"O marxismo é o ópio dos intelectuais."

Raymond Aron (1905 - 1983), filósofo, sociólogo e comentarista político francês.