Denúncia veiculada em fóruns de debate na internet aponta para uma suposta fraude nas provas objetivas do concurso para 750 vagas de Analista-Tributário da Receita Federal do Brasil (ATRFB), aplicadas no dia 23 de setembro. Segundo a denúncia, quatro candidatos, que seriam parentes de um Auditor-Fiscal da Receita, sendo um deles filho do servidor, tiveram notas idênticas em todas as disciplinas do exame. Em nota oficial, a Esaf, que organiza o concurso informou que recebeu a denúncia sobre a eventual fraude e já está tomando todas as providências.
NOTA OFICIAL DA ESAF: “A Escola de Administração Fazendária – ESAF, instituição com quase quarenta anos de experiência na realização de concursos públicos, investiga toda e qualquer informação que aponte para a possibilidade de fraudes na realização de seus certames, valendo-se, inclusive, quando necessário, da atuação da Polícia Federal.
Em relação ao concurso para Analista Tributário da Receita Federal do Brasil, a ESAF recebeu denúncia sobre eventual fraude e já esta tomando todas as providências necessárias para apuração dos fatos. A divulgação de qualquer informação prematura pode prejudicar o processo investigativo. Dessa forma, até que novos elementos sejam analisados, terão prosseguimento normal todas as etapas previstas no edital e no cronograma estabelecidos para o referido certame.”