"A felicidade humana não reside na abundância dos bens temporais. Basta-nos ter o suficiente."

Tomás de Kempis (1380 - 1471 d. C), monge e escritor místico alemão, autor do livro "A Imitação de Cristo".