Se perguntarmos aos pais que vão fazer do filho, respondem-nos que médico, engenheiro ou advogado. Ninguém se lembra de fazer dele homem – e homem é que somos. "Tornar-nos o que somos", disse Píndaro. Então, tornar-nos homens é o essencial: tudo mais é acréscimo, por importante que seja. A própria experiência amarga e dura nos está gritando que médicos, engenheiros e advogados nós os temos: a escassez é de homens.

Monsenhor Álvaro Negromonte, no Livro "A Educação dos Filhos".