Nossos Amigos que foram aprovados no concurso do INSS, fora do quantitativo de vagas previsto no edital, estão querendo saber como ocorrerá a distribuição do adicional de 50% (caso o MPOG autorize).
Qual o critério que será adotado?
Não tenho uma resposta definitiva para a pergunta acima, mas podemos nos basear nos critérios que foram adotados no concurso de 2008.
Em relação ao concurso de 2008, por meio da Portaria nº 128, de 18 de março de 2010, o MPOG autorizou a nomeação de candidatos aprovados, ultrapassando em 50% o quantitativo de vagas previsto no edital (300 para analista e 700 para Técnico).
Conforme o Edital nº 19, de 31 de março de 2010, as nomeações de candidatos aprovados fora do quantitativo de vagas previsto no edital foram feitas em face da necessidade de provimento e da existência de candidatos homologados.
Para termos uma idéia de como foi feita a distribuição das vagas, devemos consultar os seguintes atos:

Clique aqui para acessar o Anexo II do Edital INSS nº 1, de 26 de dezembro de 2007 (nesse anexo, podemos ver o quantitativo original de vagas).
Clique aqui para acessar o Edital INSS nº 19, de 31 de março de 2010 (nesse edital, podemos ver as nomeações de candidatos aprovados fora do quantitativo de vagas previsto no edital).

Em relação ao cargo de Técnico do Seguro Social (concurso de 2008), confiram-se os seguintes exemplos:

APS
Quantitativo Original
Nomeações além do quantitativo original
Cruzeiro do Sul / AC
2
1
Rio Branco / AC 
1
1
Taraucá / AC
2
1
Arapiraca / AL
4
2
Delmiro Gouveia / AL
5
2
Girau do Ponciano / AL
4
2