Partindo de baixo para cima, temos: a educação física (saúde e robustez), a educação intelectual (formação da razão para julgamento), a formação moral (conquista da liberdade interior e defesa da exterior), conduzindo à santidade (vida e crescimento na graça divina).
[...]
A educação só será realmente Educação, se orientada para a formação do homem total, se organizada para o todo como parte que é. Do contrário, é mutilação ou deformação. Vejam o atleta sem instrução: é um deformado. Ou o artista, o político, o economista, sem moral. Ou o indivíduo, sem respeito à sociedade. Ou mesmo o santo, sem cuidados corporais.

Monsenhor Álvaro Negromonte, no Livro "A Educação dos Filhos".