1) A contratação dos militares inativos das Forças Armadas baseia-se no art. 18 da Lei 13.954/2019.

2) A contratação dos aposentados do RPPS da União baseia-se no art. 3°-A da Lei 8.745/93, que foi incluído pela Medida Provisória 922/2020.

3) O prazo de validade da Medida Provisória 922/2020 termina no dia 29 de Junho. Assim, tudo indica que essa Medida Provisória terá sua vigência encerrada no dia 30 de Junho, pois não há mais tempo suficiente para sua apreciação nas duas casas do Congresso Nacional.

4) Diante do acima exposto, podemos prever que, em relação ao processo seletivo simplificado do INSS, apenas os militares inativos continuarão exercendo os cargos temporários, já que a partir de 30 de Junho deixará de existir fundamentação legal para a contratação dos aposentados do RPPS da União.