Clique no banner abaixo para comprar os livros de Hugo Goes

EVANGELHO DO DIA 19 de agosto de 2017 (Mateus 19,13-15)

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus.
Naquele tempo,
13 foram, então, apresentadas a Jesus algumas criancinhas para que pusesse as mãos sobre elas e orasse por elas. Os discípulos, porém, as afastavam.
14 Disse-lhes Jesus: “Deixai vir a mim estas criancinhas e não as impeçais, porque o Reino dos céus é para aqueles que se lhes assemelham”.
15 E, depois de impor-lhes as mãos, continuou seu caminho.
Palavra da Salvação.

EVANGELHO DO DIA 18 de agosto de 2017 (Mateus 19,3-12)

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus.
Naquele tempo,
3 os fariseus vieram perguntar a Jesus para pô-lo à prova: “É permitido a um homem rejeitar sua mulher por um motivo qualquer?”
4 Respondeu-lhes Jesus: “Não lestes que o Criador, no começo, fez o homem e a mulher e disse:
5 ‘Por isso, o homem deixará seu pai e sua mãe e se unirá à sua mulher; e os dois formarão uma só carne’?
6 Assim, já não são dois, mas uma só carne. Portanto, não separe o homem o que Deus uniu”.
7 Disseram-lhe eles: “Por que, então, Moisés ordenou dar um documento de divórcio à mulher, ao rejeitá-la?”
8 Jesus respondeu-lhes: “É por causa da dureza de vosso coração que Moisés havia tolerado o repúdio das mulheres; mas no começo não foi assim.
9 Ora, eu vos declaro que todo aquele que rejeita sua mulher, exceto no caso de matrimônio falso, e desposa uma outra, comete adultério. E aquele que desposa uma mulher rejeitada, comete também adultério”.
10 Seus discípulos disseram-lhe: “Se tal é a condição do homem a respeito da mulher, é melhor não se casar!”
11 Respondeu ele: “Nem todos são capazes de compreender o sentido desta palavra, mas somente aqueles a quem foi dado.
12 Porque há eunucos que o são desde o ventre de suas mães, há eunucos tornados tais pelas mãos dos homens e há eunucos que a si mesmos se fizeram eunucos por amor do Reino dos céus. Quem puder compreender, compreenda”.
Palavra da Salvação.

EVANGELHO DO DIA 17 de agosto de 2017 (Mateus 18,21-19,1)

Jesus: “Não te digo até sete vezes, mas até setenta vezes sete.
23 Por isso, o Reino dos céus é comparado a um rei que quis ajustar contas com seus servos.
24 Quando começou a ajustá-las, trouxeram-lhe um que lhe devia dez mil talentos.
25 Como ele não tinha com que pagar, seu senhor ordenou que fosse vendido, ele, sua mulher, seus filhos e todos os seus bens para pagar a dívida.
26 Este servo, então, prostrou-se por terra diante dele e suplicava-lhe: ‘Dá-me um prazo, e eu te pagarei tudo!’
27 Cheio de compaixão, o senhor o deixou ir embora e perdoou-lhe a dívida.
28 Apenas saiu dali, encontrou um de seus companheiros de serviço que lhe devia cem denários. Agarrou-o na garganta e quase o estrangulou, dizendo: ‘Paga o que me deves!’
29 O outro caiu-lhe aos pés e pediu-lhe: ‘Dá-me um prazo e eu te pagarei!’
30 Mas, sem nada querer ouvir, este homem o fez lançar na prisão, até que tivesse pago sua dívida.
31 Vendo isto, os outros servos, profundamente tristes, vieram contar a seu senhor o que se tinha passado.
32 Então o senhor o chamou e lhe disse: ‘Servo mau, eu te perdoei toda a dívida porque me suplicaste.
33 Não devias também tu compadecer-te de teu companheiro de serviço, como eu tive piedade de ti?’
34 E o senhor, encolerizado, entregou-o aos algozes, até que pagasse toda a sua dívida.
35 Assim vos tratará meu Pai celeste, se cada um de vós não perdoar a seu irmão, de todo seu coração”.
19 1 Após esses discursos, Jesus deixou a Galileia e veio para a Judeia, além do Jordão.
Palavra da Salvação.

Legislação Previdenciária atualizada


Lei Complementar nº 109, de 2001 (Previdência Complementar)

Lei Complementar nº 108, de 2001 (regulamenta o § 4º do art. 202 da CF)

Lei Complementar nº 142, de 2013 (aposentadoria da pessoa com deficiência)

Lei Complementar nº 152, de 2015 (aposentadoria compulsória no RPPS)

Lei Complementar nº 51, de 1985 (aposentadoria do servidor público policial)

Lei nº 10.666, de 2003

Lei nº 9.876, de 1999

Lei nº 10.887/2004 (regulamenta a EC 41)

Lei nº 9.717/1998 (normas gerais sobre RPPS)

Lei nº 9.796/1999 (compensação financeira entre RGPS e RPPS)

Lei Complementar nº 150, de 1º de junho de 2015. (trabalho doméstico)

Lei nº 12.618, de 2012 (Funpresp)

MEDIDA PROVISÓRIA Nº 767, DE 6 DE JANEIRO DE 2017

Outras normas jurídicas:

Emendas Constitucionais

Leis  Complementares

Leis Ordinárias

Códigos

Medidas Provisórias

Súmulas Vinculantes

Decretos

Leis Delegadas

EVANGELHO DO DIA 16 de agosto de 2017 (Mateus 18,15-20)

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus.
Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos:
15 “Se teu irmão tiver pecado contra ti, vai e repreende-o entre ti e ele somente; se te ouvir, terás ganho teu irmão.
16 Se não te escutar, toma contigo uma ou duas pessoas, a fim de que toda a questão se resolva pela decisão de duas ou três testemunhas.
17 Se recusa ouvi-los, dize-o à Igreja. E se recusar ouvir também a Igreja, seja ele para ti como um pagão e um publicano.
18 Em verdade vos digo: tudo o que ligardes sobre a terra será ligado no céu, e tudo o que desligardes sobre a terra será também desligado no céu.
19 Digo-vos ainda isto: se dois de vós se unirem sobre a terra para pedir, seja o que for, consegui-lo-ão de meu Pai que está nos céus.
20 Porque onde dois ou três estão reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles”.
Palavra da Salvação.

EVANGELHO DO DIA 15 de agosto de 2017 (Mateus 18,1-5.10.12-14)

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus.
1 Neste momento os discípulos aproximaram-se de Jesus e perguntaram-lhe: “Quem é o maior no Reino dos céus?”
2 Jesus chamou uma criancinha, colocou-a no meio deles e disse:
3 “Em verdade vos declaro: se não vos transformardes e vos tornardes como criancinhas, não entrareis no Reino dos céus.
4 Aquele que se fizer humilde como esta criança será maior no Reino dos céus.
5 E o que recebe em meu nome a um menino como este, é a mim que recebe..
10 Guardai-vos de menosprezar um só destes pequenos, porque eu vos digo que seus anjos no céu contemplam sem cessar a face de meu Pai que está nos céus.
12 Que vos parece? Um homem possui cem ovelhas: uma delas se desgarra. Não deixa ele as noventa e nove na montanha, para ir buscar aquela que se desgarrou?
13 E se a encontra, sente mais júbilo do que pelas noventa e nove que não se desgarraram.
14 Assim é a vontade de vosso Pai celeste, que não se perca um só destes pequeninos”.
Palavra da Salvação.

EVANGELHO DO DIA 14 de agosto de 2017 (Mateus 17,22-27)

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus.
22 Enquanto caminhava pela Galileia, Jesus lhes disse: “O Filho do Homem deve ser entregue nas mãos dos homens.
23 Matá-lo-ão, mas ao terceiro dia ressuscitará”. E eles ficaram profundamente aflitos.
24 Logo que chegaram a Cafarnaum, aqueles que cobravam o imposto da didracma aproximaram-se de Pedro e lhe perguntaram: “Teu mestre não paga a didracma?”
25 “Paga sim”, respondeu Pedro. Mas quando chegaram à casa, Jesus preveniu-o, dizendo: “Que te parece, Simão? Os reis da terra, de quem recebem os tributos ou os impostos? De seus filhos ou dos estrangeiros?”
26 Pedro respondeu: “Dos estrangeiros”. Jesus replicou: “Os filhos, então, estão isentos.
27 Mas não convém escandalizá-los. Vai ao mar, lança o anzol, e ao primeiro peixe que pegares abrirás a boca e encontrarás uma moeda valendo duas vezes o imposto. Toma-o e dá-o por mim e por ti”.
Palavra da Salvação.

EVANGELHO DO DIA 13 de agosto de 2017 (Mateus 14,22-33)

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus.
22 Logo depois da multiplicação dos pães, Jesus obrigou seus discípulos a entrar na barca e a passar antes dele para a outra margem, enquanto ele despedia a multidão.
23 Feito isso, subiu à montanha para orar na solidão. E, chegando a noite, estava lá sozinho.
24 Entretanto, já a boa distância da margem, a barca era agitada pelas ondas, pois o vento era contrário.
25 Pela quarta vigília da noite, Jesus veio a eles, caminhando sobre o mar.
26 Quando os discípulos o perceberam caminhando sobre as águas, ficaram com medo: "É um fantasma!" disseram eles, soltando gritos de terror.
27 Mas Jesus logo lhes disse: "Tranqüilizai-vos, sou eu. Não tenhais medo!"
28 Pedro tomou a palavra e falou: "Senhor, se és tu, manda-me ir sobre as águas até junto de ti!"
29 Ele disse-lhe: "Vem!" Pedro saiu da barca e caminhava sobre as águas ao encontro de Jesus.
30 Mas, redobrando a violência do vento, teve medo e, começando a afundar, gritou: "Senhor, salva-me!"
31 No mesmo instante, Jesus estendeu-lhe a mão, segurou-o e lhe disse: "Homem de pouca fé, por que duvidaste?"
32 Apenas tinham subido para a barca, o vento cessou.
33 Então aqueles que estavam na barca prostraram-se diante dele e disseram: "Tu és verdadeiramente o Filho de Deus".
Palavra da Salvação.

Ciro Gomes acusa Bolsonaro de fazer lavagem de dinheiro

Em entrevista ao programa PÂNICO da rádio Jovem Pan, Ciro Gomes acusou Bolsonaro de ter feito lavagem de dinheiro com R$200.000,00 que este teria recebido da JBS. Ciro diz que aconteceu o seguinte:
1) A JBS teria depositado os R$200.000,00 na conta de Bolsonaro;
2) Bolsonaro quando viu o dinheiro em sua conta, decidiu estornar o dinheiro, não para a JBS, mas para o Partido Progressista (PP);
3) Posteriormente, o PP repassou os mesmos R$200.000,00 a Bolsonaro.
Ciro Gomes conclui dizendo que o nome disso é lavagem de dinheiro.

AGORA, VAMOS À VERSÃO DE BOLSONARO:
1) Na eleição de 2014, a JBS fez uma doação ao Partido Progressista (PP);
2) O PP repassou R$200.000,00 a Bolsonaro, onde a origem do dinheiro era de doação da JBS ao Partido;
3) Bolsonaro, ao tomar conhecimento da origem do dinheiro, decidiu devolver os R$200.000,00 ao partido;
4) Posteriormente, o PP efetuou outro repasse de R$200.000,00 a Bolsonaro, cuja fonte do recurso foi do FUNDO PARTIDÁRIO para campanhas eleitorais.
Bolsonaro está processando judicialmente Ciro Gomes, em razão da acusação feita na citada entrevista na rádio Jovem Pan.

Qual a versão verdadeira? A de Ciro Gomes ou a de Bolsonaro?

Eu, Hugo Goes, pesquisei o caso no site do TSE. Eu verifiquei que a versão verdadeira é a de Bolsonaro. Na prestação de contas de Bolsonaro, pode ser observado que há duas doações de R$200.000,00, ambas realizadas no dia 24/07/2014. O doador de ambas é a DIREÇÃO NACIONAL do Partido Progressista (PP). Sendo que na primeira doação, há a informação que o DOADOR ORIGINÁRIO é a JBS. Na segunda doação, há a informação que o doador é a DIREÇÃO NACIONAL e que a fonte do recurso é do FUNDO PARTIDÁRIO. Todo partido tem direito ao fundo partidário.

Quando o partido repassa recurso aos seus candidatos, a legislação obriga o partido a informar a fonte do recurso que está sendo repassado.

O Fundo Partidário não é constituído de recursos doados por empresas. O Fundo Partidário é constituído por dotações orçamentárias da União, multas, penalidades e outros recursos financeiros que lhes forem atribuídos por lei.

Veja na imagem abaixo a relação de receitas da campanha de Bolsonaro em 2014, onde podem ser observadas as duas doações de R$200.000,00, cujo doador é a DIREÇÃO NACIONAL do PP:

Clique na imagem para ampliar.
Verifiquei também no site do TSE que a primeira doação de R$200.000,00, que tinha como doador originário a JBS, foi devolvida por Bolsonaro ao Partido Progressista (PP). Na opinião de Ciro Gomes, Bolsonaro deveria ter devolvido o dinheiro à JBS. Mais uma vez, Ciro Gomes está errado. Em caso de devolução, o dinheiro teria de ser devolvido por Bolsonaro ao PP. Isso porque a JBS doou ao PP e, posteriormente, o partido repassou o valor a Bolsonaro. Em caso de devolução, Bolsonaro teria de devolver ao PP (coisa que fez) e o partido que devolvesse à JBS (coisa que não fez).

Os R$200.000,00 que foram devolvidos por Bolsonaro ao PP, cujo doador originário foi a JBS, foram posteriormente repassados a outro candidato do partido. O PP não teve a hombridade de devolver à JBS. Mas isso é um problema do PP, e não de Bolsonaro.

Veja na imagem abaixo a comprovação da devolução dos R$200.000,00 cujo doador originário foi a JBS:
Clique n imagem para ampliar.
Veja abaixo a microfilmagem do cheque assinado por Bolsonaro para devolver os R$200.000,00 ao PP:



Clique aqui e faça você mesmo sua pesquisa no site do TSE!

Veja o vídeo onde Ciro Gomes acusa Bolsonaro:


Veja o vídeo onde Bolsonaro apresenta sua versão dos fatos:

EVANGELHO DO DIA 12 de agosto de 2017 (Mateus 17,14-20)

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus.
Naquele tempo,
14 quando eles se reuniram ao povo, um homem aproximou-se deles e prostrou-se diante de Jesus, 15 dizendo: “Senhor, tem piedade de meu filho, porque é lunático e sofre muito: ora cai no fogo, ora na água.
16 Já o apresentei a teus discípulos, mas eles não o puderam curar”.
17 Respondeu Jesus: “Raça incrédula e perversa, até quando estarei convosco? Até quando hei de aturar-vos? Trazei-mo”.
18 Jesus ameaçou o demônio e este saiu do menino, que ficou curado na mesma hora.
19 Então os discípulos lhe perguntaram em particular: “Por que não pudemos nós expulsar este demônio?”
20 Jesus respondeu-lhes: “Por causa de vossa falta de fé. Em verdade vos digo: se tiverdes fé, como um grão de mostarda, direis a esta montanha: ‘Transporta-te daqui para lá’, e ela irá; e nada vos será impossível. Quanto a esta espécie de demônio, só se pode expulsar à força de oração e de jejum”.
Palavra da Salvação.

EVANGELHO DO DIA 11 de agosto de 2017 (Mateus 16,24-28)

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus.
24 Em seguida, Jesus disse a seus discípulos: "Se alguém quiser vir comigo, renuncie-se a si mesmo, tome sua cruz e siga-me.
25 Porque aquele que quiser salvar a sua vida, perdê-la-á; mas aquele que tiver sacrificado a sua vida por minha causa, recobrá-la-á.
26 Que servirá a um homem ganhar o mundo inteiro, se vem a prejudicar a sua vida? Ou que dará um homem em troca de sua vida?
27 Porque o Filho do Homem há de vir na glória de seu Pai com seus anjos, e então recompensará a cada um segundo suas obras.
28 Em verdade vos declaro: muitos destes que aqui estão não verão a morte, sem que tenham visto o Filho do Homem voltar na majestade de seu Reino".
Palavra da Salvação.

Mapa da Mina de Direito Previdenciário para o concurso do TCE-PE


Programa TCE-PE
Manual de Direito Previdenciário, 13ª edição
Aulas da Casa do Concurseiro
Apresentação do Edital
-
Aula 1
1 Seguridade social. 1.1 Conceito, organização e princípios.
Capítulo 1
Aula 2
2 Regime geral de previdência social. 2.1 Segurados e dependentes. 2.2 Filiação e inscrição.
Capítulos 3 e 4
Aula 3
2.3 Carência. 2.4 Espécies de benefícios e prestações, disposições gerais e específicas. 2.5 Salário-de- benefício. 2.6 Renda mensal inicial. 2.7 Reajustamento e revisão. 2.9 Acumulação de benefícios. 2.10 Acidente do trabalho.
Capítulo 5
Aulas 4 e 5
2.8 Prescrição e decadência.
Capítulo 14
Aula 6
3 Legislação Específica para Regimes Próprios. 3.1 Constituição Federal: Emendas Constitucionais nº 20/1998, nº 41/2003, nº 47/2005 e nº 70/2012- Reforma da Previdência. 3.2 Lei nº 9.717/1998 e suas alterações. Lei nº 9.796/1999 e suas alterações. Lei nº 10.887/2004 e suas alterações.
Capítulo 22
Aula 7

Clique aqui para obter mais informações sobre o curso da Casa do Concurseiro.

Clique aqui para comprar o Manual de Direito Previdenciário, 13ª edição.

EVANGELHO DO DIA 10 de agosto de 2017 (João 12,24-26)

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo João.
Naquele tempo, Jesus disse a seus discípulos:
24 "Em verdade, em verdade vos digo: se o grão de trigo, caído na terra, não morrer, fica só; se morrer, produz muito fruto.
25 Quem ama a sua vida, perdê-la-á; mas quem odeia a sua vida neste mundo, conservá-la-á para a vida eterna.
26 Se alguém me quer servir, siga-me; e, onde eu estiver, estará ali também o meu servo. Se alguém me serve, meu Pai o honrará".
Palavra da Salvação.

EVANGELHO DO DIA 9 de agosto de 2017 (Mateus 15,21-28)

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus.
15 21 Jesus partiu dali e retirou-se para os arredores de Tiro e Sidônia.
22 E eis que uma cananeia, originária daquela terra, gritava: “Senhor, filho de Davi, tem piedade de mim! Minha filha está cruelmente atormentada por um demônio”.
23 Jesus não lhe respondeu palavra alguma. Seus discípulos vieram a ele e lhe disseram com insistência: “Despede-a, ela nos persegue com seus gritos”.
24 Jesus respondeu-lhes: “Não fui enviado senão às ovelhas perdidas da casa de Israel”.
25 Mas aquela mulher veio prostrar-se diante dele, dizendo: “Senhor, ajuda-me!”
26 Jesus respondeu-lhe: “Não convém jogar aos cachorrinhos o pão dos filhos”.
27 “Certamente, Senhor”, replicou-lhe ela; “mas os cachorrinhos ao menos comem as migalhas que caem da mesa de seus donos”.
28 Disse-lhe, então, Jesus: “Ó mulher, grande é tua fé! Seja-te feito como desejas. E na mesma hora sua filha ficou curada”.
Palavra da Salvação.