Clique na imagem abaixo pra comprar livros de Hugo Goes

Dura lex, sed lex (a lei é dura, mas é a lei)

LEI COMPLEMENTAR Nº 64, DE 18 DE MAIO DE 1990
Art. 1º São inelegíveis:
I - para qualquer cargo:
[...]
e) os que forem condenados, em decisão transitada em julgado ou proferida por órgão judicial colegiado, desde a condenação até o transcurso do prazo de 8 (oito) anos após o cumprimento da pena, pelos crimes:
1. contra a economia popular, a fé pública, a administração pública e o patrimônio público;
[...]
6. de lavagem ou ocultação de bens, direitos e valores;

5 comentários:

  1. condenação sem provas é estado de excessão.Defender lula é defender o estado de direito.Lula o maior presidente do Brasil de todos os tempos.

    ResponderExcluir
  2. lavagem de dinheiro sem dinheiro, essa justiça está uma piada.kkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lavagem de dinheiro (ou branqueamento de capitais) é uma expressão que se refere a práticas econômico-financeiras que têm por finalidade dissimular ou esconder a origem ilícita de determinados ativos financeiros ou bens patrimoniais, de forma a que tais ativos aparentem uma origem lícita ou a que, pelo menos, a origem ilícita seja difícil de demonstrar ou provar.

      Esconder a origem de bens patrimoniais é lavagem de dinheiro.
      Exemplo: ganhar um triplex de uma construtora como forma de propina.

      Excluir
    2. o próprio juiz nos embargos de declaraação afastou essa modalidade e mesmo assim condenou por isso,ou seja,lavagem de dinheiro sem dinheiro.

      Excluir
  3. pérolas do judiciário"Se o ex presidente LULA foi acusado pelo ministério público,alguma coisa de errada ele fez"
    Victor lauss

    ResponderExcluir