"Disto nos deveríamos ocupar: vencermo-nos a nós mesmos, tornando-nos cada dia mais fortes, num constante progredir."

Tomás de Kempis (1380 - 1471 d. C), monge e escritor místico alemão, autor do livro "A Imitação de Cristo".