O governo federal anunciou na última quinta-feira, 20, corte de R$ 44 bilhões no Orçamento da União deste ano.

Haverá contenção de despesas de custeio e da máquina administrativa. No que diz respeito aos concursos públicos, a ministra do Planejamento, Miriam Belchior, disse o seguinte:
“Nós já fizemos uma proposta bastante enxuta para este ano, exatamente o final do primeiro mandato da presidenta Lula [Dilma]; eu espero, e, portanto achamos que o último ano de mandato é um ano que de fato não é para fazer um monte de concursos. Então, a gente tem de fazer no último ano de mandato uma restrição de contratações.”