porém, analisando a sentença temos uma proposição simples, com o mesmo sentido da frase "Não vou à festa NEM QUE me arrastem".
      Espero ter ajudado.. boa prova a todos!

      Excluir
  30. Pessoal, boa noite!
    O BPC Loas poderá ser convertido em pensão por morte?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não. Está no Decreto que regulamenta o BPC LOAS.

      Art. 23. O Benefício de Prestação Continuada é intransferível, não gerando direito à pensão por morte aos herdeiros ou sucessores.

      Excluir
  31. Pessoal vcs estão conseguindo acessar o gabarito com as vídeo aulas do proquestões ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não...Não estou entendendo mais nada...no gabarito no site ta uma coisa, e o que acabaram de postar no face tem questões com gabarito diferente.

      Excluir
  32. Mestre Hugo, a elaboração das questões de previdenciário foi proposital pra quebrar as nossas pernas? Putz, com todo respeito as questões de previdenciário passaram longe do estilo da Cespe......

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Marcos...Se ta é louco...coisa de outro mundo...

      Excluir
    2. Grande amigo Israel consegui ficar em 12° (Marcos Profeta) com 30 pontos, mas não me conformo, nas básicas errei 7 questões (bem aceitável) agora em Previdenciário errei 36 questões é algo muito louco se rolar isso na prova muita gente boa ficará pelo caminhho e a nota de corte será baixíssima.....

      Excluir
    3. Verdade meu caro...Tenho que admitir que chutei algumas no lugar de deixar em branco. Mas fiquei em 22º eu acho, com 5 NEGATIVO! Fiquei devendo ponto em previdenciário.

      Excluir
    4. Algum de vocês tem ele salvo e pode me passar?

      Excluir
    5. Manda seu email grande amigo.....

      Excluir
    6. Eu tenho Garganta...mas agora não dá pra mandar...lá pelas 22:30 eu consigo...caso queira deixe seu email

      Excluir
    7. barreado@hotmail.com

      Obrigado desde já!

      Excluir
    8. Você não fez garganta o simulado?

      Excluir
    9. Garganta mandei o simulado, porém o gabarito não consegui pois o site do pró questões está instável pra caramba.... Quando puder te mando, vlw, boa prova e cuidado hein ahahahhahah!

      Excluir
    10. Valeu, Marcos! Vou conferir o bicho.

      Ainda não, João.

      Excluir
    11. Gente tem coisa errada nesse gabarito, no face vários de previdenciário estão diferentes. Tenho certeza que vai mudar dos outros tbm e o site não tá dando pra acessar, tá péssimo!

      Excluir
    12. Ainda não saiu o gabarito oficial? As questões estão MUITO boas.

      Excluir
    13. Boa noite pessoal, tudo bem? estou DESEMPREGADO e com dificuldades financeiras e nao pude PARTICIPAR DOS SIMULADOS PAGOS , Alguém pode me enviar por favor o pdf do simulado e o gabarito , desde ja agradeço pela BONDADE E COMPREENSÃO ?! o meu email é periclesargolo@hotmail.com

      Excluir
    14. Tá foda pra ver o gabarito, o site ainda está instável.... Pelo gabarito disponibilizado anteriormente a pontuação foi um desastre, porém acredito estar errado com ctza ahahahhah!

      Excluir
    15. Acabei de ver os vídeos de português, segue o gabarito (caderno azul) com as 15 questões:

      1 e
      2 c
      3 e
      4 c
      5 e
      6 e
      7 e
      8 e
      9 c
      10 e
      11 c
      12 c
      13 c
      14 e
      15 c

      Excluir
    16. Obrigada! Vou conferir com as minhas anotações e fazer a conta dos pontos.. Pq no site minhas resposta de previdenciário não batem.. com o gabarito que eu anotei. Será q eu marquei tudo ao contrário ou será que estavam invertidas as respostas e eu não vi? Pq a 103 eu tinha visto q estava invertida.
      E questões q eu deixei em branco está trocada... Deixei a 65 em branco, no gabarito está na 66.
      A 78 tbm deixei e está em branco a 79. O mesmo com a 106 deixei em branco e aparece na 107..

      Excluir
  33. Eu não acredito que esse simulado esteja certo não, fiquei devendo ponto em Direito Previdenciário .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também meu caro...Nos outros simulados eu fiz 61, 59 líquidos...Os melhores já foram com nota baixíssima...imagina eu então...

      Excluir
  34. Boa noite pessoal, tudo bem?
    Alguém pode me enviar por favor o pdf do simulado?! leticiabulcao@gmail.com

    Estou aguardando um posicionamento sobre este gabarito louco...

    Grata.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Recebido, obrigada Marcos Paulo!

      Excluir
    2. Pessoal, eu conseguir acessar uma vídeo aula da correção da questão 54, o gabarito colocado no site Proquestões é considerado correto, porém Hugo Goes afirma que ela está errada. Essa é mais uma prova que o gabarito divulgado está totalmente equivocado

      Gabarito trocado

      Excluir
  35. Vendo o novo gabarito.. Percebi que muitas questões não batem com o gabarito que eu anotei. Será q eu marquei tudo ao contrário ou será que estava invertidas as respostas e eu não vi? Pq a 103 eu tinha visto q estava invertida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E questão q eu deixei em branco está trocada... Deixei a 65 em branco, no gabarito está na 66.
      A 78 tbm deixei e está em branco a 79. O mesmo com a 106 deixei em branco e aparece na 107

      Excluir
    2. Pessoal, eu conseguir acessar uma vídeo aula da correção da questão 54, o gabarito colocado no site Proquestões é considerado correto, porém Hugo Goes afirma que ela está errada. Essa é mais uma prova que o gabarito divulgado está totalmente equivocado

      Gabarito está todo trocado

      Excluir
  36. Boa noite pessoal, tudo bem? estou DESEMPREGADO e com dificuldades financeiras e nao pude PARTICIPAR DOS SIMULADOS PAGOS , Alguém pode me enviar por favor o pdf do simulado e o gabarito , desde ja agradeço pela BONDADE E COMPREENSÃO ?! o meu email é periclesargolo@hotmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pessoal, eu conseguir acessar uma vídeo aula da correção da questão 54, o gabarito colocado no site Proquestões é considerado correto, porém Hugo Goes afirma que ela está errada. Essa é mais uma prova que o gabarito divulgado está totalmente equivocado

      Não adianta te passar o PDF do simulado o gabarito está todo errado , esqueça parte pra outro esquece esse simulado é melhor.

      Excluir
    2. Filho, mandei.... Porém sem o gabarito, pois o site está instável.....

      Excluir
    3. Marcos pode me enviar o simulado?! E-mail anapaula_ramosfreitas@outlook.com

      Excluir
  37. Pessoal, eu conseguir acessar uma vídeo aula da correção da questão 54, o gabarito colocado no site Proquestões é considerado correto, porém Hugo Goes afirma que ela está errada. Essa é mais uma prova que o gabarito divulgado está totalmente equivocado

    ResponderExcluir
  38. Cadê o Hugo e o Leon? Merecemos uma justificativa.

    ResponderExcluir
  39. Gabarito no face da Pró Questões
    www.facebook.com/proquestoes/?fref=ts

    ResponderExcluir
  40. Aaaa BANCA MALDITA
    APRENDI QUE ESSE TEMPO VALE SÓ COMO TC E Ñ COMO CARENCIA......XÉ,... ESSE CONCURSO SERÁ QUESTAO DE SORTE

    ResponderExcluir
  41. Aaaa BANCA MALDITA
    APRENDI QUE ESSE TEMPO VALE SÓ COMO TC E Ñ COMO CARENCIA......XÉ,... ESSE CONCURSO SERÁ QUESTAO DE SORTE

    ResponderExcluir
  42. alguém sabe a explicação pra essa questao estar certa??

    SITUAÇÃO HIPOTÉTICA: No período de fevereiro
    de 2015 a março de 2015, Zé da Noite
    trabalhou como empregado de uma casa
    noturna, sendo demitido no dia 10 de maço
    de 2015. Depois da demissão, Zé da Noite
    decidiu pagar a previdência social como segurado
    facultativo, sendo o primeiro pagamento
    em dia referente à competência abril
    de 2015. Ele seguiu contribuindo, sempre
    na data correta. Em agosto de 2015, o segurado
    adotou uma criança. O segurado tem uma companheira que não exerce atividade
    remunerada e não paga o RGPS como facultativa.
    ASSERTIVA: Zé da Noite tem direito a receber
    salário-maternidade pelo período de
    120 dias.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também errei essa questão e o que entendi é o seguinte: Zé da Noite, por ter deixado de exercer atividade remunerada, estará em período de graça, na qualidade de empregado, durante 12 meses (março 2015 a março 2016).
      Ao adotar a criança e estar no período de graça como empregado, independentemente de estar contribuindo como facultativo, fará jus ao salário maternidade pela adoção, pois, para o segurado empregado, é dispensada a carência de 10 contribuições.
      Desse modo, aplica-se o que é mais benéfico ao segurado (gozar do salário maternidade como empregado), mesmo que já esteja contribuindo como facultativo.

      Se alguém discordar e quiser ajudar também, fiquem a vontade.

      Bons estudos!

      Excluir

Clique no banner abaixo para comprar os livros de Hugo Goes