Se gosto, digo sim; se não, então não! E pouco me importa quem está do outro lado do “sim” e do “não”.
Nelson Ascher, poeta, tradutor e jornalista brasileiro.