"O ser humano não é anjo nem animal, e a sua infelicidade consiste em que, quando alguém faz dele um anjo, acaba por fazer dele um animal."
Blaise Pascal (1623-1662, matemático, físico e filósofo francês)