Clique no banner abaixo para comprar os livros de Hugo Goes

Os sacramentos instituídos por Nosso Senhor Jesus Cristo

Os sacramentos instituídos por Nosso Senhor Jesus Cristo são sete : 
1) Batismo. 
2) Confirmação ou Crisma. 
3) Eucaristia. 
4) Penitência ou Confissão. 
5) Unção dos enfermos. 
6) Ordem sacerdotal. 
7) Matrimônio.
Os sacramentos são sinais sensíveis instituídos por Nosso Senhor Jesus Cristo para significar e produzir a graça santificante na pessoa que os recebe dignamente.

SINAIS: algo que envolve um significado para representar outra coisa, como, por exemplo, a bandeira representa a pátria.

SENSÍVEIS: que podemos perceber pelos sentidos corporais, como a água do batismo, o pão e o vinho da Eucaristia.

INSTITUÍDOS POR NOSSO SENHOR JESUS CRISTO: Somente Ele pode fazê-lo, já que a graça santificante que confere os sacramentos brota de um manancial único, que é o coração transpassado de Cristo.

PARA SIGNIFICAR E PRODUZIR GRAÇA SANTIFICANTE: e assim a água do Batismo lava o corpo do batizado para significar a purificação de sua alma que fica limpa de todo pecado; a Eucaristia nos é dada em forma de alimento corporal (sob as aparências de pão e vinho) para significar o alimento espiritual da alma que recebe a graça eucarística, etc.

NA PESSOA QUE OS RECEBE DIGNAMENTE: ou seja, sem colocar nenhum obstáculo voluntário.

Faremos breves comentários sobre cada um dos sacramentos.

1. BATISMO
O Sacramento do Batismo confere a primeira graça santificante, que apaga o pecado original e também o atual, se o há; perdoa toda a pena por eles devida; imprime o caráter de cristão; faz-nos filhos de Deus, membros da Igreja e herdeiros do Paraíso, e torna-nos capazes de receber os outros Sacramentos.

2. CONFIRMAÇÃO ou CRISMA
A Confirmação faz-nos perfeitos cristãos, confirmando-nos na fé, e aperfeiçoando em nós as outras virtudes e os dons recebidos no santo Batismo; e é por isso que se chama Confirmação.

3. EUCARISTIA
A Eucaristia é um Sacramento que, pela admirável conversão de toda a substância do pão no Corpo de Jesus Cristo, e de toda a substância do vinho no seu precioso Sangue, contém verdadeira, real e substancialmente o Corpo, Sangue, Alma e Divindade do mesmo Jesus Cristo Nosso Senhor, debaixo das espécies de pão e de vinho, para ser nosso alimento espiritual.
Eu acredito que no Sacramento da Eucaristia está verdadeiramente presente Jesus Cristo, porque Ele mesmo o disse. Estas são as palavras usadas por Jesus Cristo: Isto é o meu Corpo: este é o meu Sangue.
Jesus Cristo instituiu o Sacramento da Eucaristia na última ceia que celebrou com seus discípulos, na noite que precedeu sua Paixão.

4. PENITÊNCIA OU CONFISSÃO
A Penitência, chamada também Confissão, é o Sacramento instituído por Jesus Cristo para perdoar os pecados cometidos depois do Batismo.
Jesus Cristo instituiu o Sacramento da Penitência no dia da sua Ressurreição, quando, depois de entrar no cenáculo, deu solenemente aos seus Apóstolos o poder de perdoar os pecados.
Jesus Cristo deu aos seus Apóstolos o poder de perdoar os pecados, soprando sobre eles, e dizendo: Recebei o Espírito Santo: àqueles a quem perdoardes os pecados, ser-lhes-ão perdoados, e àqueles a quem os retiverdes ser-lhes-ão retidos.

5. UNÇÃO DOS ENFERMOS
A Unção dos Enfermos é o Sacramento instituído para alívio espiritual e também temporal dos enfermos em perigo de vida.
O Sacramento da Unção dos Enfermos produz os seguintes efeitos: 1º aumenta a graça santificante; 2º apaga os pecados veniais e também os mortais que o enfermo arrependido já não possa confessar; 3º tira a fraqueza e languidez para o bem, que fica, ainda depois de se ter alcançado o perdão dos pecados; 4º dá força para suportar pacientemente o mal, para resistir às tentações, e para morrer santamente; 5º ajuda a recuperar a saúde do corpo, se isso for útil à salvação da alma.

6. ORDEM SACERDOTAL
A Ordem é o Sacramento que dá o poder de exercitar os ministérios sagrados que se referem ao culto de Deus e à salvação das almas, e que imprime na alma de quem o recebe o caráter de ministro de Deus.
Chama-se Ordem porque consiste em vários graus, uns subordinados aos outros, dos quais resulta a sagrada Hierarquia.
Supremo entre eles é o Episcopado, que contém a plenitude do Sacerdócio; em seguida o Presbiterado ou Sacerdócio simples; depois o Diaconado e as Ordens que se chamam menores.

7. MATRIMÔNIO
O Matrimônio é um Sacramento instituído por Nosso Senhor Jesus Cristo, que estabelece uma união santa e indissolúvel entre o homem e a mulher, e lhes dá a graça de se amarem um ao outro santamente, e de educarem cristãmente seus filhos.
________
Referências Bibliográficas:
MARÍN, Antonio Royo. Ser o no ser santo: Ésta es la cuestión. Madrid: Biblioteca de Autores Cristianos, 2000.

Nenhum comentário:

Postar um comentário