Clique no banner abaixo para comprar os livros de Hugo Goes

Cespe/UnB divulga o gabarito preliminar das provas de técnico e analista do INSS

Você pode acessar clicando aqui. Está no final da página.

92 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. O gabarito tem 8 respostas diferentes em comparação com um extraoficial que eu tinha visto. Mas em ambos fiquei com 80 pontos p/ Porto Velho. Parece que não vai dar. Mas tá ótimo para primeiro concurso! No próx. eu passo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi 80 pontos liquidos?

      Excluir
    2. A questao 14 de conhecimentos basico o Cesp colocou como certo!como assim?
      A expressao essas coleçoes nao retoma biblioteca e sim livros,a prof do aprova corrigiu e tbm disse isso! e a questao 30 da lei 8.112 pelo amor de Deus!o acesso a informaçao pelos sobre os atos do governo se relaciona com principio da eficiencia!Nao seria principio da publicidade ?que loucura foi essa?

      Excluir
    3. Sim, 80 líquido. Respondi as 120, errei 5 das básicas, mas na específica errei 15. Errei em chutar as do CNAS e a 88 + 89 (só aí errei 6 de 7 questões).

      Excluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Essas duas questões de conhecimento básico merecem anulação/alteração?
    A garantia constitucional de acesso dos usuários a registros administrativos e a informações sobre atos de governo está relacionada ao princípio da eficiência. (Gabarito da cespe: Correto)

    A lei prevê que a concessão de serviço público se dê por licitação na modalidade de concorrência, prevendo, ainda, hipóteses legais de inexigibilidade de licitação para a concessão. (Gabarito da cespe: Correto)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo Lucas, vamos entrar com recurso na realidade não devem ser anuladas e sim mudado o gabarito para E

      Excluir
    2. perdi 4 pontos com esse gabarito. Acho que merecem ser discutidas sim!

      A primeira o princípio é PUBLICIDADE.

      A segunda ninguém sabe a que lei o cespe se refere, porque se for a 8987/95 (prevista no edital), não há previsão de inexigir licitação.

      Excluir
    3. essa do concessao vi duas questoes do cespe em que ha hipoteses de inexegibilidade de licitacai para a concessao. Entao acredito estar correta sim. e a outra nao concordo tambem que esta ligada com o principio da eficiencia, de acordo com os professor esta errado.

      Excluir
    4. A única hipótese do gabarito estar certo é se a banca tiver considerado a Lei 9.472/97, (art. 91). Vamos aguardar o posicionamento.

      Excluir
    5. Concordo, tambem perdi 04 pontos com essas duas questões!

      Excluir
    6. Cara...sobre a primeira, claro que esta relacionado ao principio da eficiencia, pois assim (tendo o acesso) a populacao pode observar como anda a qualidade do serviço.Ou seja direta ou indiretamente sim, esta relacionado.

      Sobre a segunda, sim esta correta, tem casos que é possivel a inexigibilidade de licitação essa é a doutrina majoritaria, pode olhar no livro do marcelo alexandrino 23 edicao e verá.

      Excluir
    7. Carlos, você ganhou 4 pontos? Ótimo, colega. Está no seu direito de defender o gabarito. A verdade é que, para "c" ou "e", com os recursos a banca dará um posicionamento que será útil para os próximos concursos. ;)

      Excluir
    8. Na minha deu exatamente essas duas de administrativo e mais duas divergentes de previdenciário com o gabarito do Hugo Goes. Caso a banca aceite os recursos ficarei com 46 pontos conhecimentos básicos + 58 conhecimentos específicos = 104 (Mossoró-RN). Vamos ver o que vai dá!

      Excluir
    9. Dayvson você fez 96 PL, então?????

      Excluir
    10. Quero saber qual vai ser a fundamentação do examinador para manter a questão sobre concessão correta, sendo que a Lei 8,987 diz:
      Art. 43. Ficam extintas todas as concessões de serviços públicos outorgadas sem licitação na vigência da
      Constituição de 1988. (Vide Lei nº 9.074, de 1995)
      Parágrafo único. Ficam também extintas todas as concessões outorgadas sem licitação anteriormente à
      Constituição de 1988, cujas obras ou serviços não tenham sido iniciados ou que se encontrem paralisados
      quando da entrada em vigor desta Lei.

      Excluir
    11. Joao Eudes sobre a 38 do caderno alga. Vou reproduzir um trecho da 23 edicao de Marcelo e Vicente, vai te auxiliar no recurso.

      " Cabe, aliás , analizar que a Lei 9.472/1997, instituidora da Anatel, preve expressamente a possibilidade de inexigibilidade de licitação para outorga de concessao de serviço publico de telecomunicações."

      Você tem grana pra montar uma empresa de telecomunicação ? Eu não tenho.
      Lembro ainda que no edital não esta expresso lei 8987.

      Mas tenta la.

      Excluir
  5. Cabe recurso na 51, 72, 78 (todas da BETA)

    Pelo gabarito do MESTRE HUGO...ESTÃO DIVERGINDO DO GABARITO DO CESPE...

    E CONCORDO, CLARO COM HUGO!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As de BÁSICO cabe na 30, 31 e 38( todas da BETA)

      Excluir
    2. 51 - Apesar do Decreto 72/66 ser de 21/11/1966, os institutos só foram unificados na vigência do Decreto, ou seja, 01/01/1967, o Decreto só tem eficácia a partir do início da vigência, então os institutos na prática só forma unificados formando o INPS em 01/01/1967

      Excluir
    3. Antônio Carlos,29,30,38,51,72,78 (beta) acho que cabe recurso, concordo.

      Excluir
    4. Professor, hugo poderá nos ajudar a interpor os recursos nas questões divergentes, espero alterar o gab de 3 questoes!

      Excluir
    5. Alex Campelo, só não concordo(com você)na questão 29!

      Excluir
  6. fiquei com 98 líquidos pra gex Contagem MG ampla, é uma boa nota? p.s: fiz as contas direitinho kkkk

    ResponderExcluir
  7. Considerar eficiência em detrimento da publicidade é demais. Não comento mais nada sobre a prova. Amanhã entro com os devidos recursos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. olá, será que aconteceu algum erro? nessa questão em si. foi muito estranho né?

      Excluir
    2. Ate agora to sem entender isso!Pra mim a questao esta errada!

      Excluir
  8. Professor, por favor, acredito que é passível de recurso as questões:

    87) Compete à Receita Federal do Brasil arrecadar e fiscalizar o recolhimento das contribuições sociais previstas na CF. ( O CORRETO É SECRETARIA DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL)
    79) Para efeito de custeio dos benefícios da aposentadoria especial e dos concedidos em razão do grau de incidência de incapacidade laborativa decorrente dos riscos ambientais do trabalho, as alíquotas aplicadas incidem exclusivamente sobre a remuneração do segurado sujeito a condições especiais que lhe prejudiquem a saúde ou a integridade física. ( A QUESTÃO ESTÁ SE REFERINDO AO RAT. E O RAT NÃO INCIDE EXCLUSIVAMENTE SOBRE A REMUNERAÇÃO DOS SEGURADOS SUJEITO A CONDIÇÕES ESPECIAIS. O ADICIONAL AO RAT É QUE TEM ESTA CARACTERÍSTICA. MESMO QUE ESTEJA SUBENTENDIDO O ADICIONAL AO RAT, É EXCLUSIVAMENTE SOBRE REMUNERAÇÃO DOS SEGURADOS EMPREGADOS E AVULSOS QUE TRABALHEM SUJEITO A CONDIÇÕES ESPECIAIS.)

    ResponderExcluir
  9. Nao concordo com o gabarito da questao 73 (alga), esta redigida de forma estranha. induz a entender que a forma direta e indireta esta relacionada com os recursos dos orçamentos dos entes federados.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também não concordo, meu caderno foi o alga vamos entrar com recurso.

      Excluir
  10. Cabe recurso caderno cubo, 12,31,39, 52, 73, 79 e 87.

    ResponderExcluir
  11. Professor as questões 51,72,78 do caderno beta cabem recurso,estão diferentes da sua correção.Tenho certeza que o senhor está certo.

    ResponderExcluir
  12. Professor as questões 51,72,78 do caderno beta cabem recurso,estão diferentes da sua correção.Tenho certeza que o senhor está certo.

    ResponderExcluir
  13. A banca considerou como certa a questão 79 (CUBO) que trata do custeio dos benefícios da aposentadoria especial e dos concedidos em razão do grau de incidência decorrente dos riscos ambientais do trabalho. A questão afirma que as alíquotas são aplicadas exclusivamente sobre a remuneração do segurado sujeito a condições especiais. No entanto, a contribuição devida pela agroindústria para custeio desse benefício previsto nos arts. 64 a 70, não incide sobre a remuneração do segurado, mas sim sobre o valor da receita bruta proveniente da comercialização da produção. (ART. 201-A, inciso II; DECRETO 3048/1999). Ao meu ver, o gabarito deve ser alterado para E.

    ResponderExcluir
  14. Prof. Hugo, boa noite!

    No concurso do INSS 2012 eu era aluna do Eu vou passar e o senhor nos ajudou com os recursos, neste de 2016 sou aluna da Casa do Concurseiro, mas independente de ser aluna ou não, porque acho que todos que estudaram merecem ter acesso, gostaria de gentilmente mais uma vez contar com sua ajuda. No meu caso preciso de recurso para o Caderno Beta, questões que de acordo com sua correção posso recorrer:

    Questão 53 - De Acordo com o princípio da universalidade da seguridade social, os estrangeiros...

    Questão 56 - Lei complementar editada pela União...

    Questão 78 - Para efeito de custeio dos benefícios da aposentadoria especial e dos concedidos...

    Desde já agradeço!

    ResponderExcluir
  15. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  16. A CESPE tá decepcionando de todo jeito e eu que critiquei a FCC no último concurso do INSS, agora dou os parabéns a FCC, Cespe um a vergonha depois de uma prova totalmente desviada, desequilibrada e desqualificada, manda um gabarito com várias questões passíveis de recursos, só lamento a todos que estudaram e tem que passar por tanta decepção e ainda ter trabalho de ficar elaborando recursos, mas vou entrar com recursos é mais que uma obrigação

    ResponderExcluir
  17. Em relação a questão:
    31) A garantia constitucional de acesso dos usuários a registros administrativos e a informações sobre atos de governo está relacionada ao princípio da eficiência. ( TOTALMENTE INCOERENTE. A EFICIÊNCIA DIZ RESPEITO A CELERIDADE, REDUÇÃO DE CUSTOS, ETC)

    ResponderExcluir
  18. fiz 86 pontos, mais acho que não vou conseguir, estudar mais para o proximo

    ResponderExcluir
  19. Gex Barreiras - BA 78 pontos líquidos.

    ResponderExcluir
  20. Em relação a questão:
    A garantia constitucional...esta relacionada ao principio da eficiência.
    A banca "viajou legal" . Vejam a decisão do STF com repercussão geral.O ARE 652777 foi interposto pelo município de São Paulo contra decisão da Justiça estadual que garantiu a uma servidora a exclusão da publicação oficial, internet, de documento com sua remuneração nominal.

    Ao julgar o caso, os ministros do STF concluíram - como em julgamentos anteriores - que a divulgação da remuneração dos servidores públicos com o nome dos respectivos titulares é de interesse geral e não viola o direito à intimidade e à privacidade (artigo 5º, inciso X, da Constituição Federal). Para eles, a pessoa que decide ingressar no serviço público adere ao regime jurídico próprio da Administração Pública, que prevê a publicidade de todas as informações de interesse da coletividade.

    No parecer enviado ao STF, Janot argumentou que a remuneração dos servidores públicos constitui informação de interesse coletivo ou geral e "entendimento em sentido contrário ensejaria risco de lesão à ordem pública". O procurador-geral ainda sustentou que "em casos dessa natureza deve prevalecer o princípio da publicidade administrativa, que preconiza o acesso à informação pública e à transparência em favor da cidadania, ampliando-se o controle social e oficial dos gastos públicos".
    Não tem discussão o gabarito será alterado

    ResponderExcluir
  21. Precisamos nos organizar para fazer os recursos.

    ResponderExcluir
  22. concordo com voçês e acho que as questoes 6,28 e 56 do caderno cubo cabem recurso

    ResponderExcluir
  23. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  24. ta invertido o gabarito da prova cubo com beta nos conhecimentos basicos e nos especificos ta normal

    ResponderExcluir
  25. Aquele que presta serviço de natureza contínua, mediante
    remuneração, a pessoa ou família, no âmbito residencial desta,
    em atividade sem fins lucrativos, é considerado contribuinte
    individual, segurado obrigatório da previdência social.

    Essa questão aqui não concordo com o gabarito a lei 150 deveria ser considerada não o velho decreto desatualizado.
    Art. 1o Ao empregado doméstico, assim considerado aquele que presta serviços de forma contínua, subordinada, onerosa e pessoal e de finalidade não lucrativa à pessoa ou à família, no âmbito residencial destas, por mais de 2 (dois) dias por semana, aplica-se o disposto nesta Lei.

    ResponderExcluir
  26. ta invertido o gabarito da prova cubo com beta nos conhecimentos basicos e nos especificos ta normal

    ResponderExcluir
  27. Perdi 10 pontos com esses gab. toscos da Cespe. Amanhã mando 3 recursos em previdenciário e 2 em adm.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu também perdi 10 pontos as esperanças foram por água abaixo

      Excluir
  28. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  29. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  30. Boa noite. Professor, a questão 118 do caderno cubo: A dona de casa e o estudante podem filiar-se facultativamente ao RGPS mediante contribuição, desde que não estejam mexercendo atividade remunerada que os enquadre como segurados obrigatórios da previdência social. Ora, para a dona de casa, não há a necessidade de estar cadastrada no CadÚnico e renda mensal inferior a 2 salários mínimos?!

    ResponderExcluir
  31. Pelo amor de DEUS pessoal... parem de julgar a banca... questões concisas e coerentes... não vão ter alterações ( a não ser na de competência da União).A cespe é assim mesmo sempre polêmica e não cistuma dar o braço a torcer... quem já é concurseiro há mais temoo sabe do que eu estou falando. . A cespe tem doutrina e entendimentos próprios.. não adianta ir contra! !! no concurso CAIXA 2014 o pessoal chiou em 12 (DOZE) questões e a banca anulou apenas uma!!! É a banca mais coerente do mercado!!! 99 pontos líquido GEX CUIABÁ

    ResponderExcluir
  32. Pelo amor de DEUS pessoal... parem de julgar a banca... questões concisas e coerentes... não vão ter alterações ( a não ser na de competência da União).A cespe é assim mesmo sempre polêmica e não cistuma dar o braço a torcer... quem já é concurseiro há mais temoo sabe do que eu estou falando. . A cespe tem doutrina e entendimentos próprios.. não adianta ir contra! !! no concurso CAIXA 2014 o pessoal chiou em 12 (DOZE) questões e a banca anulou apenas uma!!! É a banca mais coerente do mercado!!! 99 pontos líquido GEX CUIABÁ

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas ha algumas questoes como a 30 caderno beta que tem que ser anulada e a 89 nao fala de parcelamento no edital li ele inteiro e nao tem!deve ser anulada,espero que sejam.

      Excluir
    2. Rpz vc deve ter olhado em algum lugar estranho pq no concurso da caixa de 2014 fotam anuladas 5 questoes e em outras 4 houve alteracao de gabarito

      Excluir
  33. Questão (78) prova beta :
    .....as alíquotas aplicadas incidem exclusivamente sobre as remunerações do segurado sujeito a condições...
    Erraaado!!!
    Dec. 3048 art.202.
    Lei 8213 art.57 par. 6 e 7
    Comentário :
    Os acréscimos (somente os ACRÉSCIMOS )incidirão exclusivamente; que são 12,9 e 7 emp., 9, 7 e 5 coop. e 4, 3 e 2 cessão de m.o., (percentagens).
    Agora, a alíquotas de preponderância q varia de acordo com a preponderância, abrange a todas!!!

    ResponderExcluir
  34. Questão (78) prova beta :
    .....as alíquotas aplicadas incidem exclusivamente sobre as remunerações do segurado sujeito a condições...
    Erraaado!!!
    Dec. 3048 art.202.
    Lei 8213 art.57 par. 6 e 7
    Comentário :
    Os acréscimos (somente os ACRÉSCIMOS )incidirão exclusivamente; que são 12,9 e 7 emp., 9, 7 e 5 coop. e 4, 3 e 2 cessão de m.o., (percentagens).
    Agora, a alíquotas de preponderância q varia de acordo com a preponderância, abrange a todas!!!

    ResponderExcluir
  35. Na minha opiniao cabe recurso questoes 14,30,35,72 caderno Beta o que vcs acham,qtas cabem recurso?

    ResponderExcluir
  36. As questões 56 e 89 do caderno beta não extrapolam o edital? Poderia formular recurso?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 56 nao,acho que nao,mas a 89 sim,espero que seja anulada!

      Excluir
  37. Pessoal vamos entrar com recurso isso é um direito nosso, ninguém tá satisfeito com as injustiças do CESPE, se quer passar que seja por merecimento e não de forma injusta, eu não vou passar pois minha pontuação foi baixa mas que as injustiças sejam corrigidas é o mínimo que podemos fazer diante de tanto desrespeito com quem estudou

    ResponderExcluir
  38. Questão 51 BETA
    O Decreto-Lei nº 72, de 21 de novembro de 1966, que unificou os institutos de Aposentadorias e Pensões e criou o Instituto Nacional de Previdência Social só entrou em vigor em 1º de janeiro de 1977.
    Vejamos alguns conceitos de Vigência:
    Vigência é o período que vai do momento em que a norma entra em vigor até o momento em que é revogada, ou em que se esgota o prazo prescrito para sua duração.
    Lei vigente, ou lei em vigor é aquela que é suscetível de aplicação, desde que se façam presentes os fatos que correspondam à sua hipótese de incidência. (AMARO, Luciano. Op. Cit., p. 187)
    Pelo art. 1º do Decreto-Lei 4.657/1942 (Lei de Introdução às normas do Direito Brasileiro), uma lei começa a ter vigência em todo país 45 dias depois de publicada, salvo se dispuser de outro modo.
    Se, publicada a Lei, sua vigência só tiver início em data futura, dar-se o vacatio legis. Assim, nesse período, ela convive com normas que lhe são contrárias, que continuam válidas e vigentes até que ela própria comece a viger, quando então, as outras estarão revogadas. A norma só passa a ter eficácia após sua vigência.
    Então não podemos considerar que uma norma não vigente e sem eficácia possa surtir efeitos, sendo assim apesar do Decreto-Lei nº 72 ter sido assinado no dia 21 de novembro de 1966, sua eficácia e seus efeitos só passaram a existir em 01 de janeiro de 1967 quando iniciou sua vigência, sendo esta a real data de unificação dos institutos de aposentadoria e pensões e criação do INPS. Vejamos que na prática até 31 de dezembro de 1966 os institutos de aposentadoria e pensões ainda não estavam unificados e nem existia o INPS porque ainda não tinham base legal para que isso acontecesse, já que o Decreto-Lei nº 72 estava no vacatio legis

    ResponderExcluir
  39. Conforme preceitua Hely Lopes Meirelles:
    “Publicidade é a divulgação oficial do ato para conhecimento público e início de seus efeitos externos. Daí porque as leis, atos e contratos administrativos que produzem consequências jurídicas fora dos órgãos que os emitem exigem publicidade para adquirirem validade universal, isto é, perante as partes e terceiros. A publicidade não é elemento formativo do ato; é requisito de eficácia e moralidade. Por isso mesmo, os atos irregulares não se convalidam com a publicação, nem os regulares a dispensam para sua exequibilidade, quando a lei ou o regulamento a exige”. (Meirelles, Hely Lopes, Direito Administrativo Brasileiro, 37ª ed., pg. 96 e 97, atualizada até a Emenda Constitucional 67, de 22. 12. 2010 Malheiros Editores).
    Este princípio além de assegurar seus efeitos externos, visa a propiciar seu conhecimento e controle pelos interessados diretos e em geral, pelo povo, mediante aos meios constitucionais – Direito de petição, modo de segurança, habeas data, ação popular e suspensão dos direitos políticos por improbidade administrativa. Ela também como princípio da Administração Pública abrange todo desempenho estatal, alcançando assim, aos atos concluídos e em formação, os pareceres dos órgãos técnicos e jurídicos, os processos em andamento, os despachos intermediários e finais. Isto tudo se deve à notificação público que pode ser revisado na classificação por qualquer interessado, e dele pode obter certidão ou fotocopia autenticada para os fins constitucionais.

    ResponderExcluir
  40. De acordo com o renomado autor Celso Antônio Bandeira de Melo:
    “O Principio da Publicidade consagra o dever do administrativo de manter plena transparência em seus comportamentos. Não pode haver em um estado democrático de Direito, no qual o poder reside no povo (art. 1º, parágrafo único, da Constituição), ocultamento aos administrados dos assuntos que a todos interessam, e muito menos em relação aos sujeitos individualmente afetados por alguma medida.” (de Melo, Celso Antônio Bandeira, Direito Administrativo, 10ª ed., pg. 71, revista, ampliada, atualizada, Malheiros Editores)

    Como salienta o autor acima, a respeito de seu próprio conceito, aproveita-se neste principio, aqui a obrigação do administrativo é de cultivar plena claridade em seus procedimentos. Não se pode haver segredos em um Estado Democrático, pois podem ser assuntos que interessam a população que ali residem.

    ResponderExcluir
  41. Na Administração, existe um efeito externo, o “habeas data”, que tem por objetivo conceder pleno acesso do particular às informações sendo acima de tudo nítidas a, que a Administração possua á seu respeito. Contudo, ao se recusar a dar informação ao qual o administrado tem direito, a administração estará ofendendo o direito da informação e, por via lógica, o princípio da publicidade, garantidor desse direito. Ele é um instrumento eficaz de acesso á informações, só é utilizado para ter acesso á informações, mas não tendo o acesso ao seu conteúdo. Conteúdo, ele é de extrema importância á Administração Pública, não tem como objetivo somente a publicação oficial, dos seus atos, como demonstrar o conhecimento da conduta, do procedimento, do comportamento interno dos seus administrados, quer que os atos estejam em fase de andamento de término ou em fase de conclusão, como temos exemplo de licitações públicas, despachos intermediários, contratos, etc., bem como a constatação dos gastos, e da sua prestação de contas, junto com os órgãos que juntamente os competem.
    Todo este documento é público, e pode ser examinado por qualquer pessoa, desde que esteja interessada, e sendo visto na devida repartição, e assim, se desejando, pode ter acesso à fotocópia ou certidão autenticada para os fins que estão prescritos na Carta Magna, assim mencionados abaixo:
    “A democracia é o governo do poder público em público”. A Transparência, a visibilidade, ou seja, a Publicidade prescrita no artigo 37, caput, da Constituição Federal, são reivindicações gerais de uma democracia, em especial quanto aos atos da Administração Pública.

    ResponderExcluir
  42. QUESTÃO 38
    LEI Nº 8.987, DE 13 DE FEVEREIRO DE 1995.
    Dispõe sobre o regime de concessão e permissão da prestação de serviços públicos previsto no art. 175 da Constituição Federal, e dá outras providências.
    Art. 1o ............
    Art. 2o Para os fins do disposto nesta Lei, considera-se:
    I - poder concedente: a União, o Estado, o Distrito Federal ou o Município, em cuja competência se encontre o serviço público, precedido ou não da execução de obra pública, objeto de concessão ou permissão;
    II - concessão de serviço público: a delegação de sua prestação, feita pelo poder concedente, mediante licitação, na modalidade de concorrência, à pessoa jurídica ou consórcio de empresas que demonstre capacidade para seu desempenho, por sua conta e risco e por prazo determinado;

    ResponderExcluir
  43. A Lei que prevê a Concessão de Serviços Públicos de forma específica ou especificidade é a Lei 8987 na questão fala que a lei (implicito lei 8987) prevê que a concessão de serviço público se dê por licitação na modalidade de concorrência, prevendo, ainda, hipóteses legais de inexigibilidade de licitação para a concessão. Não há essa possibilidade nesta lei que é a de Concessões

    ResponderExcluir
  44. A Lei que prevê a Concessão de Serviços Públicos de forma específica ou especificidade é a Lei 8987 na questão fala que a lei (implicito lei 8987) prevê que a concessão de serviço público se dê por licitação na modalidade de concorrência, prevendo, ainda, hipóteses legais de inexigibilidade de licitação para a concessão. Não há essa possibilidade nesta lei que é a de Concessões

    ResponderExcluir
  45. O que todos tem que fazer e analisar as questões e entrar com o recurso de forma coerente.

    ResponderExcluir
  46. A questão 57 do caderno Alga cabe recurso porque fala que Pedro trabalha como professor remunerado de forma concomitante à de segurado especial sendo que não fala a quantidade de dias que ele trabalha como professor.
    Segundo a lei,até 120 dias trabalhados de forma corrida ou intercalada não descaracteriza a condição de segurado especial.
    Mas a questão não diz a quantidade de dias.
    CABE RECURSO SIM.

    ResponderExcluir
  47. A questão 57 do caderno Alga cabe recurso porque fala que Pedro trabalha como professor remunerado de forma concomitante à de segurado especial sendo que não fala a quantidade de dias que ele trabalha como professor.
    Segundo a lei,até 120 dias trabalhados de forma corrida ou intercalada não descaracteriza a condição de segurado especial.
    Mas a questão não diz a quantidade de dias.
    CABE RECURSO SIM.

    ResponderExcluir
  48. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  49. A questão 57 do caderno Alga cabe recurso porque fala que Pedro trabalha como professor remunerado de forma concomitante à de segurado especial sendo que não fala a quantidade de dias que ele trabalha como professor.
    Segundo a lei,até 120 dias trabalhados de forma corrida ou intercalada não descaracteriza a condição de segurado especial.
    Mas a questão não diz a quantidade de dias.
    CABE RECURSO SIM.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia a questão. Se ele for desqualificado como segurado especial ele ainda é segurado como CI. A questão não pediu a natureza do vinculo com o RGPS, só questionou se seria segurado em relação a cada uma delas.

      Excluir
  50. Pessoal... sobre essa da Eficiência. Na emenda constitucional que propôs esse principio diz que a eficiência ten efeito irradiante em outros princípios. Que atuar com eficiência seria manter um sistema transparente e sem burocracias. Diante desse fato, ter acesso aos registros implica sim o princípio da eficiência. Já tinha feito uma questão quase idêntica a essa de outra prova do Cespe. Espero ter ajudado.

    ResponderExcluir
  51. Pessoal... sobre essa da Eficiência. Na emenda constitucional que propôs esse principio diz que a eficiência ten efeito irradiante em outros princípios. Que atuar com eficiência seria manter um sistema transparente e sem burocracias. Diante desse fato, ter acesso aos registros implica sim o princípio da eficiência. Já tinha feito uma questão quase idêntica a essa de outra prova do Cespe. Espero ter ajudado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    3. Deixa de graça, Igor, esse posicionamento do Cespe chega a ser hilário. Acredito que a banca deve examinar o candidato, não tentar prejudicá-lo. O que poderia ser questionado é se além do princípio da publicidade, incide outros, inclusive o da eficiência. Pois, da forma que foi feita, a banca forçou demais a barra.

      Excluir
    4. Tranquilo amigo... torço pelo bem de todos. Boa sorte.

      Excluir
  52. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  53. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  54. O Cespe está muito subjetivo, termina prejudicando muita gente boa! É preciso rever esse sistema como um todo!

    ResponderExcluir
  55. Tou com 80 pontos líquidos pra Gex Marabá, se os recursos fossem aceitos chegaria a 85! Não deu, o que resta é partir pra próxima...

    ResponderExcluir
  56. Será que ano que vem terá o próximo? Já comecei a retomada já que nesse não deu! 😔 Tanto que estudei... Mas não vou desistir! A luta continua!

    ResponderExcluir
  57. Será que ano que vem terá o próximo? Já comecei a retomada já que nesse não deu! 😔 Tanto que estudei... Mas não vou desistir! A luta continua!

    ResponderExcluir
  58. Será q com 55 está na briga

    ResponderExcluir

Clique no banner abaixo para comprar os livros de Hugo Goes