Clique no banner abaixo para comprar os livros de Hugo Goes

Simulado extra da Casa do Concurseiro (parte 1)

83 comentários:

  1. Alguém achou difícil o simulado da casa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu ainda não fiz o 5. Porém, olhando de relance tá dificil Bruno. Espero que o CESPE pegue mais leve que o mestre GOES

      Excluir
    2. Previdenciário não, mas o resto... meu jesus

      Excluir
    3. quando vi aquelas questões de constitucional me deu vontade de executar o conselho que Zambeli deu para fazer com o fiscal kkkk

      Excluir
    4. Nossa, eu também achei muito difícil as de conhecimentos básicos, principalmente direito constitucional e administrativo.. as de direito previdenciário achei ok deu pra fazer legal

      Excluir
  2. Queria muito saber pq a questão 93 está errada.Não vi erro nenhum.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não se paga salário família para quem está desempregado. Esse foi o erro da questão (exceção a regra quanto ao período de graça)
      Bons estudos!

      Excluir
    2. E por que a 87 está correta?

      Excluir
    3. Na parte de constitucional, eles coloram um textão pra julgarmos. Espero que o CESPE não siga essa ideia. haha
      Seria muito cansativo vc ler um texto imenso, pra julgar somente o último parágrafo (e é preciso ler, não tem jeito).

      Excluir
    4. Desempregado não recebe salario familia.

      Excluir
    5. Não se paga salário família para quem está desempregado. Esse foi o erro da questão (exceção a regra quanto ao período de graça)
      Bons estudos!

      Excluir
    6. Não se paga salário família para quem está desempregado. Esse foi o erro da questão (exceção a regra quanto ao período de graça)
      Bons estudos!

      Excluir
    7. ERICA SILVA, ELE PODE RECEBER O SALÁRIO MATERNIDADE, DESDE QUE TENHA A QUALIDADE DE SEGURADO.

      Excluir
    8. Robson Luiz Salário Família não obedece o período de graça.

      Excluir
  3. Esse simulado é o de número 5?

    ResponderExcluir
  4. professor, tenho uma duvida o presidiário cujos dependentes recebem auxilio reclusão poderá contribuir como segurado facultativo?

    ResponderExcluir
  5. Professor, pode justificar a 87, por favor?

    ResponderExcluir
  6. Olá professor, gostaria que o senhor analisasse a questão de número 60. Pois nela fala que os benefícios de salário família e auxílio reclusão passara a ser devidos somente aos BENEFICIÁRIOS de baixa renda. O ideal não seria usar o termo SEGURADOS, uma vez que, quem deve cumprir o critério de baixa renda é o segurado e não seus dependente? Aguardo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Ronai. Acredito que não.
      O auxílio-reclusão é pago aos dependentes, já o o salário-família ao segurado. Ele utilizou o termo "beneficiários" para englobar as duas categorias.
      Se eu estiver errada, peço que me corrijam.

      Excluir
    2. no video acima ele explica essa questão por partes: fala do aux. reclusão e do salario falario e usa os termos certos. Dê uma olhada com calma. Também, qdo olhei rapido tive a mesma impressão q vc . Todavia, fui analisar com calma

      Excluir
    3. DISCORDO DO GABARITO DESSA QUESTÃO POR CONSIDERAR O TERMO BENEFICIARIOS MUITO ABRANGENTE QUANDO O SALÁRIO FAMILIA É PAGO AO SEGURADO DE BAIXA RENDA EM RAZÃO DE FILHOS MENORES DE 14 ANOS E O AUXILIO RECLUSÃO É PAGO AOS DEPENDENTES DO SEGURADO DE BAIXA RENDA, LOGO NÃO É DEVIDO AOS BENEFICIÁRIOS COMO UM TODO.

      Excluir
  7. Alguém consegue explicar a questão 104 do simulado extra?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marcos, a questão faz um rolo com o auxílio doença, mas é só pra confundir. O filho dela nasceu em junho, ela foi dar entrada no SM em fevereiro do outro ano. Ela não teve direito pq teria que ter requerido dentro de 120 dias.

      Excluir
    2. Marcos, a questão faz um rolo com o auxílio doença, mas é só pra confundir. O filho dela nasceu em junho, ela foi dar entrada no SM em fevereiro do outro ano. Ela não teve direito pq teria que ter requerido dentro de 120 dias.

      Excluir
    3. Também não compreendi a 104, afinal não há um período prescricional de 5 anos para requerer qualquer beneficio? Alguém poderia contribuir com maiores explicações? Garganta, Willian, Marlon?

      Excluir
    4. 1-Ela não tem direito ao sal.maternidade porque passou o prazo para ela requerer o benefício.
      2-Ela não requereu o sal.maternidade no período correto porque estava recebendo aux. doença e que era mais vantajoso, devido ter sido calculado com base na época que ela era segurada empregada.

      Excluir
  8. Alguém consegue explicar a questão 104 do simulado extra?

    ResponderExcluir
  9. onde eu encontro esse simulado em pdf?

    ResponderExcluir
  10. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele foi afastado, mas continua vinculado ao seu RPPS.

      Excluir
  11. bom dia professor, em relação à questão 70, o gabarito não seria o C? Visto que Marcos foi afastado da PRF para desempenhar cargo em comissão?

    Obrigada pela atenção!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. descupa interferir... quando Servidor ele se afasta de sua atividade para exercer outra como o caso em comissão ele continua ligado ao mesmo regime que era antes.. RPPS neste caso

      Excluir
  12. Bom dia, futuros servidores.
    Quem entendeu a 109?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Samantha: Elias fez quatro manutenções a 2.000 cada, num total de 10.000. Elevai contribuir com o total de rendimentos? Não, apenas com o valor do teto.

      Excluir
  13. Hugo, eu não entendi por que essa questão está com o gabarito Certo:

    60 - A EC nº 20, de 15 de dezembro de 1998, estabeleceu profundas mudanças na Previdência Social, entre as quais podemos citar o fato de o Salário-Família e o Auxílio-Reclusão passarem a ser devidos somente aos beneficiários de baixa renda.

    BENEFICIÁRIO (gênero) - segurado e dependente (espécies)

    Art. 201, inciso IV - CF/88
    IV - salário-família e auxílio-reclusão para os dependentes dos segurados de baixa renda; (Redação dada pela Emenda Constitucional nº 20, de 1998)
    A CF diz que o beneficiário nesse caso é o DEPENDENTE, mas não é o dependente que precisa ser BAIXA RENDA.
    A questão não estaria ERRADA então??

    ResponderExcluir
  14. Alguém tem o link da correção de simulado de hoje?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. https://www.youtube.com/watch?v=YqSc8VnH1oQ&feature=youtu.be

      Excluir
  15. PARABENS HUGO GOES , por esta iniciativa a CUSTO ZERO !!!! um exemplo para outros professores !!!! que DEUS lhe abençoe e te dê tudo em troca pelo que faz por nós que não temos condiçoes financeiras !!! muito obrigado

    ResponderExcluir
  16. Parabéns professor Hugo, verdadeira generosidade. Obrigada em nome de todos os paraenses.

    ResponderExcluir
  17. Parabéns pelo gesto altruísta, não poderíamos esperar menos da "lenda do direito previdenciário". Parabéns.

    ResponderExcluir
  18. Alguém achou difícil DIR. ADMINISTRATIVO?

    ResponderExcluir
  19. Olá, alguém tem o link do pdf desse simulado?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. https://acasadoconcurseiro.com.br/apostila/simulados-inss-edital-no-012015

      Excluir
    2. https://acasadoconcurseiro.com.br/apostila/simulados-inss-edital-no-012015

      Excluir
  20. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  21. Alguém explique qual erro da questão 99 e a 106

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 99) o que faz a questão esta errada é o fato de dizer que ela vai recer A.A não mais poder desempenhar a função em quantidade superior a 2 dias... A.A não é por esse motivo e sim por ficar impossibilidade de exercer suas atividades laborais.. só isso

      106) Não é Empregado... é Empregado Dosmestico

      Excluir
  22. A questão 120 não estaria errada, pois afirma que o desconto incidirá sobre a remuneração, no caso não seria sobre o sc, já que remuneração não tem limites, seria o mesmo que dizer se o CI ganhasse 20 mil a EBAS descontaria 20% sobre 20 mil o que é errado.

    ResponderExcluir
  23. Esses simulados da c.c não tem um ranking? Se tiver, alguém poderia passar o link?

    ResponderExcluir
  24. Pessoal, o que vocês acharam dessa questão aqui?

    José Sonhador e sua esposa, Benedita Esperança,
    são garimpeiros em Serra Pelada/
    PA desde 1999. Após 16 anos de muito
    trabalho e poucas conquistas, ambos se
    dirigiram a uma agência do INSS e foram
    pleitear suas aposentadorias. Caso, na data
    do requerimento, José e Benedita tenham,
    respectivamente, 60 e 55 anos, é correto
    afirmar que ambos farão jus ao benefício
    de aposentadoria por idade.

    Gabarito: Correto

    Eles são garimpeiros em regime de economia familiar , tem idade reduzida em 5 anos para aposentadoria por idade, certo. Mas eles são CI, a questão em nenhum momento disse que eles contribuíram os 16 anos , só diz que eles trabalharam 16 anos.. como posso garantir que eles farão jus a aposentadoria por idade? para mim esse gabarito deveria ser errado. será que procurei pelo em ovo? Obrigada

    ResponderExcluir
  25. Para mim a 87 tem que estar errada, em nenhum momento foi citado que Miguel contribuía anteriormente, se contribuísse normalmente aí estaria no último dia do período de graça.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. lá fala que ele estava desempregado desde 20/05/2014, logo antes disso ele tava trabalhando

      Excluir
  26. A questão 108 está errada por qual motivo? na hora fique com duvida pelo palavra 900, a titulo de diáris. Diárias está no plural ai fiquei na duvida e coloquei certo. Alguém explique ai

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, se as diárias ultrapassarem o valor de 50% da remuneração, integrarão o salário de contribuição pelo seu valor total e não somente a parte que ultrapassar 50%. Abraços

      Excluir
    2. Olá, se as diárias ultrapassarem o valor de 50% da remuneração, integrarão o salário de contribuição pelo seu valor total e não somente a parte que ultrapassar 50%. Abraços

      Excluir
    3. RNMossoró, a incidência não será sobre o valor "excedente" a 50% e sim ao valor total, ou seja ela contribuirá sobre 2.500,00.
      Veja o que diz o Decreto, no seu Art. 214:
      § 8º O valor das diárias para viagens, quando excedente a cinqüenta por cento da remuneração mensal do empregado, integra o salário-de-contribuição pelo seu valor total.

      Ficou claro ? consegui explicar ?

      :-)

      Excluir
    4. Deixa ver se entendi, caso João ganhe 1000 reais, somente vai incidir contribuição caso receba acima de 1500, e será do valor total

      Excluir
  27. Meu povo não compreendi essa exceção na questão 119 (desde que o evento seja realizado em território nacional). Marquei a questão como E mas o gabarito é C.

    Alguém me ajuda, por gentileza ? :-(

    ResponderExcluir
  28. Art 195 Decreto 3.048

    IV - as das associações desportivas que mantêm equipe de futebol profissional, incidentes sobre a receita bruta decorrente dos
    espetáculos desportivos de que participem em todo território nacional em qualquer modalidade desportiva, inclusive jogos internacionais, e de
    qualquer forma de patrocínio, licenciamento de uso de marcas e símbolos, publicidade, propaganda e transmissão de espetáculos
    desportivos;

    Ou seja, só vale para para o eventos realizados no Brasil.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhh! O fato é que os jogos precisam ser em território nacional, independente de serem contra equipes nacionais ou estrangeiras.
      entendeu :-)

      Obrigada RNMossoró ;-)

      Excluir
  29. queria saber por que a questao 65 estar errada , se ele outorgou menos de 50 %

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. pq o outro kara tb tem que exercer atividade rural individual ou em regime de economia familiar,mas ele kolokou uma kasa de show kkkk

      Excluir
  30. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  31. quando eu vi aquelas questões de Direito constitucional me deu vontade de fazer o conselho que Zambeli falou para fazer com o fiscal kkkkk

    ResponderExcluir
  32. Questão 85 simulado Extra

    Joana, deficiente física de nascença, completou 55 anos de idade no ano de 2015. Nessa situação, fará jus à aposentadoria especial, desde que tenha 15 anos de tempo de contribuição para o RGPS, independentemente do grau de deficiência.

    Questão ERRADA

    Qual o erro da questão?

    Decreto 3.048

    Art. 70-C. A aposentadoria por idade da pessoa com deficiência, cumprida a carência, é devida ao segurado aos sessenta anos de idade, se homem, e cinquenta e cinco anos de idade, se mulher.

    § 1o Para efeitos de concessão da aposentadoria de que trata o caput, o segurado deve contar com no mínimo quinze anos de tempo
    de contribuição, cumpridos na condição de pessoa com deficiência, independentemente do grau,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite! Alguém conseguiu achar o erro da questão acima? Tb não consigo achar. Valew

      Excluir
  33. Professor onde está o erro da questão 16 do simulado 2? Estou com dúvida nessa questão. Já analisei várias vezes e não sei onde está o erro.

    ResponderExcluir
  34. Alguém sabe informara se o professor já fez correção da segunda parde do simulado que seria para 03/05?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Está no youtube, na página dele.

      Excluir
  35. ola pessoal,alguem poderia me ajudar? por exemplo se o Segurado especial trabalha 15 anos no campo e depois vai pra cidade ele pode se aposentar por idade com aqueles 5 anos reduzidos?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. e trabalhar na cidade quando foi para lá ..

      Excluir
  36. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

Clique no banner abaixo para comprar os livros de Hugo Goes